Aumento de calor em Patos provoca problemas de saúde - Catingueira Online - Sua fonte diária de notícias

Aumento de calor em Patos provoca problemas de saúde

Com temperaturas variando entre 24 e até mais de 40 graus, a cidade de Patos está entre as mais quentes do Brasil. A cidade chegou a ser estudada como uma das melhores localizações para se observar um eclipse solar. Esse fato aconteceu na década de 40 quando um grupo de cientistas Norte-americanos fizeram pesquisas. O marco de referência se encontra em uma Praça em frente a Lojas Americanas, Rua Leôncio Wanderley, Centro. De lá para cá, a “Morada do Sol” só esquentou cada vez mais.

A alta temperatura na cidade tem provocado inúmeros problemas na saúde. De acordo com o médico Dr. Denilson Alencar, as crianças e idosos estão entre os mais afetados pela elevação da temperatura e o baixo índice na umidade relativa do ar. A baixa umidade deixa a sensação térmica ainda maior que as registradas pelos medidores. “O calor aumenta o metabolismo do corpo. Com o corpo trabalhado mais para refrigerar, e devido a um consumo baixo de líquidos, ou mesmo com as pessoas consumindo quantidades consumidas em momentos de temperaturas mais amenas, o corpo dá sinais que levam a problemas na saúde. Com o aumento da temperatura são ocasionados vários problemas, entre os quais: respiratórios, hipertensivos e até mesmo infartos”, relatou o médico.

Dr. Denilson ainda comentou: “É necessário que as pessoas consumam mais líquidos para repor as perdas do corpo. Os pais devem redobrar os cuidados com as crianças e os cuidadores de idosos também. Esses dois grupos são quem mais sofrem. O uso do protetor solar é indispensável. Quem puder mudar os hábitos de exposição ao sol faz bem. Os treinos físicos ao sol também devem ser revistos. Caminhar ao sol forte não é recomendado”.

No comércio local está se intensificando a compra de ventiladores, umidificadores de ar e ar-condicionado de todos os tipos. A busca desses objetos, principalmente ar-condicionado já se encontra em falta numa das maiores lojas de Patos.

Os hospitais da cidade de Patos também estão recebendo demandas provenientes do aumento de temperatura. Os números não são oficiais, mas estimativas empíricas de profissionais da saúde relatam um aumento de quase 25% nos casos gerados devido à temperatura elevada.



Fonte: Jozivan Antero – Patosonline.com



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.