terça-feira, 19 de março de 2019

Polícia Ambiental apreende mais de 200 aves silvestres na zona rural de Piancó

A 3° Companhia de Polícia Ambiental desarticulou um criatório de pássaros silvestres e apreendeu nesse domingo (17) mais de 200 aves no sítio Agreste, zona rural do município de Piancó.


Ao todo, cerca de 230 canários em condições de maus-tratos foram apreendidos dentro de gaiolas. Na residência onde eles estavam, a polícia identificou 11 pessoas responsáveis pela criação.

Com a chegada dos policiais, outros ainda conseguiram fugir pelo mato, já os demais, foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Piancó, onde serão autuados pelo crime de maus-tratos.

Segundo previsto na legislação ambiental em vigor, os responsáveis responderão administrativamente pelo crime, podendo chegar a pagar uma multa de R$ 48.500,00.

Os animais foram levados para um centro veterinário, e após os procedimentos serão soltos e devolvidos à natureza.








Fonte BVOnline




Leia mais

Ex-Secretária Livânia recebe 2ª voz de prisão em 48h e tem visitas restringidas

Nova prisão preventiva foi decretada pelo desembargador Ricardo Vital, também solicitada pelo Ministério Público estadual referente a Operação Calvário I

O juiz Adilson Fabrício manteve, nessa segunda-feira (18), durante audiência de custódia, a ex-secretária estadual de Administração, Livânia Farias, presa. A ex-auxiliar do Governo do Estado também recebeu voz de prisão referente a um processo que, segundo o advogado Solon Benevides, corria em segredo de justiça referente a uma caixa que teria sido entregue a ela com dinheiro de suposto esquema de propina da Cruz Vermelha.

A nova prisão preventiva foi decretada pelo desembargador Ricardo Vital, também solicitada pelo Ministério Público estadual referente a Operação Calvário I, que investiga o recebimento de propina pela Cruz Vermelha, responsável pela gestão do hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

“O fundamento da prisão cautelar na garantia da ordem pública tem por objetivo, outrossim, e no caso, impedir que a denunciada continue delinquindo e, consequentemente, trazer proteção à própria comunidade, coletivamente valorada”, destacou o desembargador Ricardo Vital em sua decisão.

Livânia Farias vai permanecer recolhida na 6ª Companhia da Polícia Militar, em Cabedelo. Também ficou determinada a proibição de visitas de qualquer pessoa que não sejam parentes de primeiro e segundo graus e dos advogados. Nenhuma autoridade política poderá visitar a ex-gestora, que terá escolta feita apenas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O advogado de Livânia Farias, destacou que a defesa está tranquila e provará inocência da ex-secretária. “Tomamos conhecimento agora (da segunda voz de prisão). Vamos estudar o processo e vê as medidas judiciais cabíveis em favor da nossa cliente. Vamos conseguir restabelecer a verdade dos fatos porque nada do que foi dito pelo Ministério Público tem procedência”, afirmou Solon Benevides.

Livânia Farias foi presa na tarde do último sábado, no aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, quando chegava de Belo Horizonte (MG), onde estava em viagem com a família. A ex-secretária é suspeita de corrupção por envolvimento no que o Ministério Público classifica como organização criminosa, envolvendo a Cruz Vermelha filial do Rio Grande do Sul, Organização Social que gerencia hospitais no Estado.

Após a prisão, a Justiça decretou o bloqueio de bens da ex-secretária, por meio de decisão que veio em conjunto com o mandado de prisão. Entre os bens bloqueados estão uma casa comprada no município de Sousa no valor de R$ 400 mil e um carro de luxo, uma BMW. Além disso, foi determinado o sequestro de todos os veículos que estiverem no nome da ex-gestora.

Após a prisão da ex-auxiliar, o Estado divulgou uma nota afirmando que a detenção “causou estranheza”. No mesmo texto, foi incluída uma carta assinada por Livânia, na qual ela pedia exoneração do cargo e afirmando ter sido “supreendida” com a decisão judicial.

Operação Calvário
As investigações da Operação Calvário são conduzidas pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e pela Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e Improbidade Administrativa (CCRIMP), do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

A Operação Calvário apura a atuação de uma organização criminosa responsável por desviar R$ 1,1 bilhão a partir de fraudes em contratos firmados junto à unidades de saúde. Corrupção, lavagem de dinheiro e peculato estão entre os crimes praticados pela quadrilha.

Espaço aberto
Com a vaga aberta depois do pedido de exoneração de Livânia Farias, abre-se a possibilidade para uma convocação de um deputado estadual ou até mesmo o convite para um ex-deputado assumir a pasta, a exemplo de Lindolfo Pires (Podemos). O governador João Azevêdo (PSB) deve tratar esse assunto ainda esta semana. Nessa segunda-feira (18), o socialista reuniu a base governista da Assembleia Legislativa na Granja Santana. O objetivo seria tratar estratégias de defesa do governo diante da Operação Calvário.





Fonte Por André Gomes



Leia mais

Dois municípios da região de Patos registram chuva nas últimas 24 horas. Veja os demais índices

O técnico da EMPAER Marconi Palmeira Filho informa a pluviometria das últimas chuvas ocorridas nos municípios do regional entre os dias 18 e 19/03/19 (últimas 24 horas) e acumulados do ano 2019




Veja abaixo


Palmeirão (oficial) (próximo a Vila dos Lagos em Patos): 0,0 mm
Acumulado do ano: 269,4 mm

Areia de Baraúnas (oficial): não informado
Acumulado do ano: 302,2 mm

Cacimba de Areia (oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 454,5 mm

Catingueira (oficial): 27,0 mm
Acumulado do ano: 504,7 mm

Junco do Seridó (oficial): 3,2 mm
Acumulado do ano: 218,9 mm

Mãe d'água(oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 355,3 mm

Malta (oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 318,4 mm

Passagem (oficial): não informado
Acumulado do ano: 412,4 mm

Patos (oficial) (pluviômetro na Embrapa): 0,0 mm
Acumulado do ano: 346,7 mm

Quixaba (oficial): não informado
Acumulado do ano: 298,2 mm

São José de Espinharas (oficial): 27,6 mm
Acumulado do ano: 367,6 mm

São José do Sabugi (oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 234,7 mm

Salgadinho (oficial): 4,4 mm
Acumulado do ano: 273,0 mm

Santa Luzia (oficial): 0,9 mm
Acumulado do ano: 285,4 mm

São José do Bonfim (oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 367,1 mm

São Mamede (oficial): 1,0 mm
Acumulado do ano: 367,6 mm

Santa Teresinha (oficial): 0,0 mm
Acumulado do ano: 363,4 mm

Várzea (oficial):0,0 mm
Acumulado do ano: 241,7 mm









Fonte Dados oficiais da EMPAER



Leia mais

Adolescente posta foto com arma ameaçando fazer massacre em escola no Sertão da PB

A Polícia Civil está investigando um adolescente que teria postado na quinta-feira (14), em um Grupo de Whatsapp de alunos de uma escola particular no Sertão da Paraíba, uma foto onde ele exibia uma arma, onde aparece na legenda: "PARTIU, FAZER MASSACRE NO (NOME DO COLÉGIO)" (sic).

Um dos alunos teria mostrado a imagem a sua mãe, que enviou para a polícia, que abriu uma investigação para apurar o fato.

A postagem aconteceu 1 dia depois que um jovem e um adolescente invadiram uma escola estadual na cidade de Suzano (SP), e juntos assassinaram 8 pessoas, em sua maioria alunos entre 15 e 18 anos.

A reportagem decidiu não divulgar a cidade nem tão pouco o nome da escola para não atrapalhar as investigações.




Fonte SertãoInformado




Leia mais

Lívia Valéria é recebida com festa em Patos e desfila pela cidade em caminhão dos Bombeiros. [VÍDEO]

A cantora mirim Lívia Valéria chegou em Patos, no Sertão do Estado, por volta das 20h da noite desta segunda-feira (18). Ela foi eliminada do programa The Voice Kids, da Rede Globo, no último domingo (17) e foi recepcionada na cidade onde nasceu.

Depois de chegar de viagem, a menina de 12 anos desfilou em um caminhão do Corpo de Bombeiros pelas principais ruas da cidade. Carregando uma bandeira do município de Patos, Lívia Valéria demonstrou o orgulho que sente por sua terra natal.

Pelas redes sociais, Lívia Valéria agradeceu o apoio que recebeu durante o programa e a forma como tem sido acolhida. “Que recepção maravilhosa meu povo lindo. A carreata foi incrível, é muito bom receber todo esse carinho. Sem palavras pra expressar tamanha gratidão. Obrigada meu Deus por tudo e a todas as pessoas que me receberam. Esse é só o começo, amo vocês beijo grande”, publicou a jovem cantora.

Por onde passava a menina era aplaudida e parada para fotos. Ela ainda desceu do caminhão do Corpo de Bombeiros para dar uma palhinha e cantar para os fãs.










Fonte clickpb



Leia mais

Ministério Público pede que Google e WhatsApp removam imagens da boneca 'Momo'

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou o Google e o WhatsApp para que removam das redes sociais conteúdos que exibam imagens da Boneca Momo. Imagens da boneca têm sido utilizadas por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a aplicarem golpes, como roubos de dados e extorsão, além de tentarem incentivar que crianças e adolescentes cometam suicídio.

Momo é uma boneca com olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro. Ela ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo.

Na Bahia, a notificação ao Google e ao WhatsApp foi feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).

A cidade de João Pessoa registrou um caso de extorsão, onde criminosos usavam a imagem da boneca Momo para aplicar golpes.






Fonte clickpb



Leia mais

segunda-feira, 18 de março de 2019

Audiência de custódia mantém prisão de ex-secretária estadual Livânia e proíbe visitas políticas

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu nesta segunda-feira (18) manter a prisão da agora ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias. Ela foi presa no último sábado (16), ao desembarcar em João Pessoa, vinda de Minas Gerais. Na audiência de custódia, no início da tarde, o juiz Adilson Fabrício comunicou à ex-auxiliar do governador João Azevêdo (PSB) que ela estava sendo presa, também, em decorrência de um segundo processo movido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB). Ao todo, foram dois mandados de prisão.

Esta segunda denúncia diz respeito à caixa de vinho com dinheiro, que teria sido pago pela Cruz Vermelha Brasileira. O ex-assessor da Secretaria de Administração, Leandro Nunes Azevêdo, disse ao Grupo de Atuação Especial de Combate à Corrupção (Gaeco), que teria recebido quase R$ 900 mil em propinas a mando de Livânia. A notificação sobre o segundo mandado de prisão chegou ao conhecimento do juiz ainda durante a primeira audiência de custódia. As duas decisões foram proferidas pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida, presidente da primeira Câmara Criminal.

Com isso, Livânia vai permanecer na carceragem da 6ª Companhia da Polícia Militar, em Cabedelo. Ela foi proibida de receber visitas políticas. Ela só poderá ser visitada por por parentes de primeiro e segundo graus, além dos advogados responsáveis pela defesa. A ex-secretária também não poderá ser visitada pelo comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves. O ato não será permitido nem em caráter de inspeção. Até a escolta, quando necessária, só poderá ser feita pelos policiais militares que atuam no Ministério Público da Paraíba. Durante a audiência, ela preferiu ficar calada.

Livânia é acusada do recebimento de propinas pagas por dirigentes da Cruz Vermelha Brasileira filial Rio Grande do Sul. A instituição, em conjunto com o Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP), administrou recursos da ordem de R$ 1,1 bilhão entre 2011 e 2018. Elas são responsáveis pela gestão dos hospitais de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, Metropolitano Dom José Maria Pires e o Regional de Mamanguape. Depoimento do ex-assessor da secretaria de Administração, Leandro Nunes de Azevêdo, preso na segunda etapa da operação Calvário, indicou que Livânia teria recebido mensalão de R$ 80 mil ao longo dos últimos anos.





Fonte blogs.jornaldaparaiba - Suetoni Souto



Leia mais

Após denúncia, PROCON/Patos autua Guanabara por desrespeito ao consumidor

No sábado, dia 17, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor, na cidade de Patos (PROCON/Patos), autuou a Empresa Guanabara após receber denúncia de consumidor no Rodo Shopping Edvaldo Mota.

De acordo com a denúncia do consumidor, a Empresa Expresso Guanabara não estava respeitando a lei da meia passagem para estudantes.

Ao chegar ao guichê da empresa, no Rodoshopping, os fiscais do PROCON/Patos confirmaram a denúncia e fizeram a autuação.

Renato Medeiros, diretor do PROCON/Patos, pediu para que consumidores contribuam com o órgão de defesa do consumidor quando presenciarem fatos que desrespeitem às leis.

Falando sobre o fato, o diretor relatou: “O PROCON tentou fazer o cumprimento da oferta, mas foi negado pela empresa. Então, fizemos de imediato a autuação da empresa”.






Fonte Jozivan Antero – patosonline




Leia mais

Paraíba recebe alerta de chuvas com perigo potencial para as 223 cidades

Um alerta de chuvas, com perigo potencial, foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para as 223 cidades da Paraíba, da manhã desta segunda-feira (18) até a noite desta terça-feira (19). As áreas afetadas são, principalmente, Agreste, Sertão e Brejo paraibano.

De acordo com o Inmet, a previsão é de que as chuvas atinjam 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Ainda conforme o instituto, a ocorrência de chuvas em 100% das cidades paraibanos apresenta baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em locais com áreas de risco.

Nos municípios onde está prevista a ocorrência de chuva, o Inmet orienta que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alteração nas encostas e evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Outras informações podem ser obtidas com a Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Chuvas em João Pessoa
Em João Pessoa, nas últimas 24h, já choveu 49 milímetros, de acordo com a Defesa Civil do município. O bairro com maior precipitação foi o Altiplano, seguido de Tambauzinho, com 45 milímetros. No entanto, não houve registro de ocorrências provocadas pelas chuvas.





Fonte g1 paraiba



Leia mais

Tribunal de Justiça mantém condenação de dois ex-prefeitos por improbidade

Dois ex-prefeitos da cidade de Salgadinho, no Sertão do Estado, tiveram sua condenação por improbidade administrativa mantida pela Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. Luciano Morais da Silva e Damião Balduíno da Nóbrega apelaram da decisão tomada em primeira instância, mas o relator da matéria, o desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, negou a apelação. O acórdão do julgamento foi publicado no Diário da Justiça eletrônico do TJPB desta segunda-feira (18).

O Ministério Público relata, nos autos, que Luciano Morais da Silva exerceu o cargo de Prefeito no período de 1º de janeiro de 2000 a 31 de março de 2004, quando então renunciou ao mandato, assumindo o vice-prefeito Damião Balduino da Nóbrega. Afirmou ainda que, durante o exercício de 2004, quando os dois estiveram a frente da administração pública municipal, o Tribunal de Contas apurou diversas irregularidades, dentre elas a ordenação de despesa sem autorização legal, dispensa indevida de processo licitatório, inaplicabilidade do mínimo constitucional exigido com ações e serviços públicos de saúde, contratação temporária por tempo determinado, sem obediência ao artigo 37, inciso II, da Constituição Federal e aplicação de recursos do Fundef em percentual inferior ao mínimo previsto em lei.

Na sentença, o Juízo de 1º Grau aplicou aos ex-gestores as seguintes penalidades: proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos, suspensão dos direitos políticos por cinco anos e ressarcimento integral do dano apurado.

Inconformados com a decisão, os dois apelaram ao Tribunal de Justiça, alegando, preliminarmente, a nulidade processual por falta de citação do Município de Salgadinho, bem como o cerceamento do direito de defesa pelo julgamento antecipado da lide, ressaltando a necessidade de produção de prova testemunhal. No mérito, defenderam a ausência de comprovação de dano ao erário.

O relator, desembargador Oswaldo Filho, rejeitou as preliminares e, no mérito, ressaltou que restou caracterizado o dolo na conduta dos ex-gestores, devendo a sentença ser mantida em todos os termos. “Do conjunto probatório, tenho, portanto, que a sentença deve ser confirmada. Isso porque, inobstante não se desconheça que nem todo o ato irregular configure ato de improbidade, para os fins de aplicação da Lei 8.429/92, considero, diante das peculiaridades, que as ilegalidades cometidas pelos recorrentes estão imbuídas de má-fé e de desonestidade que caracterizam o ato ímprobo”.







Fonte



Leia mais

Trio invade festa de aniversário em residência e mata dois, em JP

Dois homens foram assassinados na noite desse domingo (17) em uma residência no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. As vítimas estavam comemorando aniversário quando foram abordadas por suspeitos que invadiram a casa.

Os homens não resistiram e morreram ainda no local. De acordo com informações da Polícia Militar, pelo menos três suspeitos participaram da ação. Uma terceira vítima, de 19 anos, foi atingida na região das costas, mas pulou o muro e conseguiu fugir.

Ele foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma da capital e seu estado de saúde é considerado estável. A Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não tem informação sobre a identidade dos suspeitos ou a motivação do trio.






Fonte MaisPB




Leia mais

domingo, 17 de março de 2019

Vitor Hugo é eleito novo prefeito de Cabedelo com 73% dos votos

Vitor Hugo (PRB) foi eleito prefeito de Cabedelo e Aguinaldo Silva vice após eleição suplementar ocorrida no município neste domingo (17). Os dois compunham a coligação formada por PRB, MDB, DEM e PSB.

Vitor Hugo, que respondia interinamente pela prefeitura, somou 23.169 votos, o que corresponde a 73,07 % do total. Em segundo lugar ficou Eneide Régis (PSD), com 19,55% e 6.199 votos. Marcos Patrício, do Psol, garantiu 4,61% dos votos e José Eudes (PTB) registrou 2,77%.

“Tivemos uma campanha tranquila, baseada em propostas e ações de melhoria para Cabedelo, dando continuidade ao trabalho que já vem sendo realizado na cidade nos últimos 10 meses”, disse no momento em que votou.

Ele foi alçado ao cargo de prefeito após denúncias de corrupção por meio de desvios de recursos públicos atingirem o núcleo político da cidade. A operação Xeque-Mate prendeu o então prefeito, Leto Viana, afastou o vice, Flávio Oliveira do cargo.

Eleito presidente da Câmara Municipal, Vitor Hugo assumiu o comando da prefeitura. Com a renúncia de Viana e morte de Oliveira, a Justiça Eleitoral determinou a realização de novas eleições na cidade.





Fonte MaisPB





Leia mais

Delegado apresenta detalhes da morte de jovem em Caicó e diz: "Lamento, mas acho difícil o policial provar inocência” [VÍDEO]

Para o delegado que cuida do “Caso Zaira Cruz”, de 22 anos, morta em Caicó durante o carnaval dentro de um carro, as investigações continuarão no sentido de ampliar as provas para ser incluídas no inquérito policial, embora o resultado seja àquele apresentado hoje: “O policial a matou asfixiada e estrangulada”.

Ainda de acordo com o delegado Dr. Leonardo Germano, será difícil o policial provar inocência no caso: “Há minucioso material pericial. Tivemos o cuidado de ouvir a equipe de perícia e as testemunhas, além de confrontarmos os horários de câmeras de circuito de TV com os horários revelados por elas e pelo PM”.

Ainda na entrevista exclusiva para o Blog do Jair Sampaio, o delegado deu detalhes de como foi conduzido o trabalho que culminou com a prisão do policial Pedro Inácio. A autoridade policial disse que o PM chegou a ficar calado durante o último depoimento à polícia civil, e que só falaria ao lado de um advogado.






VEJA TAMBÉM:

Laudo aponta que jovem de Currais Novos foi assassinada por estrangulamento, em Caicó

Estudante é encontrada morta dentro de carro em Caicó



Fonte Blog do Jair Sampaio





Leia mais

Paraibana é desclassificada do 'The Voice Kids'

A patoense Lívia Valéria foi desclassificada da competição musical do programa 'The Voice Kids'. No programa deste domingo (17), a paraibana apostou na música imortalizada na voz de Luiz Gonzaga 'Asa Branca' encantando a todos, mas não superou as outras duplas que concorria.

Com o resultado, o sonho de conquistar a competição do programa mais famoso da música infantil brasileira acabou para todas as três paraibanas. No último dia de Batalhas no The Voice Kids no domingo passado (3) foram eliminadas Sofia Cruz e Heloísa Wanderley, restando apenas a patoense Lívia Valéria que deu adeus ao programa neste domingo (17).

Ela fazia parte do time Simone e Simaria que escolheu o menino Jeremias Reis e uma dupla de meninas que cantaram sertanejo.

Os participantes passam por momentos de muita emoção. Além da tensão das apresentações, as crianças e adolescentes ouvem conselhos dos técnicos. No programa, os participantes formam trios com integrantes do próprio time e Claudia Leitte, Simone & Simaria e Carlinhos Brown decidem quem vai avançar para a próxima fase.





Fonte



Leia mais

sábado, 16 de março de 2019

Secretaria de Educação anuncia criação do Centro Integrado de Educação de Catingueira

Visando otimizar os trabalhos de gestão e dos conselhos, e facilitando o trabalho do senso escolar, a Secretária de Educação Adalmira Marques da Silva Cajuaz resolveu a partir do consenso dos membros representantes do conselho municipal de educação pela junção das Escolas Maria Celeste Pires Leite e João Luiz de Abreu Junior, criando então o CIEC (Centro Integrado de Educação de Catingueira)

As duas escolas funcionam no mesmo complexo educacional, utilizando-se de uma mesma estrutura de refeitório, banheiros, biblioteca, sala de vídeo e direção, atendendo o João Luiz alunos da Pré Escola e o Maria Celeste alunos do Ensino Fundamental I e II.

Com a criação do Centro Integrado de Educação, as escolas tornam-se uma só, mas mantém os nomes Maria Celeste Pires Leite e João Luiz de Abreu Junior, o Ciec funcionará com o INEP antes utilizado pela Escola Maria Celeste Pires Leite





Fonte Por Ascom



Leia mais

Secretária de Administração da PB, Livânia Farias, é presa em João Pessoa

A secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias, foi presa na tarde deste sábado (17). A informação foi confirmada pelo advogado da gestora, Sheyner Asfora, ao jornalista Éclinton Monteiro, da rádio 98 FM/Correio Sat. Livânia foi presa no aeroporto Castro Pinto quando chegava de Belo Horizonte, onde estava em viagem com a família. Ela é suspeita de corrupção por envolvimento no que o Ministério Público classifica como organização criminosa, envolvendo a Cruz Vermelha, Organização Social que gerencia hospitais no Estado. A decisão é que ela seja levada para a 6ª Companhia da Polícia Militar.

Na quinta-feira (14), Livânia e o marido, Elvis Rodrigues Farias, foram alvos da terceira fase da Operação Calvário. Nessa mesma data já havia sido decretada a prisão da gestora, porém ela estava viajando com a família e, por este motivo, a decisão foi mantida em sigilo. Autoridades cumpriram mandados de busca e apreensão em um endereço do casal na capital paraibana. O vereador Carlos Pereira Leite Júnior (Kolorau Júnior), do município de Sousa, no Sertão, também é investigado.

Confissão de ex-assessor

Em depoimento ao Ministério Público, Leandro Nunes, ex-assessor da secretária Livânia Farias, revelou a participação direta da gestora na suposta Organização Criminosa, que teria desviado recursos da Saúde e também realizado o pagamento de propinas destinadas a bancar campanhas eleitorais no estado.

Leandro confessou ser ele o homem flagrado no saguão de um hotel no Rio de Janeiro recebendo uma caixa supostamente de vinho. Na verdade, conforme o depoimento do ex-assessor, o que existia na caixa era o pagamento de uma propina no valor de R$ 900 mil.

Operação Calvário

As investigações da Operação Calvário são conduzidas pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e pela Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e Improbidade Administrativa (CCRIMP), do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

A Operação Calvário apura a atuação de uma organização criminosa responsável por desviar R$ 1,1 bilhão a partir de fraudes em contratos firmados junto à unidades de saúde. Corrupção, lavagem de dinheiro e peculato estão entre os crimes praticados pela quadrilha.





Fonte Por Nice Almeida -



Leia mais

sexta-feira, 15 de março de 2019

Zelador suspeito de estuprar alunos em João Pessoa é preso

O ex-zelador do colégio GEO Tambaú, acusado de estuprar ao menos quatro crianças dentro do banheiro da escola, foi preso nesta sexta-feira (17). A Promotoria de Justiça Criminal havia pedido a prisão dele por duas vezes, mas havia sido negado. Um recurso foi então impetrado no Tribunal de Justiça da Paraíba e o pedido foi atendido.

O advogado do zelador, Abraão Beltrão, disse ao Balanço Geral da Rede Correio Sat que desconhece a decisão judicial que fez o acusado ser preso, mas confirmou a prisão dele.

As promotoras relatoras do processo requereram que o ex-zelador fique preso preventivamente, durante a instrução do processo, assim como aconteceu com três dos quatro adolescentes acusados, que foram apreendidos na última segunda-feira. O quatro está sendo procurado.

O ex-zelador e os quatro adolescentes estão sendo acusados de abusar sexualmente de quatro alunos de oito anos de idade, no banheiro do colégio, que fica no bairro de Tambaú. De acordo com a investigação, entre fevereiro e maio de 2018, as vítimas foram ameaçadas e obrigadas a sair da sala de aula, durante as aulas, para ir ao banheiro e serem abusadas.

Participação

A participação do ex-zelador, que ajudava os menores na execução do crime, interditando o banheiro no momento dos abusos e também participando deles, fez com que o processo fosse dividido entre a Vara da Infância e o 1º Vara Criminal, que assumiu a investigação sobre o adulto.





Fonte portalcorreio



Leia mais

EM PATOS: Colégio Ágape homenageia vítimas de atentado ocorrido em SP

Na manhã desta sexta-feira (15/03) houve um momento muito especial de homenagens no Colégio Ágape, localizado na cidade de Patos. Alunos do Fundamental 2 juntamente com a Direção, Coordenações e professores, se solidarizaram e fizeram orações pelos familiares dos mortos de Suzano e pelos alunos de uma escola na Paraíba.

Um gesto de enternecimento envolveu toda a escola. Com camisetas pretas, representando a dor e empatia, todos os alunos oraram e cantaram pelo Brasil, pela Paraíba e pela cidade de Patos, momento este em que todos os presentes realizaram um gesto de solidariedade e reflexão, “Um minuto de silêncio”, devido à tragédia ocorrida na escola de Suzano/SP.
⠀⠀⠀⠀
A mensagem expressa nesta manhã é: “Amar o próximo e revisitar as nossas atitudes”.
⠀⠀⠀⠀









Fonte Da assessoria



Leia mais

Caso Zaira Cruz: Policial é preso e conduzido para Natal

Policial Pedro principal suspeito da morte da universitária Zaira Cruz foi preso por volta das 5h10 da manhã desta sexta feira (15). Policiais arrombaram um cadeado da casa do policial e adentraram.

O acusado foi algemado e preso. De acordo com informações chegadas à nossa reportagem Pedro foi conduzido para Natal. A ação foi tão sigilosa que a Polícia Civil de Currais Novos não foi informada.

Já era esperada a prisão do PM, contudo, a polícia civil tentou a todo custo manter sigilo nos trabalhos para evitar justiça com as próprias mãos ou situações que colocassem em risco a vida de terceiros.

No local de crime, o PM confirmou que tinha ficado com Zaira Dantas Silveira Cruz, de 22 anos, e há também informações de que este depoimento tenha sido colocado nas formalidades do inquérito policial







Fonte Cleto Filho – Sidys TV



Leia mais

Delegada interrompe velório e aciona IML para fazer perícia em advogado que morreu no Shopping de JP

A suspeita de um possível atendimento errado ao advogado Werton Soares, de 33 anos, que acabou falecendo em um shopping no bairro de Tambiá, em João Pessoa, motivou o pedido de perícia cadavérica pela polícia no início da noite desta quinta-feira (14). Vanderleia Gadi, delegada de Homicídios, confirmou ao ClickPB que já solicitou ao Instituto de Medicina Legal (IML) o exame.

Ela detalhou que foi até a mortuária onde o corpo estava sendo preparado para o sepultamento e “já solicitei o rabecão para a remoção ao IML e vai ser levado e submetido a perícia cadavérica”.

Inicialmente o caso não estava sendo tratado como homicídio, já que as primeiras informações davam conta de que Werton Soares teria morrido após sofrer um infarto. No entanto, a polícia tomou conhecimento de que inicialmente o advogado passou mal e sofreu uma série de convulsões, chegando até a vomitar. Os primeiros socorros foram prestados pelos bombeiros civis do Shopping Tambiá, que teriam iniciado o procedimento de massagem cardíaca. A suspeita é de que Werton tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória, segundo informou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O laudo da perícia cadavérica deverá determinar a exata causa da morte do advogado Werton Soares. A partir desta conclusão, a polícia decidirá como proceder com as investigações.

Vanderleia Gadi ressaltou que o corpo foi removido diretamente para a mortuária e que esse procedimento não foi correto. “Teria que ter sido comunicado à delegacia mesmo que não houvesse qualquer tipo de suspeita, mesmo que tivesse sido morte natural. O procedimento para a retirada do cadáver de lá teria que ter sido comunicado primeiro à delegacia e a delegacia adotar as providências cabíveis nesse sentido”, explicou a delegada.








Fonte
ClickPB




Leia mais

Fortes chuvas devem afetar 219 cidades da PB nesta sexta-feira, alerta Inmet

Um alerta de fortes chuvas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) foi emitido ontem (14) para essa sexta-feira (15) em 219 das 223 cidades da Paraíba. O alerta vai até a noite desta de hoje.

O Inmet informou que a previsão é de que as chuvas atinjam 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Ainda conforme o instituto, a ocorrência de chuvas em 98,2% das cidades paraibanos apresenta baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em locais com áreas de risco.

O instituto orienta que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alteração nas encostas e evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.



Confiram as cidades inseridas no alerta de chuva:



Aguiar
Alagoa Grande
Alagoa Nova
Alagoinha
Alcantil
Algodão De Jandaíra
Alhandra
Amparo
Aparecida
Arara
Araruna
Araçagi
Areia
Areia De Baraúnas
Areial
Aroeiras
Assunção
Bananeiras
Baraúna
Barra De Santa Rosa
Barra De Santana
Barra De São Miguel
Baía Da Traição
Belém
Belém Do Brejo Do Cruz
Bernardino Batista
Boa Ventura
Boa Vista
Bom Jesus
Bom Sucesso
Bonito De Santa Fé
Boqueirão
Borborema
Brejo Do Cruz
Brejo Dos Santos
Caaporã
Cabaceiras
Cachoeira Dos Índios
Cacimba De Areia
Cacimba De Dentro
Cacimbas
Caiçara
Cajazeiras
Cajazeirinhas
Caldas Brandão
Camalaú
Campina Grande
Capim
Caraúbas
Carrapateira
Casserengue
Catingueira
Catolé Do Rocha
Caturité
Conceição
Condado
Congo
Coremas
Coxixola
Cruz Do Espírito Santo
Cubati
Cuitegi
Cuité
Cuité De Mamanguape
Curral De Cima
Curral Velho
Damião
Desterro
Diamante
Dona Inês
Duas Estradas
Emas
Esperança
Fagundes
Frei Martinho
Gado Bravo
Guarabira
Gurinhém
Gurjão
Ibiara
Igaracy
Imaculada
Ingá
Itabaiana
Itaporanga
Itapororoca
Itatuba
Jacaraú
Jericó
Joca Claudino
João Pessoa
Juarez Távora
Juazeirinho
Junco Do Seridó
Juripiranga
Juru
Lagoa
Lagoa De Dentro
Lagoa Seca
Lastro
Livramento
Logradouro
Lucena
Malta
Mamanguape
Manaíra
Marcação
Mari
Marizópolis
Massaranduba
Mataraca
Matinhas
Mato Grosso
Maturéia
Mogeiro
Montadas
Monte Horebe
Monteiro
Mulungu
Mãe D'Água
Natuba
Nazarezinho
Nova Floresta
Nova Olinda
Nova Palmeira
Olho D'Água
Olivedos
Ouro Velho
Parari
Passagem
Patos
Paulista
Pedra Branca
Pedra Lavrada
Pedras De Fogo
Pedro Régis
Piancó
Picuí
Pilar
Pilões
Pilõezinhos
Pirpirituba
Pocinhos
Pombal
Poço Dantas
Poço De José De Moura
Prata
Princesa Isabel
Puxinanã
Queimadas
Quixabá
Remígio
Riacho De Santo Antônio
Riacho Dos Cavalos
Riachão
Riachão Do Bacamarte
Riachão Do Poço
Rio Tinto
Salgadinho
Salgado De São Félix
Santa Cecília
Santa Cruz
Santa Helena
Santa Inês
Santa Luzia
Santa Rita
Santa Teresinha
Santana De Mangueira
Santana Dos Garrotes
Santo André
Sapé
Serra Branca
Serra Da Raiz
Serra Grande
Serra Redonda
Serraria
Sertãozinho
Sobrado
Soledade
Solânea
Sossêgo
Sousa
Sumé
São Bentinho
São Bento
São Domingos
São Domingos Do Cariri
São Francisco
São José Da Lagoa Tapada
São José De Caiana
São José De Espinharas
São José De Piranhas
São José De Princesa
São José Do Bonfim
São José Do Brejo Do Cruz
São José Do Sabugi
São José Dos Cordeiros
São José Dos Ramos
São João Do Cariri
São João Do Rio Do Peixe
São João Do Tigre
São Mamede
São Miguel De Taipu
São Sebastião De Lagoa De Roça
São Sebastião Do Umbuzeiro
São Vicente Do Seridó
Tacima
Taperoá
Tavares
Teixeira
Tenório
Triunfo
Uiraúna
Umbuzeiro
Vieirópolis
Vista Serrana
Várzea
Zabelê
Água Branca






Fonte Inmet



Leia mais

Procurador da Lava Jato admite anulação do processo de Lula

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos nomes principais da Operação Lava Jato, avaliou que a decisão desta quinta-feira, 14, do Supremo Tribunal Federal pode resultar na anulação da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Lula não foi condenado por crime eleitoral na Lava Jato. A condenação do ex-presidente nos casos do triplex do Guarujá e do Sítio de Atibaia foram por corrupção e lavagem de dinheiro, competência da Justiça Federal.

Se o STF mandar tudo ser enviado para a Justiça Eleitoral, por que não vão anular a condenação do Lula?”, questiona Lima. “A condenação do caso triplex não é só pelo triplex, é um dinheiro de corrupção encaminhado também para o Partido dos Trabalhadores. Então, também tem uma questão eleitoral”, disse o procurador.

Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (14) a favor da competência da Justiça Eleitoral para investigar casos de corrupção quando envolverem simultaneamente caixa 2 de campanha e outros crimes comuns, como lavagem de dinheiro, que são investigados na Operação Lava Jato.

Fonte 247



Leia mais

Radialista paraibano morre após sofrer infarto em shopping de João Pessoa

Morreu na tarde desta quinta-feira (14) o advogado e radialista Werton Soares Júnior. Ele estava no Shopping Tambiá quando passou mal e morreu.

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que fez o atendimento, ele teve uma convulsão seguida de uma parada cardiorrespiratória.

Werton era especialista em direito do consumidor, tinha um escritório de advocacia na capital e apresentava um programa na Radio Sanhauá. Além disso, ele trabalhava no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep).

Em nota, o prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (PRB), lamentou o falecimento de Werton. Leia abaixo na íntegra:

Nota de Falecimento

O prefeito Vitor Hugo vem a público informar e lamentar a morte do advogado Werton Soares, nesta quinta-feira (14). Werton, que durante alguns meses, atuou como assessor jurídico da Guarda Metropolitana de Cabedelo, foi vítima de um infarto fulminante.

Vitor lamenta profundamente essa perda, agradecendo todo o apoio, trabalho e dedicação que Werton empenhou na cidade de Cabedelo.

À família, o prefeito presta toda sua solidariedade, rogando a Deus para que os conforte e acalente seus corações em meio a esse terrível momento de dor.








Fonte /Paraíba Já




Leia mais

Casal é preso em transportando drogas, em estrada do Vale do Piancó

Um casal foi preso, na tarde desta quinta-feira (14), durante uma abordagem realizada pela Guarnição da Força Tática do 13º Batalhão, em uma estrada vicinal que liga os municípios de Boa Ventura e Curral Velho, no Sertão da Paraíba.

Segundo as informações policiais, em uma mochila que estava sob a posse do casal, foi encontrado pelo menos, meio quilo de cocaína e 502 pinos de crack, além de dois revolveres calibre 38. Uma moto Honda Fan também foi apreendida.

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, o homem apresentou documentação falsificada durante a abordagem, e na delegacia, teria sido descoberta a verdadeira identidade do suspeito, que quebrou o albergue, no indulto do dia dos pais em um presidio na cidade de Mongaguá, no Estado de São Paulo.

O Casal, José Carlos Pereira sendo ele ajudante de pedreiro natural da cidade de Boa Ventura e ela Isabel de Santos manicure natural de São Paulo, foi preso em flagrante e entregue ao Delegado Renato Leite, na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Itaporanga.











Fonte: Diamante Online



Leia mais

quinta-feira, 14 de março de 2019

TCE-PB reprova as contas de São José dos Ramos e Umbuzeiro e imputa débito de R$ 1,4 mi a ex-prefeito

Déficit orçamentário e financeiro, não recolhimento de obrigações previdenciárias e despesas sem comprovação foram as principais irregularidades que levaram o Tribunal de Contas do Estado a reprovar as contas anuais das prefeituras municipais de São José dos Ramos - gestão do prefeito Eduardo Gindre Caxias de Lima, no exercício de 2017, e Umbuzeiro de 2015, quando era gestor o ex-prefeito Thiago Pessoa Camelo, que foi responsabilizado pela quantia de R$ 1.408,665, a ser ressarcida aos cofres do município no prazo de 60 dias, além de multa no valor de R$ 8.000,00. Ainda cabem recursos.

Favoráveis foram julgadas as contas das prefeituras de Nova Floresta e Sumé dos exercícios de 2017, já apreciadas com a nova sistemática do processo de acompanhamento da gestão. Também a prestação de contas de Tavares, de 2016, sob a responsabilidade do prefeito Ailton Nixon Suassuna Porto. Um recurso de reconsideração mudou o acórdão do TCE em relação às contas de Montadas. O Pleno acatou as justificativas do ex-prefeito Jairo Herculano de Melo e decidiu pela emissão do parecer favorável à prestação às contas do município, relativas a 2014.

Cargos em Alhandra - Os conselheiros apreciaram ainda um recurso de apelação interposto pelo prefeito de Alhandra, Renato Mendes Leite, contra o Acórdão AC1 – TC 2042/18, da 1ª Câmara, que negou registro aos atos do prefeito que extinguiram cargos para enquadrar servidores em categorias diferenciadas, na área de vigilância, criando novos cargos, sem o devido concurso público. A corte entendeu que “os atos são inconstitucionais”, no entanto, os servidores não poderiam ser prejudicados. O Pleno sugeriu a aprovação de projeto de lei que restabeleça a legalidade dos cargos.

Acumulação de professor - Com pedido de vista, o processo que trata da acumulação de cargos por servidores públicos que detêm dois vínculos empregatícios na Câmara Municipal de Bayeux, sendo um de professor, a ser analisado à luz da Constituição Federal, deverá retornar à julgamento na sessão do próximo dia 27, conforme previsão do autor do pedido, conselheiro André Carlo Torres. O relator da matéria é o conselheiro Arthur Cunha Lima.


O TCE realizou sua 2210ª sessão ordinária do Tribunal Pleno, sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana. Estiveram presentes os conselheiros Antônio Nominando Diniz, Arthur Cunha Lima, André Carlo Torres Pontes e Marcos Antônio Costa. Também os conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo procurador Bradson Tibério Luna Camelo.










Fonte
Ascom/TCE-PB




Leia mais

Irmãos são assassinados a tiros dentro de oficina em cidade do Sertão

Dois irmãos identificados como Luiz Gustavo Ferreira e André Luiz Ferreira, de 22 de 21 anos, respectivamente, foram assassinados a tiros no final da tarde de quarta-feira (13) na cidade de Catolé do Rocha, Sertão do Estado.

Segundo informações da Polícia Militar, dois elementos em uma moto chegaram na oficina mecânica na PB-323, saída para Brejo dos Santos, onde os irmãos estavam consertando uma motocicleta, e ao avista-los efetuou vários disparos contra eles. Ao vê-los caídos no chão, a dupla deixou o local tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar foi acionada, esteve no local e adotou as medidas cabíveis ao caso. No local, foram encontradas cápsulas de pistola calibre 380.





Fonte Diário do Sertão



Leia mais

Comerciante é encontrado morto ao lado de sua moto após sair de casa para visitar parentes no Sertão

Um comerciante da cidade de Patos, Sertão do estado, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (13), às margens da BR 230, na cidade de Malta, região de Patos.

A vítima era Tadeu Guedes de 43 anos, residia na cidade de Patos e costumava a ir a Malta para visitar os parentes e fazer negócios.

Segundo as informações, ele foi encontrado já sem vida ao lado de sua moto, que estava destruída.


Ainda não se sabe como aconteceu o acidente. A polícia irá investigar o caso.











Fonte: Diário do Sertão



Leia mais

Confira o índice das chuvas nos municípios do Vale do Piancó

O escritório regional da EMPAER, localizado na cidade de Itaporanga, divulgou nesta quinta-feira (14) o índice pluviométrico das chuvas que caíram sobre alguns municípios do Vale do Piancó entre os dias 12 e 13 de março.


Segundo os dados oficiais divulgados pela técnica Maria de Lourdes Pereira Alves, a cidade que mais choveu no Vale do Piancó foi Conceição com 39 mm.




Veja o índice registrado do dia 13 de março

Aguiar: 3,0 mm

Boa Ventura: 8,3 mm

Conceição: 39,0 mm

Curral Velho: 26,1 mm

Igaracy: 13,30 mm

Ibiara: 27,6 mm

Nova Olinda: 14, 5 mm

Olho D’água: 1,3 mm

Pedra Branca: 12,9 mm

São José de Caiana: 8,8 mm

Santana dos Garrotes: 23, 0

Santana de Mangueira: 38,9 mm

Santa Inês: 4,80 mm



Veja o índice registrado do dia 12 de março


Boa Ventura - 7.9 mm

Santana dos Garrotes - 9mm

Emas - 2.1mm

Olho D’água - 4.9 mm.

Santa Inês - 12.00 mm

Piancó - 9,1mm

Conceição - 4,0 mm

Santana de Mangueira - 4,9mm

Ibiara - 4,0 mm



Fonte Empaer



Leia mais

MP cumpre mandado de busca e apreensão contra secretária de administração da Paraíba

Outras nove pessoas também são alvos de mandados de busca e apreensão. Ação faz parte da terceira fase da Operação Calvário.

O Ministério Público da Paraíba, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), cumpre mandado de busca e apreensão contra a secretária de administração da Paraíba, Livânia Farias, na terceira fase da Operação Calvário. Outras nove pessoas também são alvo de mandados de busca e apreensão em João Pessoa, Sousa e no Rio de Janeiro.

O G1 tentou contato com a defesa da secretária Livânia Farias, mas as ligações não foram atendidas.

A Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e a Improbidade Administrativa (CCRIMP) também participa da ação. A Operação Calvário, que apura desvio de dinheiro público repassado à Cruz Vermelha e ao Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP), organizações sociais que administram hospitais da Paraíba

O objetivo dessa fase da Operação Calvário é cumprir mandados de busca e apreensão contra Livânia Maria da Silva Farias e outras dez pessoas, entre elas, o marido de Livânia, Elvis Rodrigues Farias, e o vice-presidente da Câmara Municipal de Sousa, Carlos Pereira Leite Júnior, conhecido como Koloral Júnior. A decisão foi do desembargador do Tribunal de Justiça Ricardo Vital de Almeida, presidente da Câmara Criminal.

A operação investiga uma organização criminosa que seria comandada por Daniel Gomes da Silva, responsável por desvios de recursos público, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, por meio de contratos firmados juntos às unidades de saúde da Paraíba, na ordem de R$ 1,1 bilhão.

Os mandados estão sendo cumpridos pelo Gaeco, com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) do Ministério Público do Rio de Janeiro.

Alvos dos mandados de busca e apreensão

Livânia Maria da Silva Farias - secretária de administração do Estado

Elvis Rodrigues Farias - esposo de Livânia Farias

Haroldo Rivelino da Silva - irmão de Livânia Farias

Haller Renut da Silva - irmão de Livânia Farias

Gabriella Isabel da Silva Leite - sobrinha de Livânia Farias

Lucas Winnicius da Silva Leite - sobrinho de Livânia Farias

Carlos Pereira Júnior (Kolorau Júnior) - sobrinho de Livânia Farias e vice-presidente da Câmara Municipal de Sousa

Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro

Josildo de Almeida Carneiro

Saulo Pereira Fernandes

Keydson Samuel de Sousa Santiago - dirigente do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa

Ex-assessor diz ao MP que Livânia Farias comprou casa com 'propina' da Cruz Vermelha

A secretária de administração do Estado da Paraíba, Livânia Farias, teria comprado uma casa da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba, no valor de R$ 400 mil com dinheiro desviado da organização social Cruz Vermelha, que administra o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. A informação foi dada pelo ex-assessor de Livânia, Leandro Nunes Azevedo, durante depoimento ao Ministério Público.

De acordo com a decisão da soltura de Leandro para cumprir medidas cautelares, onde consta trechos do depoimento de Leandro, a casa de Livânia teria sido paga em duas prestações em dinheiro. Ele afirmou que estava presente no pagamento da primeira parte e que a segunda parcela foi entregue por ele. Segundo Leandro, "o imóvel foi pago com dinheiro que eles manipulavam da propina oriunda da Cruz Vermelha". Nas duas vezes, eles foram fazer o pagamento, segundo Leandro, no carro de Livânia, uma BMW.

Em nota divulgada no sábado (9), a defesa de Livânia informou que não havia tido acesso ao depoimento de Leandro e que ficou surpresa e indignada com as acusações. A defesa ainda disse que solicitou ao Poder Judiciário o acesso ao conteúdo do depoimento e que repudia a insinuação de que o imóvel de Sousa tenha sido adquirido de forma ilícita.

Entenda a Operação Calvário

A Operação Calvário foi deflagrada em dezembro de 2018.

Daniel Gomes foi preso suspeito de chefiar a organização criminosa, Michelle Louzada Cardoso, e outras nove pessoas detidas preventivamente, entre eles Roberto Calmom, que estava em um hotel da orla de João Pessoa. Ele é fornecedor da Cruz Vermelha.

A operação, realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), investiga uma organização criminosa responsável pelo desvio de dinheiro público da saúde por organizações sociais.

No centro das atenções estão contratos da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), filial Rio Grande do Sul, e do Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP). Segundo as investigações, o prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 1,1 bilhão.

Em fevereiro de 2019 foi deflagrada a 2ª fase da Operação Calvário.

Foi cumprido um mandado de prisão contra Leandro Nunes - que era assessor da Secretaria de Administração e foi exonerado recentemente - na cidade de Itabaiana, na Paraíba.
Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de João Pessoa e Conde, na Paraíba, e também no Rio de Janeiro.
Conforme mostrado em reportagem do Fantástico, Leandro Nunes, ex-assessor de Livânia Farias, foi flagrado recebendo um repasse de dinheiro dentro de uma caixa de vinho que seria usado para pagar fornecedores de campanha.

A caixa foi entregue por Michele Louzzada Cardoso, que atuava juntamente com Daniel Gomes, líder da organização criminosa, conforme o Ministério Público. Desde 2016 até agora, o grupo teria desviado R$ 15 milhões pelo país.

Leandro Nunes foi solto no início de março após um depoimento assumindo os fatos.

Nos últimos oito anos, a Cruz Vermelha e o IPCEP receberam dos cofres públicos pouco mais de R$ 1,7 bilhão em todo o país. A Cruz Vermelha é responsável pelo Hospital de Trauma de João Pessoa desde 2011, e recebeu até setembro de 2018 mais de R$ 930 milhões.

O IPCEP administra o Hospital Geral de Mamanguape e, de julho de 2014 até setembro de 2018, recebeu do estado mais de R$ 110 milhões. Em novembro de 2017, a organização social começou a atuar no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, e, até dezembro de 2018, recebeu pouco mais de R$ 62 milhões, segundo o Ministério Público.
A terceira fase da Operação Calvário foi deflagrada nesta quinta-feira (14), com mandados de busca de apreensão cumpridos em João Pessoa, Sousa e Rio de Janeiro.



Fonte Por G1 PB





Leia mais

quarta-feira, 13 de março de 2019

Homem é preso na Paraíba suspeito de matar comerciante em PE e comentar crime no WhatsApp

Um homem foi preso nesta quarta-feira (13) em Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa, após ser denunciado por homicídio em Tabira, no Sertão de Pernambuco. O homem teria conversado com a sogra sobre o crime, no WhatsApp, conforme revela uma captura de tela feita de celular.

Contra ele, havia um mandado de prisão expedido no município pernambucano. Ao ser preso em Bayeux, ele confessou que matou um homem em Tabira.

Cristiano da Silva Ribeiro, de 39 anos, teria dito que cometeu o crime em legítima defesa, pois já havia sido esfaqueado pelo homem que ele matou.

No WhatsApp, ele teria comentado com a sogra dizendo que a esposa apontou que a vítima não tinha sido presa pelo que fez contra o marido dela, mas que agora, morto, não cometeria mais nenhum ato criminoso. "Marielly diz: 'acho engraçado que quando ele furou Cristiano ele não foi preso. Mas agora ele não mata mais ninguém'."





Fonte clickpb



Leia mais