sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Viúva de ex-prefeito morto recentemente por engano pelo pai, em Baraúna, anuncia que está grávida

De acordo com informações do Portal Picui Hoje, Austryane Geronimo, emocionou seus familiares ao anunciar, no início na manhã da terça-feira (20) durante um almoço, que estava grávida do seu esposo, Alysson Azevêdo, ex-prefeito da cidade de baraúna, Seridó paraibano, falecido no último dia 12.

Logo após tomarem conhecimento da notícia, centenas de amigos e internautas, ainda comovidos com a triste história da tragédia que chocou a pacata cidade de Baraúna há menos de 15 dias, lotaram sua página social no Facebook, com postagens e mensagens de apoio e felicitações.

“O Agir de Deus é lindo na vida de quem é fiel.
Que venha com muita saúde….parabéns” – disse Adrielliy Gisly.

“Como meu Deus é incrível, parabéns minha amiga Austryanee, sinto uma alegria gigante neste momento” – relatou Kallen D’hanna

“Somos gratos por tudo. Orarei a Ti, Senhor, para que esse fruto venha preencher o vazio que ficou, alegrar quem chorou e vir embelezar Baraúna a terra que seu pai tanto amou” – pontuou Wanderley Gomes, tio de Alysson e atual vice-prefeito da cidade.

O casal já tinha um filho, o Akyles de 13 anos de idade, o primogênito. Ainda segundo as informações, se o novo filho for menino, se chamara Alysson Filho.

Tragédia

Uma verdadeira tragédia foi registrada na pacata cidade de Baraúna, no final da noite da segunda-feira dia 12 de novembro de 2018. A fatalidade que acabou envolvendo duas grandes queridas figuras políticas da região, pai e filho, ex-prefeitos do município.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do Portal Picui Hoje, o ex-prefeito Alysson Azevedo (PSB) morreu ao tentar apagar um possível princípio de incêndio que acontecia na casa do seu pai, Adilson Azevedo (MDB), também ex-prefeito, e acabou sendo atingido por engano com um disparo de arma de fogo. De acordo com relatos, o pai ao acordar atordoado com o barulho ocasionado durante o momento em que seu filho tentara arrombar a porta com uma pedra de paralelepípedo, devido ao momento de pânico, pensando talvez que estaria sendo vítima de um assalto, acabou efetuando um disparo contra o próprio filho.

Alysson foi socorrido por um motorista da secretaria de saúde do município, dando entrada por volta das 23h30min no Hospital Regional de Picuí, com um ferimento no lado direito do peito. Todos os procedimentos possíveis foram realizados pela equipe médica de plantão, mas o mesmo não resistiu e morreu.

Alysson tinha 38 anos e era casado. Ele governou o município de Baraúna no período de 2008 à 2012. Filho de família tradicional, herdou do pai o interesse pela política. Adilson, que também foi prefeito por vários mandatos, é considerado o maior líder político do município. Milhares de pessoas participaram do velório e do sepultamento do mesmo foram realizados na quarta-feira dia 14 de novembro de 2018.







Fonte Portal Picui Hoje



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...