domingo, 19 de agosto de 2018

NO SERTÃO: Popular cai dentro de cacimbão e morre afogado

Uma fatalidade na zona rural oeste de Brejo dos Santos, cidade no Sertão Paraibano, seria o motivo mais adequado para enquadrar a ocorrência da tarde deste domingo (19 de agosto), que deixou um popular sem vida.

O incidente aconteceu no sítio Olho D’Aguinha, no município de Brejo dos Santos (PB), bem próximo aos limites com Bom Sucesso (PB) e a divisa com o vizinho estado do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações de testemunhas, um homem identificado por EDGLEI, mas que atendia pela alcunha de MELÉ estava na borda de um cacimbão, quando teria perdido o equilíbrio e caído dentro do mesmo.

Pessoas que estavam próximas ao local chegaram a socorrer a vítima, retirando-o de dentro do cacimbão, mas este já estava morto.

A Polícia Militar foi acionada e inicialmente trabalha com a hipótese de afogamento, motivado por um acidente.

O corpo da vítima foi liberado no local do acidente, e entregue aos familiares para providenciar os procedimentos fúnebres.






Fonte CATOLÉ NEWS




Leia mais

Após retornarem do Patos Moto Fest, motociclistas perdem a vida em acidente envolvendo animais na pista

Um acidente lamentável deixou este domingo, dia 19, mais triste para a grande família de motociclistas que vieram a cidade de Patos para prestigiar o 9º Patos Moto Fest.

O acontecimento veio ao conhecimento após um vídeo que circula nas redes sociais dando conta do acidente envolvendo dois motociclistas e animais na rodovia PE 390, que dá acesso à cidade de Serra Talhada, Pernambuco.

Mesmo estando equipados com capacetes afivelados, roupas especiais e serem acostumados com as viagens, os dois motociclistas podem ter pecado pelo excesso de velocidade e devido ao crime de animais na estrada, além de que eram animais de grande porte como duas vacas.

O Patos Moto Fest teve seu encerramento neste domingo depois de um café da manhã. Vários motociclistas de regiões mais distantes ficaram na cidade e apenas a tarde voltaram para suas residências, porém, a notícia irmanou os amantes das duas rodas em um sentimento de dor e revolta.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas são Alessandro Cordeiro dos Santos, 39 anos. Ele pilotava uma motocicleta Kawasaki. A outra vítima é Pedro Soares Rolim, 66 anos. Ambos residiam em Petrolândia (PE). Relatos dão conta que eles estavam juntos e até tiram fotos para registrar a alegria de mais um evento que teve um fim trágico para a dupla.






Fonte Jozivan Antero – Patosonline



Leia mais

Reforma da Câmara de Catingueira custou quase 70 mil reais, não trouxe conforto e ainda comprometeu as despesas da Casa.

A nova sede da Câmara Municipal de Catingueira foi inaugurada no último dia 28 de Julho depois de uma longa reforma que durou mais de um semestre. Foram exatamente sete meses de muito trabalho e muitas polêmicas.

A reforma foi iniciada no mês de dezembro de 2017 e só foi concluída no final de Junho deste ano.

Com um gasto de R$ 68.915,29 o prédio foi inaugurado com uma grande festa, muitos elogios e discursos de parabéns. Mas nem tudo foram flores.

Para não quebrar o protocolo, algumas pessoas que parabenizaram pela reforma deixaram de expressar suas opiniões verdadeiras sobre o que de fato acharam da mesma já que o momento, talvez, não seria oportuno. “É quando o bolo da festa de casamento está ruim, mas os convidados saem do evento elogiando toda a comida para não gerar constrangimento.”

De fato, o prédio ficou bonito mas analisando cuidadosamente os detalhes, a reforma não trouxe nenhum conformo ao público presente, nem tão pouco aos vereadores, pelo contrário, acabou com o conformo que existia.

Em contato com alguns vereadores, ambos foram categóricos ao dizer que a nova reforma da Câmara não trouxe nenhum tipo de benefício. Nenhum dos parlamentares que conversamos, conseguiu citar um beneficio se quer promovido pela reforma.

No final, a reforma acabou servindo apenas para encantar os olhos dos visitantes que de fato não visitam com frequência a Casa Legislativa Severino Tibúrcio de Sousa.

O primeiro ponto questionável é o forte calor que agora vem fazendo durante as sessões, isto por que, foram removidos quatro aparelhos de ar-condicionados de 10 mil btu’s e adicionado um de 24 mil que se encontrava com problemas há vários anos, ou seja, antes, para esfriar o ambiente, a Câmara contava com quatro aparelhos de 10 mil btu’s mais um de 36 mil, totalizando 76 mil btu’s.

Depois da reforma, o plenário passou a contar com apenas dois ar-condicionados, um de 24 mil e outro de 36 mil, totalizando 60 mil btus’s. O problema não foi apenas a perda de 16 mil btu’s. O ambiente ficou maior, principalmente para cima, dificultando assim sua climatização.

Na última sessão da Câmara o forte calor incomodou muito, mesmo com uma pequena quantidade de pessoas no plenário. Os dois ar-condicionados não foram suficientes fazendo com que os vereadores tirassem seus paletós por não suportarem o calor.

E por falar em ampliação, muito foi se divulgado que o objetivo da reforma seria gerar mais conforto aos que se faziam presentes nas sessões. Realmente o espaço do plenário foi ampliado. O problema é que a Câmara continua suportando a mesma quantidade de pessoas sentadas, isto por que o número de cadeiras continua o mesmo e ainda foram retiradas algumas do plenário para fazerem parte do piso superior da Câmara, local que por sinal até agora não recebeu nenhuma pessoa do público para assistir as sessões.

Sobre o piso superior, esta foi a “grande novidade”. Foi construída uma nova sala da presidência e um espaço para que “autoridades”, ou até mesmo o público, pudessem assistir as sessões. O problema é que, na prática, isto não irá acontecer já que dificilmente um político “do povo” ficará “escondido” ou afastado do povo durante uma sessão. Portanto, o local se tornará, possivelmente, inutilizável. Basta analisar uma possível situação. Um plenário lotado de pessoas. Qual o político “do povo” que se arriscaria a assistir a sessão longe do povo, em um ambiente “escondido”, no mínimo iria ser assunto de críticas.

O comprometimento das despesas

Por conta da reforma, muitas despesas da Câmara foram comprometidas, dentre elas, a metade do décimo terceiro salário dos funcionários que, pela primeira vez, deixou de ser pago. Há muitos anos os servidores efetivos da Câmara vinham recebendo a primeira parcela entre os meses de Junho e Julho e a segunda metade no mês de dezembro, porém, o benefício não foi pago a nenhum servidor, até o presente momento.

Outra importante despesa que também deixou de ser paga foi o INSS referente aos meses de MARÇO e JUNHO deste ano. Mesmo o valor do imposto sendo recolhido do pagamento dos servidores e dos vereadores, a parcela não foi repassada ao INSS. Se o imposto foi recolhido, por que não foi repassado ao INSS dentro do mês?. Segundo o site do tribunal de contas, outras despesas foram empenhadas e não pagas.

Portanto, “nem tudo foram flores”






Fonte Tardelli PIres
Foto: Portal Catingueira




Leia mais

Vendedor de redes da Paraíba morre após colisão entre moto e Hilux no Piauí

Um vendedor de redes identificado como Francisco Raimundo, mais conhecido como ‘Mão Branca’, que segundo informações de populares, seria natural de Cajazeiras, mas reside há vários anos no estado do Piauí, morreu após ser atropelado por uma caminhonete Hilux, quando conduzia sua motocicleta na BR-343, próximo ao município de Água Branca (PI), na manhã deste sábado (18).

De acordo com informações de populares, que estiveram no local do ocorrido, a vítima estava na motocicleta em ‘zig zag’ pela pista devido à carga de redes que transportava, momento em que foi colhido pelo condutor da Hilux que não conseguiu desviar.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU foi acionado, mas ao chegar ao local os profissionais do constataram o óbito da vítima.

Militares do 18º BPM, que fica próximo ao local, foram acionados, bem como a Polícia Rodoviária Federal, que investigará as causas do acidente.

As informações que o homem seria natural de Cajazeiras foram repassadas por vendedores também da cidade de Cajazeiras que trabalham na região.








Fonte Ângelo Lima




Leia mais

sábado, 18 de agosto de 2018

Homem suspeito de estelionato é preso após atropelar três pessoas, na PB

Um homem de 28 anos foi preso suspeito de aplicar vários golpes em comerciantes, nesta sexta-feira (17), em Solânea, no Brejo da Paraíba. Enquanto fugia da polícia em um carro, ele atropelou três pessoas, entre elas uma idosa de 60 anos.

Segundo o delegado Pablo Everton, o homem se passava por empresário e tentou aplicar golpes em comerciantes e moradores da cidade. Ele é natural do Paraná, mas morava em João Pessoa. Ele é suspeito de cometer crimes em estados das regiões Sul e Sudeste do país.

Depois de causar o acidente, o suspeito tentou fugir a pé, mas foi impedido pela polícia. Ele deve reponder pelos crimes de estelionato, desobediência, resistência e tentativa de homicídio por causa dos atropelamentos.

Ainda de acordo com o delegado, a idosa foi levada para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Até às 19h50 desta sexta-feira nãAs outras duas vítimas foram atendidas no Regional de Solânea.












Fonte G1



Leia mais

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

O juiz auxiliar da propaganda eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, anulou a pesquisa realizada pelo Instituto Real Time Big Data, que avaliava a preferência do paraibano para o Governo do Estado. O magistrado considerou a pesquisa irregular, porque o estatístico responsável pela consulta não tem registro no Conselho Regional de Estatística da 5ª Região, responsável para a inscrição de profissionais de estatística no Estado da Paraíba.

A pesquisa foi questionada na justiça pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC). A legenda alegou que, além do estatístico responsável não ser habilitado para proceder com a consulta, havia irregularidade no sistema de verificação de controle dos números. Isso, segundo o representante, era suficiente para colocar em dúvida a verificação da amostragem.

Argumentou também o PTC, que na pesquisa inexistiam dados mínimos de confiabilidade no que se refere ao desconhecimento dos grupos sociais entrevistados.

Apontadas essas falhas, o juiz Oswaldo Trigueiro considerou a pesquisa nula após verificar que a falta de registro do responsável pela consulta era suficiente para considerar a amostragem irregular.

“Entende a Procuradoria Regional Eleitoral que tal irregularidade na hipótese em tela não denota a princípio intuito de fraudar o resultado da pesquisa eleitoral. De qualquer forma, como medida de cautela, faz-se mister mesmo não difundi-la, em respeito a letra nua e crua do dispositivo normativo, que no particular busca estabelecer regramento para facilitar o controle das consultas eleitorais, dificultando que pessoas mal intencionadas propaguem pesquisas fictícias, cujos resultados não correspondem à verdade”, argumentou em sua decisão.







Fonte: Portal Correio




Leia mais

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Juiz diz que quem compartilhar no WhatsApp fake news sobre candidatos será multado e preso

O juiz eleitoral da propaganda de mídia Sivanildo Torres falou sobre as regras para publicações e divulgações de candidatos no período eleitoral. A campanha de rua e de mídia começou nessa quinta-feira (16).

Em entrevista à TV Correio, o juiz disse que opiniões manifestadas em grupos de WhatsApp que já existiam antes do período eleitoral não constituem crime. Mas ele alertou que notícias falsas postadas em redes sociais sobre os candidatos podem gerar punições a quem posta e a quem compartilha.

A pessoa responsabilizada pode ser condenada de 1 a 2 anos de prisão e multa entre R$ 3 mil e R$ 15 mil.

Ainda segundo o magistrado, a Justiça Eleitoral na Paraíba está em contato com as redes sociais como Twitter e Facebook para ter acesso aos responsáveis por postagens proibidas na internet, a fim de encontra-los e puni-los.

Sobre a possibilidade de impulsionar publicações nas redes sociais, o juiz eleitoral Sivanildo Torres alertou que isso só pode ser feito pelas contas nas redes sociais dos próprios candidatos e não por cidadãos que desejam assim proceder.

O coordenador da propaganda de mídia disse também que, nos casos de condenação, a remoção de postagens deve ser feita dentro de um prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral. Caso isso seja descumprido, pode acarretar até em desativação da página em questão.

Ele lembrou que o número para o público denunciar crimes eleitorais é o 3512-1381.





Fonte Por Lucas Isídio



Leia mais

MPPB vai investigar suposto pagamento de 'dívidas pessoais' através de licitação feita por Dinaldinho

A Prefeitura de Patos vai ser investigada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por possíveis irregularidades na contratação de um preço superior ao mercado em um pregão presencial para aquisição de combustíveis para a municipalidade. E mais: a suposta existência de um conluio – tipo de combinação – para escolher empresas em que o atual prefeito Dinaldinho (PSDB) possuía dívidas.

A instauração do inquérito civil está publicada na edição da quinta-feira (17) do Diário Oficial do Ministério Público da Paraíba. A portaria está assinada pelo 4º Promotor de Justiça de Patos, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha.

A possível irregularidade está presente no Pregão Presencial de número 30/2018. A reunião para escolha de proposta foi realizada no dia 31 de julho, por volta das 12h, no Centro Administrativo Aderbal Martins.

O edital da licitação informa que a Prefeitura de Patos visava a contratação dos seguintes itens: 1.920 litros de etanol, 209.280 litros de diesel comum, 338.400 litros de diesel S10, e 268.560 litros de gasolina comum. Se praticado um preço de R$ 4,18, apenas com gasolina o montante giraria em torno de R$ 1,1 milhão.

Confira informação disponível no portal da transparência de Patos:


Tanto no site da transparência da Prefeitura, quanto no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), não constam o valor do contrato. Vale ressaltar que no sistema do Tribunal de Contas do Estado (TCE) os gastos estão atualizado somente até junho.





Fonte - Blog do Gordinho


Fonte



Leia mais

Polícia prende segundo suspeito da morte de sargento da PM, na PB

Um homem foi preso na manhã desta sexta-feira (17) suspeito da morte do sargento da Polícia Militar assassinado no dia 11 de junho deste ano na cidade de Queimadas, no Agreste da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, Alisson Lopes da Silva estava escondido em uma casa localizada na “Favela do Papelão”, zona periférica de Campina Grande.

Segundo a Polícia Civil, o homem é um dos suspeitos de terem participado da morte do sargento da PM Francisco de Assis Marinho, de 51 anos, morto a tiros no dia 12 de junho no bairro do Ligeiro, em Queimadas. A vítima voltava para casa depois de trabalhar a noite no Parque do Povo, durante o São João 2018 de Campina Grande.

O delegado Iasley Almeida, responsável pelo caso, disse que há ainda um terceiro suspeito envolvido na morte do sargento. Após investigações da Polícia Civil, o homem foi identificado como José dos Santos Aquino e continua foragido.

A Polícia Civil de Queimadas informou que qualquer informação sobre o paradeiro do terceiro suspeito do crime, pode ser repassada para a polícia através do 197.

Outro suspeito da morte do sargento foi preso no dia 21 de junho
De acordo com a Polícia Civil, Alisson Lopes é o segundo suspeito preso pela morte do sargento. O primeiro suspeito, Leandro Farias, foi detido pela polícia no dia 21 de junho. Além da morte de Francisco de Assis, ele é suspeito de outros três homicídios.

Preso suspeito de matar policial que tinha saído do plantão no Parque do Povo, na PB
Ainda segundo a polícia, o suspeito teria tomado conhecimento que estaria sendo investigado pela morte do sargento e teria ido até a delegacia para prestar esclarecimento em forma de defesa, mas quando chegou ao local, descobriu que já havia quatro mandados expedidos contra ele. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem é considerado um criminoso de alta periculosidade.

Relembre o caso
A morte do sargento da Polícia Militar, Francisco de Assis Marinho, ocorreu no dia 11 de junho. De acordo com a polícia, a vítima estava chegando em casa, na cidade de Queimadas, durante a madrugada, depois de ter trabalhado a noite inteira no policiamento do São João 2018 de Campina Grande, no Parque do Povo. O carro do policial foi levado e depois foi encontrado abandonado.

Segundo a PM, o sargento foi atingido por dois tiros, um no tórax e um na cabeça. Os policiais que chegaram ao local ainda socorreram a vítima para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 2h20. Francisco de Assis Marinho tinha 27 anos de serviço e era lotado no 2º Batalhão da Polícia Militar.






Fonte G1



Leia mais

Polícia Militar prende estelionatário procurado em dois estados e evita furto a estabelecimento comercial em Patos

A Polícia Militar frustrou um furto a um estabelecimento comercial e prendeu um estelionatário procurado em dois estados do país, na madrugada desta sexta-feira (17), na cidade de Patos.

O acusado, um homem de 30 anos de idade, foi preso nas proximidades de um galpão utilizado para guardar mercadoria e estava com alicate de pressão, chave de fenda e lanterna, materiais que seriam usados para a prática do crime.

A prisão foi realizada pelos policiais do 3º Batalhão, que durante ações preventivas receberam uma denúncia de um vigilante sobre dois homens em atitude suspeita que estavam nas proximidades do estabelecimento, no Centro de Patos. Durante a abordagem policial, apenas um homem foi localizado e contra ele foi constatado um mandado de prisão em aberto, expedido pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, pelo crime de estelionato.

O foragido foi localizado com ferramentas e com um carro, que seria utilizado para a fuga. O preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi constatado que havia um segundo mandado de prisão, também pelo crime de estelionato, expedido no estado de Rondônia. Ele está à disposição da Justiça.









Fonte - Polícia Militar da Paraíba



Leia mais

Acusado de matar taxista é condenado a 18 anos de prisão, em Patos

Foi condenado a 18 anos de prisão , pelo crime de homicídio qualificado, o réu Lázaro Pereira Oliveira, conhecido por “Chileno”, acusado de matar o taxista Tiago Torres de Freitas, de 21 anos.

O crime ocorreu em março de 2015 e a vítima estava em seu carro, quando foi surpreendido pelo agressor, que efetuou vários disparos.

A motivação do crime teria sido o fato de que a vítima estaria se relacionando cum uma ex-namorada do suspeito.

O julgamento foi presidido pela juíza Isabela Joseane Assunção Lopes de Sousa. O Ministério Público foi representado pelo promotor Pedro Henrique e quem fez a defesa do réu foram os advogados Hálem Roberto e Corsino Peixoto.

A sentença foi proferida depois 14 horas de julgamento e o réu foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado. O acusado foi encaminhado para o Presídio Romero Nóbrega, onde cumprirá a pena determinada.







Fonte Luanja Dantas/maispatos



Leia mais

Saem as primeiras nomeações do primeiro escalão do governo Bonifácio

As primeiras nomeações do governo Bonifácio Rocha (PPS) saíram no Diário Oficial do município desta quinta-feira (16). Rocha confirmou a permanência de alguns nome do grupo do prefeito afastado Dinaldo Filho (PSDB).

Manoel Noia que ocupava a Secretaria de Administração do município e saiu após a exoneração do chefe de Gabinete Múcio Sátyro Filho, preso preventivamente na Operação Cidade Luz. A nomeação de Noia para o Gabinete saiu no Diário Oficial da terça-feira, dia do afastamento de Dinaldo.

Outros nomes da administração Dinaldo vão permanecer e foram anunciados já nesta quinta-feira (16), como é o exemplo de Wendel Palmeira, que já foi coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), secretário adjunto de Saúde do Município de Patos, e atualmente é diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Wendel foi nomeado pelo prefeito interino Bonifácio Rocha (PPS) secretário da Saúde.

Na Educação, quem vai assumir é a professora Socorro Chaves. Já o secretário de Infraestrutura, Junior Brandão, recém-empossado no cargo, foi exonerado nesta quinta-feira.

No Desenvolvimento Econômico e Habitação, foi confirmado Lamark Leitão, que ora ocupava a mesma secretaria como adjunto de Jardelson Medeiros, outro afastado das atividades públicas pelo Tribunal de Justiça na Operação Cidade Luz.

Outro que ficará no governo remanescente da Gestão Dinaldo é o coordenador de Comunicação Misael Nóbrega. Ele já ocupou cargos na mesma área nas gestões Nabor, Francisca e Lenildo.

Augusto Camboim, foi exonerado do cargo de secretário adjunto Infraestrutura e agora será o titular da pasta na gestão do prefeito Bonifácio Rocha.

Isis Carla saiu da presidência da Fundap e será secretária executiva. Deleon que já era da Fundap será o presidente.

O médico Pedro Augusto Dias Timóteo será coordenador da UPA – Unidade de Pronto Atendimento Otávio Pires de Lacerda.








Fonte - Vicente Conserva – Portal 40 Graus




Leia mais

Catingueira é contemplada com um Laboratório Regional de Próteses Dentárias

Na busca constante por melhoria da Saúde dos catingueirenses, mais uma ação da Prefeitura Municipal de Catingueira, através da Secretaria Municipal de Saúde, resulta em ampliar a oferta as ações e serviços de saúde bucal.

Graças ao empenho do prefeito Odir Borges e da Secretaria de Saúde, o Ministério da Saúde credenciou o LRPD LABORATÓRIO REGIONAL DE PRÓTESES DENTÁRIAS através da Portaria GM n° 2.485 de 14 de agosto de 2018, publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira dia 17 de agosto de 2018.

Com a implantação do serviço, serão beneficiados até 50 (cinquenta) usuários por mês com uma ou mais Próteses Dentárias.

O Programa faz parte do “Brasil Sorridente” do Ministério da Saúde e visa expandir a Política Nacional de Saúde Bucal no Brasil.

Segundo a OMS cerca de 70 % das pessoas idosas necessitam ou irão necessitar de uma prótese dentária e cerca de 30% dos adultos.

Para o Secretário de Saúde Ruclenato Gomes o objetivo é proporcionar a quem mais precisa um atendimento de qualidade e resgatar a alto estima de muitos que sonham com uma Prótese Dentária, bem como prevenir problemas decorrentes da ausência da mesma.






Fonte Ascom



Leia mais

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Homem matou amigo a pauladas porque não quis pagar conta em bar, diz polícia

Um homem matou o amigo a pauladas em Campina Grande, na noite de quarta-feira (15), por não querer pagar uma conta em um bar, segundo a Polícia Civil. O principal suspeito do crime, Sílvio Gomes da Silva, de 33 anos, estava bebendo junto com a vítima pouco antes do assassinato e continua foragido, de acordo com o delegado de homicídios Francisco de Assis.

O caso aconteceu por volta das 20h na rua Santa Terezinha, no bairro São Januário. Segundo relato da família de Roneidila Freire à polícia, os dois eram amigos desde a infância.

Conforme a polícia, após a vítima exigir que o suspeito pagasse o que havia bebido, os dois começaram a discutir e Roneidila acabou dando um soco no rosto do homem.

De acordo com o delegado de homicídios Francisco Assis, após a discussão, o suspeito foi embora e se escondeu em um terreno próximo ao bar. Em seguida, a vítima foi surpreendida pelo homem quando passava pelo local e atacada a pauladas.

Roneidila não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Após o crime, o suspeito fugiu. O corpo da vítima foi encontrado com o rosto desfigurado.

Na manhã desta quinta-feira (16), o delegado informou que ainda na noite da terça a motocicleta do suspeito foi apreendida na casa dele, mas o homem continua foragido. A delegacia de homicídios de Polícia Civil investiga o caso.







Fonte G1



Leia mais

Após afastamento de Dinaldinho, MP pede cancelamento de contrato de Prefeitura de Patos com empresa

O Ministério Público da Paraíba expediu a Recomendação Ministerial 08/2018 para a anulação do Pregão Presencial nº 30-2018, realizado pela Prefeitura de Patos que resultou em um contrato anual com a empresa Mastergás, no valor de R$ 3.209.964,00. De acordo com o MPPB, o processo possui preço acima do mercado e evidências de direcionamento. A atuação da Promotoria do Patrimônio Público de Patos se baseia no processo investigatório criminal 10/2017, que deu origem à Operação Cidade Luz, deflagrada no último dia 2.

O 4º promotor de Justiça de Patos, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, argumentou que há evidências de que o resultado do processo licitatório era de conhecimento do gestor antes da apresentação das propostas e que o gestor recém-afastado da prefeitura possui dívidas com a empresa que ganhou a licitação.

Ainda de acordo com a Promotoria, a Mastergás apresentou proposta de preços de combustíveis acima do praticado no mercado (sobrepreço de até R$ 0,17, por litro), conforme levantamento de preços da ANP, e, pelo grande quantitativo de combustível a ser vendido, o preço poderia se aproximar ao preço mínimo de mercado (abaixo do mercado). Para o promotor, o preço do combustível não foi observado ou irregularmente analisado, o que motiva a anulação do procedimento licitatório.

A recomendação foi direcionada ao prefeito em exercício, Bonifácio Rocha de Medeiros Filhos, que foi orientado a instaurar um procedimento administrativo e promover a análise da viabilidade econômica do pregão presencial e do interesse público na manutenção de um contrato com uma empresa que é investigada pela lavagem de capitais, no período anterior e posterior à gestão do prefeito recém-afastado.

O promotor Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha recomendou ainda a obediência às normas relativas economicidade e transparência do Município, promovendo a anulação do procedimento licitatório ou justificando a sua manutenção. O Ministério Público também recomendou a notificação da Mastergás para que apresente defesa, no prazo de 48h, nos termos do art. 49, §3º da Lei nº 8.666/93, e que o prefeito em exercício comunique à Promotoria de Justiça as medidas tomadas, no prazo de 10 dias.

Na última terça-feira, a Justiça determinou o afastamento do prefeito eleito de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, e de outros dois servidores públicos, com base na denúncia oferecida pelo Ministério Público da Paraíba contra 13 investigados na ‘Operação Cidade Luz’. Os integrantes do grupo estão sendo processados por crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de capitais.







Fonte Da assessoria



Leia mais

Policial Militar acusado de matar esposa dentro de casa vai a júri popular, na PB

Um policial militar acusado de matar a esposa dentro de casa, na cidade de Itaporanga, no Sertão paraibano, vai a júri popular por homicídio triplamente qualificado, com as qualificadoras de feminicídio, motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. O crime aconteceu no dia 25 de janeiro. O policial Damião Soares Gomes matou Jaqueline Fabrícia de Araújo com um tiro e fugiu em seguida.

A denúncia narra que Jaqueline Fabrícia estava em sua casa, quando o acusado, que morava em outra residência, chegou armado e iniciou uma discussão com a vítima, por não aceitar o fim do relacionamento.

Nesse momento, a cunhada e a vizinha de Jaqueline ouviu quando ela criou: “me solta, não faz isso, não”. A testemunha ainda conseguiu entrar na residência e viu o momento em que o acusado efetuou um disparo de arma de fogo contra Jaqueline.

Depois de ser ferida, a vítima foi socorrida e levada para um hospital na cidade. Mas, por causa da gravidade do ferimento os médicos decidiram transferir para o Hospital Regional de Patos. Ela não resistiu e morreu no caminho.

Ao ser interrogado, o acusado alegou que o disparo foi acidental, e ocorreu quando tentava desarmar Jaqueline.

“O pronunciado deve ser levado ao Tribunal do Júri para que este manifeste seu veredicto a respeito do crime, com melhor análise das provas e dos fatos, oportunizando tanto à acusação, quanto à defesa, a demonstração e comprovação de suas teses, com todas as garantias legais”, finalizou o desembargador João Benedito na sessão desta quinta-feira (16).





Fonte G1 Paraiba



Leia mais

Bispo anuncia mudanças nas Paróquias das regiões de Cajazeiras, Sousa, Pombal e Vale do Piancó

O Bispo da Diocese de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, Dom Francisco de Sales Alencar Batista, anunciou nesta quarta-feira (15), doze nomeações e transferências de padres.

O anúncio foi feito durante a reunião com o Clero diocesano no Seminário Nossa Senhora da Assunção.

Houve mudanças em várias regiões, incluindo as de Sousa, Vale do Piancó e Pombal.

Confira as nomeações:

1. Pedra Branca – Padre José Cavalcante
2. Diamante e Curral Velho – Padre Eliseu
3. Conceição – Padre Franco ( vigário paroquial)
4. Vieropolis e Lastro – Padre Damião Pereira
5. Santa Cruz – Padre Bruno Dias
6. São Francisco – Padre Sydenando Alecrim
7. São João do Rio do Peixe – Padre Narciso (vigário paroquial)
8. Paulista – Padre Deusimar
9. Triunfo e Bernadino Batista- Padre Emanuel Anchieta
10. Poço Zé de Moura- Padre Casimiro
11. Mato Grosso ( área pastoral) – Padre Josenildo
12. Poço Dantas e Joca Claudino – Padre Gilsimar





Fonte diário do sertão



Leia mais

TCE responsabiliza prefeito que descumpriu decisão e manteve licitação irregular

O Tribunal de Contas do Estado julgou procedente, nesta quarta-feira (15), denúncia contra a Prefeitura de Curral Velho, por irregularidades em licitação (Pregão Presencial nº 007/2016), e decidiu responsabilizar o prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho, como ordenador de despesa, pelas irregularidades detectadas no processo que ensejou a contratação da empresa Abílio Ferreira Lima.

O TCE havia determinado a suspensão do certame por meio de medida cautelar, no entanto, o gestor realizou pagamentos à contratada no montante de R$ 72 mil, relativos a atividades diversas. A Corte determinou a abertura de um processo específico para apurar a relação da empresa com o município. Consta nos autos que a empresa limitada recebeu em torno de R$ 595 mil em 2016.

O TCE, por outro lado, aprovou as contas anuais dos municípios de Cachoeira dos Índios, Olivedos, Caiçara, Mato Grosso e Ouro Velho, relativas a 2017. Também as de Gurjão (2016), São José dos Cordeiros e São José dos Ramos (2015), e Monteiro (2014). Das câmaras municipais foram julgados regulares os processos de Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Caturité, Pilar, Monte Horebe e Cajazeiras de 2017. Dona Inês, Marcação, Itapororoca, Juripiranga e Pedras de Fogo de 2016, assim como o de Itabaiana (2015).

O Pleno ainda apreciou e julgou regulares as contas da Secretaria de Estado da Cultura (2016), e da Assembléia Legislativa nos exercícios de 2015 e 2016. Os membros da Corte decidiram pela ilegalidade de uma Dispensa de Licitação (176/11), realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, no tocante a seleção de organização social para fins de gerenciamento e execução de Unidade de Saúde no município de Guarabira. Após julgado, o processo foi arquivado e cópia da decisão anexada às contas anuais da Secretaria, com indicação de multa ao ex-gestor Waldson Dias de Souza.

Foram 11 contas municipais, já do exercício de 2017, julgadas pelo TCE, que aos poucos vai aprimorando o processo de acompanhamento da gestão em tempo real e atualizando as análises das contas anuais, conforme tem apregoado o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes. Na defesa em relação ao município de Ouro Velho, o advogado Jonhson Abrantes enfatizou a importância do acompanhamento da gestão. Ele destacou os “Alertas” que são direcionados aos gestores, para que falhas ou inconformidades sejam sanadas ao longo do exercício. Mesma observação fez o patrono da prefeitura de Monteiro, Marcos Aurélio Villar, ao enfatizar a melhoria na apresentação de defesas.







Fonte clickpb



Leia mais

Jovem alvejado a tiros no Vale do Piancó não resiste e morre no Hospital de Patos

O Jovem Matheus Luís Madalena, de 21 anos, que foi vítima de 4 disparos de arma de fogo da última segunda-feira (13), no bairro Alto das Neves, não resistiu e veio a óbito por volta das 9hs da manhã desta quarta-feira (15).

A confirmação da morte foi feita por familiares do jovem, que estava internado no Hospital Regional de Patos. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na unidade hospitalar.

O velório da vítima ocorrerá na residência de familiares na cidade de Itaporanga. O sepultamento será realizado no cemitério local.

O crime

De acordo com informações, colhidas pelo portal vale do Piancó Notícias, o jovem Mateus Madalena, de aproximadamente 21 anos de idade, foi surpreendido por dois homens não identificados em uma motocicleta. Quando o condutor da moto fez a aproximação do jovem, o garupa efetuou vários disparos contra ele. Em seguida a dupla fugiu do local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionado e prestou os primeiros socorros à vítima no local. Em seguida, ela foi levada em estado grave para o hospital Distrital de Itaporanga.

A Polícia Militar foi acionada, fez diligências, mas ninguém foi preso.









Fonte: Vale do Piancó Notícias



Leia mais

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Polícia prende homem acusado de estuprar a própria filha em Condado

Na tarde desta quarta-feira (15/08), Agentes da Polícia Civil de Malta cumpriram Mandado de Prisão preventiva em desfavor de um homem de 41 anos.

Ele é acusado de estuprar de sua filha M.S.C de 14 anos, fato incidente desde os 11 anos de idade.

A prisão se deu no Bairro Novo, em Condado, e o acusado foi encaminhado à cadeia pública da cidade de Malta, onde ficará à disposição da Justiça.

Trabalho foi coordenado pelo Delegado Edson Pedrosa.











Fonte - Polícia Civil



Leia mais

TCE acata denúncia contra prefeito e julga regulares as contas de 11 prefeituras e 10 câmaras municipais

O Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária, na manhã desta quarta-feira (15), aprovou as contas anuais dos municípios de Cachoeira dos Índios, Olivedos, Caiçara, Mato Grosso e Ouro Velho, relativas a 2017. Também as de Gurjão (2016), São José dos Cordeiros e São José dos Ramos (2015), e Monteiro (2014). Das câmaras municipais foram julgados regulares os processos de Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Caturité, Pilar, Monte Horebe e Cajazeiras de 2017. Dona Inês, Marcação, Itapororoca, Juripiranga e Pedras de Fogo de 2016, assim como o de Itabaiana (2015).

Foram onze contas municipais, já do exercício de 2017, julgadas pelo TCE, que aos poucos vai aprimorando o processo de acompanhamento da gestão em tempo real e atualizando as análises das contas anuais, conforme tem apregoado o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes. Na defesa em relação ao município de Ouro Velho, o advogado Jonhson Abrantes enfatizou a importância do acompanhamento da gestão. Ele destacou os “Alertas” que são direcionados aos gestores, para que falhas ou inconformidades sejam sanadas ao longo do exercício. Mesma observação fez o patrono da prefeitura de Monteiro, Marcos Aurélio Villar, ao enfatizar a melhoria na apresentação de defesas.

O Pleno ainda apreciou e julgou regulares as contas da Secretaria de Estado da Cultura (2016), e da Assembléia Legislativa nos exercícios de 2015 e 2016. Os membros da Corte decidiram pela ilegalidade de uma Dispensa de Licitação (176/11), realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, no tocante a seleção de organização social para fins de gerenciamento e execução de Unidade de Saúde no município de Guarabira. Após julgado, o processo foi arquivado e cópia da decisão anexada às contas anuais da Secretaria, com indicação de multa ao ex-gestor Waldson Dias de Souza.

O Tribunal julgou procedente Denúncia formulada contra a Prefeitura de Curral Velho, acerca de irregularidades no Pregão Presencial nº 007/2016 e decidiu responsabilizar o prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho, como ordenador de despesa, pelas irregularidades detectadas no processo que ensejou a contratação da empresa Abílio Ferreira Lima. O TCE havia determinado a suspensão do certame por meio de medida cautelar, no entanto, o gestor realizou pagamentos à contratada no montante de R$ 72 mil, relativos a atividades diversas. A Corte determinou a abertura de um processo específico para apurar a relação da empresa com o município. Consta nos autos que a empresa limitada recebeu em torno de 595 mil em 2016.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, o Tribunal de Contas do Estado realizou a sessão plenária de nº 2184, que contou com as presenças dos conselheiros Arnóbio Alves Viana (Vice-Presidente), Fernando Rodrigues Catão e Antônio Nominando Diniz. Também dos conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antonio Gomes Vieira Filho, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo subprocurador Manoel Antônio dos Santos.






Fonte
Assessoria




Leia mais

Desembargador que determinou afastamento do prefeito de Patos dá mais detalhes

O juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa, convocado para substituir o desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, deferiu o pedido feito pelo Ministério Público estadual de suspensão das funções públicas do prefeito do Município de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho (Dinaldinho); do secretário Jardelson Pereira Medeiros e de Alysson dos Santos Gomes, devendo os mesmos deixar os cargos que ocupam e o prédio da Prefeitura, imediatamente após as notificações e pelo prazo da instrução processual. Conforme a denúncia, eles são acusados de compor uma organização criminosa especializada na fraude de licitações e desvio de dinheiro público. A decisão ocorreu na tarde desta terça-feira (14).

O pedido foi feito por meio da Procuradoria-Geral de Justiça, representada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), com base no Procedimento Investigatório nº 010/2017, que originou a Notícia Crime nº 0001059-05.2018.815.0000.

Tendo em vista a natureza dos delitos supostamente praticados pelos denunciados afastados dos cargos, o juiz determinou, também, as seguintes medidas cautelares: comparecimento a todos os atos processuais para os quais forem convocados; proibição de acesso ou frequência à sede da Prefeitura de Patos, secretarias e à Comissão Permanente de Licitação; e proibição de se ausentarem do Estado sem autorização do juiz-relator. O descumprimento das medidas impostas podem ensejar a decretação da prisão preventiva.

Quanto aos denunciados Jardelson Medeiros e Alysson Gomes, foi determinado que o afastamento deve ser de toda e qualquer função pública relacionada ao manuseio de licitações e fiscalização de obras e serviços.

Conforme a investigação do MP, o encarte processual traz uma série de pagamentos feitos aos denunciados (13, no total) e menciona participação ativa no falseamento de licitações, já planejada no período eleitoral. Também aponta utilização do dinheiro público para a promoção da defesa do grupo familiar de Dinaldo quanto a atos ilícitos praticados por sua família em outra geração.

Segundo a cota ministerial e os documentos apreendidos na Medida Cautelar nº 0000983-78.2018.815.0000, entre os 17 postos existentes em Patos, o Posto Mastergás teria sido a única litigante no Pregão Presencial nº 30/2018 para fornecimento de combustível ao Município. O Edital foi lançado em 18 de julho de 2018 e, embora o julgamento do edital só tenha ocorrido em 31/07, no dia 23/07, o prefeito teria sido informado pelo secretário de Administração que o abastecimento dos veículos já estava resolvido, devendo todos irem ao Posto Mastergás.

Ainda conforme o relator, Mandados de Busca e Apreensão e o de Prisão, extraídos da Medida Cautelar, foram cumpridos no dia 2 de agosto, ou seja, 10 dias antes, os envolvidos ainda estariam agindo em continuidade delitiva. Por este motivo, foi determinado o afastamento dos cargos.

“A adequação, por sua vez, encontra-se evidenciada no bem da coletividade, que precisa ver estancadas as práticas reiteradas delituosas. Ademais, soma-se à hipótese o fundado receio de que, mantendo-se no exercício de suas funções, os requeridos em questão possam destruir provas às quais tenham acesso em razão do exercício da função”, argumentou.

Outros noticiados – Foram noticiados, ainda, Múcio Sátiro Filho, Gustavo Guedes Wanderley, Felipe Moreira Cartaxo de Sá, Maurício Ricardo de Moraes Guerra, Alberto Cardoso Correia Rego Filho, Júlio César Simões Martins, Anna Karla Maia Gondim, Ladjane de Vasconcelos Gonçalves Santos, Jorge Cavalcanti de Mendonça e Silva, e Fábio Henrique Silveira Nogueira.









Fonte Por Gabriela Parente – tjpb.jus.br



Leia mais

Tribunal de Contas aprecia nesta quarta-feira contas de 25 prefeituras

As contas anuais de mais 25 prefeituras e câmaras municipais estão relacionadas na pauta de julgamento do Tribunal de Contas do Estado, para a sessão ordinária desta quarta-feira (15), no plenário Ministro João Agripino.

Sob a presidência do conselheiro André Carlo Torres Pontes, o Pleno apreciará os processos dos municípios de Mato Grosso, Cuité de Mamanguape, Ouro Velho, Olivedo, Cachoeira dos Índios e Caiçara, já do exercício de 2017. Gurjão e São José dos Cordeiros de 2016, São José dos Ramos, Cuité e Mulungu (2015), e Monteiro (2014).

Constam também as prestações de contas das Câmaras de Vereadores de Itapororoca, São Bento, Caturité, Pilar, Monte Horebe, Marcação e Cajazeiras, já referentes a 2017, resultado do sistema de acompanhamento da gestão, que trouxe mais celeridade na apreciação e julgamento das contas no TCE-PB. Ainda as de Dona Inês, Itapororoca, Pedras de Fogo e Juripiranga de 2016, e Itabaiana de 2015, como também os processos de contas da Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (2017), Secretaria de Estado da Cultura (2016), e Assembleia Legislativa (2015 e 2016).

Proveniente da Prefeitura de Curral de Cima, o Pleno apreciará Denúncia acerca de irregularidades no Pregão Presencial nº 007/2016. Relativa à câmara de vereadores do mesmo município, uma Verificação de Cumprimento de Decisão, consubstanciada no Acórdão APL-TC-00019/18, assim como Recurso de Revisão interposto pela parte inventariante do ex-prefeito municipal de Cruz do Espírito Santo, Rafael Fernandes de Carvalho Junior, contra decisão da Corte prolatada no Acórdão AC1 TC nº 1723/10.

Um recurso de reconsideração interposto pelo reitor da Universidade Estadual da Paraíba, face decisão proferida pela Corte de Contas no Acórdão APL – TC – nº 420/2017, e as contas da Câmara Municipal do Conde, relativas a 2017 – processos com pedidos de vista, retornam a julgamento nesta quarta-feira. Será apreciado também um Recurso de Reconsideração da Prefeitura de São José dos Ramos, referente às contas do município do exercício de 2016, e Embargos de Declaração relativos ao Acórdão APL-TC-TC 00634/17, interpostos pelo ex-prefeito de São José do Rio do Peixe, José Lavoisier Gomes Dantas.






Fonte MaisPB




Leia mais

Acidente envolvendo ex-prefeito mata duas mulheres no sertão da PB

Na noite desta terça-feira (14), um grave acidente envolvendo dois carros, entre eles um conduzia o ex-prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto e seu irmão, deixou duas mulheres mortas e três pessoas feridas em Sousa.

De acordo com informações o veículo que estava as mulheres tentou fazer uma manobra batendo no veículo de Domingos. Com a força da colisão, o veículo menor foi arrastado por vários metros chegando a ficar embaixo da caminhonete.

Equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros foram acionados. Os Bombeiros tiveram que realizar a serragem do veículo menos para retirar os feridos.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Sousa.

Uma passageira identificada como Ana Maria Estrela, morreu a caminho do Hospital. Horas depois a aposentada Geralda Maniçoba, 70 anos também faleceu. Os outros três ocupantes estão internados no hospital em observação.

Os cinco ocupantes do Fiat iriam assistir a posse do Padre César Pamplona na cidade de Aparecida, para onde ele foi transferido após ser pároco de Poço de José de Moura.





Fonte clickpb com Radar sertanejo



Leia mais

Bonifácio Rocha assume e prevê mudanças na Prefeitura de Patos

O vice-prefeito de Patos, Bonifácio Rocha (PPS) assumiu, nesta quarta-feira (15), o comando da prefeitura após o titular do cargo, Dinaldinho Wanderley (PSDB), ser afastado por decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). O tucano é alvo de uma investigação da Operação Cidade Luz, que apura a suposta existência de um esquema de pagamento de propina e fraudes na administração pública do município sertanejo.


A posse aconteceu por volta das 8h durante sessão extraordinária no plenário Edvaldo Motta, da Câmara Municipal de Patos.

Em contato com o Portal Correio, o prefeito Bonifácio disse ter recebido a notícia do afastamento de Dinaldinho com surpresa, mas que se sente preparado para a missão.

Questionado se pretende fazer alguma mudança na gestão, Bonifácio revelou que vai se reunir com os auxiliares, mas que isso é praticamente inevitável. A perspectiva é que ele anuncie as primeiras medidas administrativas a partir da próxima semana. “Vamos nos reunir e fazer um balanço da gestão para tomarmos algumas medidas na próxima semana”, revelou.





Fonte Por Alexandre Freire



Leia mais

Corpo de vaqueiro é encontrado em avançado estado de decomposição, em Patos

Um vaqueiro de nome Sebastião Tavares de Lima, conhecido como “Tião”, que morava sozinho nas proximidades do Serrote Espinho Branco, em Patos, foi encontrado morto dentro de sua residência na tarde desta terça, 14/08.

Ela era solteiro, não tinha filhos, e ninguém sabe o que pode ter provocado a sua morte.

O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição e levado para autopsia em Campina Grande.





Fonte Folha Patoense



Leia mais

Jovens são presos suspeitos de tentativa de homicídio no Monte Castelo em Patos

Dois jovens foram presos na manhã desta segunda-feira (13), suspeitos de participação em uma tentativa de homicídio, em Patos.

A prisão foi feita por policiais da Delegacia de Homicídios e o Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Patos e a dupla foi presa por força de mandado judicial.

O crime ocorreu no bairro Monte Castelo, no dia 09 de agosto e na ocasião, os suspeitos tentaram matar o jovem Lindemberg de Morais Batista.

Os acusados passaram pelo IML de Patos para realizarem exame de ofensa física e em seguida foram encaminhados para o presídio Romero Nóbrega onde ficarão à disposição da justiça.









Fonte Luanja Dantas/ maispatos



Leia mais

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Pesquisa Consult aponta Maranhão com 22,50%; João, 21,35%; Lucélio, 16,20%; Tárcio, 1,75%; Rama, 0,10%

Se as eleições fossem hoje, o candidato ao Governo do Estado José Maranhão (MDB) teria 22,50% das intenções de voto; João Azevêdo (PSB) teria 21,35%; Lucélio Cartaxo (PV), 16,20%; Tárcio Teixeira (PSOL), 1,75%; e Rama Dantas (PSTU), 0,10%. Os dados foram divulgados pelo instituto Consult Pesquisa, no final da tarde desta terça-feira (14).

O instituto questionou, na pergunta estimulada, "Se os futuros candidatos a Governador da Paraíba, forem esses citados, e que estão nesse cartão, em qual deles o(a) sr.(a) (você) votaria?"

A pesquisa foi registrada sob os números PB-03853/2018 e BR-02689/2018.

De acordo com os dados da pesquisa, foi utilizada uma amostra probabilística casual simples de 2000 entrevistas, distribuída nas 07 regiões do estado.

Os resultados da pesquisa estão sujeitos a um erro máximo permissível de 2.0%, com confiabilidade de 95%.





Fonte clickpb



Leia mais

Câmara de Patos foi notificada e dará posse a Bonifácio Rocha na manhã desta quarta (15)

A Câmara Municipal de Patos deve dá a posse ao vice-prefeito de Patos Bonifácio Rocha, na vaga de Prefeito da cidade. A solenidade está sendo preparada para acontecer às 09h00m (nove da manhã), na Sede do Poder Legislativo.

O evento deve ser comandado pelo Presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Sales Júnior (PRB).

Tanto o presidente Sales Júnior, como o vice-prefeito Bonifácio Rocha, já foram notificados pelo Justiça para dá prosseguimento ao rito.

Bonifácio Rocha (PPS), deve assumir o cargo de prefeito de Patos, após a decretação do afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB), fato confirmado na tarde desta terça-feira, 14 de agosto.

ATUALIZADO

O juiz convocado do Tribunal de Justiça da Paraíba, Carlos Eduardo Leite Lisboa, encaminhou ofício no final da tarde desta terça-feira (14) ao presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Sales Júnior, comunicando a decisão da Justiça Estadual pelo afastamento de Dinaldinho do cargo de prefeito constitucional de Patos, em função do procedimento investigatório Criminal patrocinado pelo Ministério Público Estadual em desfavor do prefeito Patoense, no sentido de suspendê-lo da função pública.

No mesmo comunicado, o juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa determina à presidência da Câmara Municipal de Patos que promova a posse do vice-prefeito, Bonifácio Rocha (PPS), enquanto perdurarem os efeitos da medida cautelar (Dois últimos parágrafos de Edmilson Pereira - Paraíbanoticias).








Fonte Patosonline



Leia mais

"Operação Cidade Luz": MPPB denuncia 13 investigados e Justiça afasta prefeito de Patos

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) denunciou 13 investigados na 'Operação Cidade Luz', deflagrada no último dia 2, entre eles o prefeito do Município de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho. Os integrantes do grupo estão sendo processados por crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de capitais. Um dos pedidos do MPPB foi o afastamento do prefeito, que foi determinado, nesta terça-feira (14), pelo juiz convocado Carlos Eduardo Leite Lisboa que está substituindo o desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Carlos Martins Beltrão Filho.

A denúncia protocolada no Tribunal de Justiça da Paraíba tem mais de 200 páginas e detalha a atuação do esquema criminoso, que se dividia em quatro núcleos: político, econômico, setor de licitações e lavagem de capitais. Assinam o documento o procurador-geral de Justiça em substituição, Alcides Orlando de Moura Jansen; e os promotores de Justiça, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, da Promotoria do Patrimônio Público de Patos, e Romualdo Tadeu de Araújo Dias e Rafael Lima Linhares, do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado.


Enriquecimento da organização criminosa

A investigação mostrou que, em 10 meses, a organização criminosa obteve um enriquecimento ilícito de mais de R$ 739 mil, desviados de contratos firmados com a Prefeitura de Patos, no montante de R$ 1,3 milhão. O Ministério Público apurou que, no período anterior às eleições de 2016, o então candidato 'Dinaldinho' organizou um esquema criminoso para o recebimento de vantagens ilícitas pagas pelas empresas Enertec e Real Energy, com as quais a Prefeitura de Patos manteve contrato de iluminação pública, a partir do ano seguinte.

De acordo com a denúncia formalizada, o 'núcleo político' era formado pelo prefeito Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, Múcio Sátyro Filho, Gustavo Guedes Wanderley, Felipe Moreira Cartaxo de Sá e Jardelson Pereira Medeiros.

O 'núcleo econômico' era integrado por Maurício Ricardo de Moraes, responsável pela Enertec; Alberto Cardoso Correia Rêgo Filho, responsável Pela Real Energy; Júlio César Simões Martins, da Scave Serviços de Engenharia e Locação; Anna Karla Maia Gondim, da Viaencosta Engenharia Ambiental; Ladjane de Vasconcelos Gonçalves Santos, da empresa Vasconcelos e Santos; Jorge Cavalcanti de Mendonça e Silva, da Servlight Gestão e Instalações Elétricas.

Alysson dos Santos Gomes atuava no terceiro núcleo: setor de licitações da Prefeitura de Patos. Já Fabio Henrique Silveira Nogueira, administrador da Motogas Indústria de Compressão e Comércio de Gás Natural – Mastergás era responsável pelo quarto núcleo: 'de lavagem de capitais'.

Pedidos do MPPB

Na denúncia, o Ministério Público da Paraíba requer a condenação de cada um dos denunciados, especificando os crimes individuais cometidos por eles. Além disso, o MPPB requereu a suspensão da função pública do prefeito Dinaldo Wanderley e dos servidores públicos municipais, Felipe Moreira Cartaxo de Sá e Alysson dos Santos Gomes. Ainda foi reiterado o pedido de prisão preventiva de Múcio Satyro Filho.







Fonte MPPB



Leia mais