Após exonerações, prefeito interino de Patos não descarta mais ‘medidas amargas’ - Catingueira Online - Sua fonte diária de notícias

Após exonerações, prefeito interino de Patos não descarta mais ‘medidas amargas’

Eleito na última sexta-feira (27) para a Presidência da Câmara Municipal de Patos, o prefeito interino do município, Ivanes Lacerda, anunciou que tomaria ‘medidas amargas’ para reverter a situação financeira da gestão. Nesta terça (27), todos os servidores comissionados foram exonerados e novas ações devem vir nos próximos dias.

Ao Portal MaisPB, o prefeito informou que ainda está se inteirando sobre a situação dos cofres da cidade, mas fará o que for necessário para reduzir a folha de pagamento e trazer um enxugamento para a máquina pública. O gestor garante que tem se reunido e buscado informações para saber quais serão os próximos passos.


“Não tomaremos nenhuma decisão intempestiva, será tudo analisado e estudado”, garantiu.

O recém eleito prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda (MDB), exonerou de maneira coletiva todos os servidores comissionados do quadro de funcionários da Prefeitura Municipal. A decisão foi publicada na edição desta terça-feira (27) do Diário Oficial do Município e valerá a partir do próximo domingo (1º).

A exoneração acontece na “finalidade de alcançar os índices toleráveis” estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Serão exonerados todos os servidores que ocupam cargos comissionados, tanto na administração direta como indireta, mas com ressalvas.


Todas as gratificações também serão revogadas, além de um prazo de 60 dias foi estabelecido para a concessão de novas gratificações. Já novas nomeações serão feitas apenas após justificativa escrita e pessoal feita por cada secretário.







Fonte MaisPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.