quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Homem matou amigo a pauladas porque não quis pagar conta em bar, diz polícia

Um homem matou o amigo a pauladas em Campina Grande, na noite de quarta-feira (15), por não querer pagar uma conta em um bar, segundo a Polícia Civil. O principal suspeito do crime, Sílvio Gomes da Silva, de 33 anos, estava bebendo junto com a vítima pouco antes do assassinato e continua foragido, de acordo com o delegado de homicídios Francisco de Assis.

O caso aconteceu por volta das 20h na rua Santa Terezinha, no bairro São Januário. Segundo relato da família de Roneidila Freire à polícia, os dois eram amigos desde a infância.

Conforme a polícia, após a vítima exigir que o suspeito pagasse o que havia bebido, os dois começaram a discutir e Roneidila acabou dando um soco no rosto do homem.

De acordo com o delegado de homicídios Francisco Assis, após a discussão, o suspeito foi embora e se escondeu em um terreno próximo ao bar. Em seguida, a vítima foi surpreendida pelo homem quando passava pelo local e atacada a pauladas.

Roneidila não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Após o crime, o suspeito fugiu. O corpo da vítima foi encontrado com o rosto desfigurado.

Na manhã desta quinta-feira (16), o delegado informou que ainda na noite da terça a motocicleta do suspeito foi apreendida na casa dele, mas o homem continua foragido. A delegacia de homicídios de Polícia Civil investiga o caso.







Fonte G1



Leia mais

Após afastamento de Dinaldinho, MP pede cancelamento de contrato de Prefeitura de Patos com empresa

O Ministério Público da Paraíba expediu a Recomendação Ministerial 08/2018 para a anulação do Pregão Presencial nº 30-2018, realizado pela Prefeitura de Patos que resultou em um contrato anual com a empresa Mastergás, no valor de R$ 3.209.964,00. De acordo com o MPPB, o processo possui preço acima do mercado e evidências de direcionamento. A atuação da Promotoria do Patrimônio Público de Patos se baseia no processo investigatório criminal 10/2017, que deu origem à Operação Cidade Luz, deflagrada no último dia 2.

O 4º promotor de Justiça de Patos, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, argumentou que há evidências de que o resultado do processo licitatório era de conhecimento do gestor antes da apresentação das propostas e que o gestor recém-afastado da prefeitura possui dívidas com a empresa que ganhou a licitação.

Ainda de acordo com a Promotoria, a Mastergás apresentou proposta de preços de combustíveis acima do praticado no mercado (sobrepreço de até R$ 0,17, por litro), conforme levantamento de preços da ANP, e, pelo grande quantitativo de combustível a ser vendido, o preço poderia se aproximar ao preço mínimo de mercado (abaixo do mercado). Para o promotor, o preço do combustível não foi observado ou irregularmente analisado, o que motiva a anulação do procedimento licitatório.

A recomendação foi direcionada ao prefeito em exercício, Bonifácio Rocha de Medeiros Filhos, que foi orientado a instaurar um procedimento administrativo e promover a análise da viabilidade econômica do pregão presencial e do interesse público na manutenção de um contrato com uma empresa que é investigada pela lavagem de capitais, no período anterior e posterior à gestão do prefeito recém-afastado.

O promotor Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha recomendou ainda a obediência às normas relativas economicidade e transparência do Município, promovendo a anulação do procedimento licitatório ou justificando a sua manutenção. O Ministério Público também recomendou a notificação da Mastergás para que apresente defesa, no prazo de 48h, nos termos do art. 49, §3º da Lei nº 8.666/93, e que o prefeito em exercício comunique à Promotoria de Justiça as medidas tomadas, no prazo de 10 dias.

Na última terça-feira, a Justiça determinou o afastamento do prefeito eleito de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, e de outros dois servidores públicos, com base na denúncia oferecida pelo Ministério Público da Paraíba contra 13 investigados na ‘Operação Cidade Luz’. Os integrantes do grupo estão sendo processados por crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de capitais.







Fonte Da assessoria



Leia mais

Policial Militar acusado de matar esposa dentro de casa vai a júri popular, na PB

Um policial militar acusado de matar a esposa dentro de casa, na cidade de Itaporanga, no Sertão paraibano, vai a júri popular por homicídio triplamente qualificado, com as qualificadoras de feminicídio, motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. O crime aconteceu no dia 25 de janeiro. O policial Damião Soares Gomes matou Jaqueline Fabrícia de Araújo com um tiro e fugiu em seguida.

A denúncia narra que Jaqueline Fabrícia estava em sua casa, quando o acusado, que morava em outra residência, chegou armado e iniciou uma discussão com a vítima, por não aceitar o fim do relacionamento.

Nesse momento, a cunhada e a vizinha de Jaqueline ouviu quando ela criou: “me solta, não faz isso, não”. A testemunha ainda conseguiu entrar na residência e viu o momento em que o acusado efetuou um disparo de arma de fogo contra Jaqueline.

Depois de ser ferida, a vítima foi socorrida e levada para um hospital na cidade. Mas, por causa da gravidade do ferimento os médicos decidiram transferir para o Hospital Regional de Patos. Ela não resistiu e morreu no caminho.

Ao ser interrogado, o acusado alegou que o disparo foi acidental, e ocorreu quando tentava desarmar Jaqueline.

“O pronunciado deve ser levado ao Tribunal do Júri para que este manifeste seu veredicto a respeito do crime, com melhor análise das provas e dos fatos, oportunizando tanto à acusação, quanto à defesa, a demonstração e comprovação de suas teses, com todas as garantias legais”, finalizou o desembargador João Benedito na sessão desta quinta-feira (16).





Fonte G1 Paraiba



Leia mais

Bispo anuncia mudanças nas Paróquias das regiões de Cajazeiras, Sousa, Pombal e Vale do Piancó

O Bispo da Diocese de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, Dom Francisco de Sales Alencar Batista, anunciou nesta quarta-feira (15), doze nomeações e transferências de padres.

O anúncio foi feito durante a reunião com o Clero diocesano no Seminário Nossa Senhora da Assunção.

Houve mudanças em várias regiões, incluindo as de Sousa, Vale do Piancó e Pombal.

Confira as nomeações:

1. Pedra Branca – Padre José Cavalcante
2. Diamante e Curral Velho – Padre Eliseu
3. Conceição – Padre Franco ( vigário paroquial)
4. Vieropolis e Lastro – Padre Damião Pereira
5. Santa Cruz – Padre Bruno Dias
6. São Francisco – Padre Sydenando Alecrim
7. São João do Rio do Peixe – Padre Narciso (vigário paroquial)
8. Paulista – Padre Deusimar
9. Triunfo e Bernadino Batista- Padre Emanuel Anchieta
10. Poço Zé de Moura- Padre Casimiro
11. Mato Grosso ( área pastoral) – Padre Josenildo
12. Poço Dantas e Joca Claudino – Padre Gilsimar





Fonte diário do sertão



Leia mais

TCE responsabiliza prefeito que descumpriu decisão e manteve licitação irregular

O Tribunal de Contas do Estado julgou procedente, nesta quarta-feira (15), denúncia contra a Prefeitura de Curral Velho, por irregularidades em licitação (Pregão Presencial nº 007/2016), e decidiu responsabilizar o prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho, como ordenador de despesa, pelas irregularidades detectadas no processo que ensejou a contratação da empresa Abílio Ferreira Lima.

O TCE havia determinado a suspensão do certame por meio de medida cautelar, no entanto, o gestor realizou pagamentos à contratada no montante de R$ 72 mil, relativos a atividades diversas. A Corte determinou a abertura de um processo específico para apurar a relação da empresa com o município. Consta nos autos que a empresa limitada recebeu em torno de R$ 595 mil em 2016.

O TCE, por outro lado, aprovou as contas anuais dos municípios de Cachoeira dos Índios, Olivedos, Caiçara, Mato Grosso e Ouro Velho, relativas a 2017. Também as de Gurjão (2016), São José dos Cordeiros e São José dos Ramos (2015), e Monteiro (2014). Das câmaras municipais foram julgados regulares os processos de Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Caturité, Pilar, Monte Horebe e Cajazeiras de 2017. Dona Inês, Marcação, Itapororoca, Juripiranga e Pedras de Fogo de 2016, assim como o de Itabaiana (2015).

O Pleno ainda apreciou e julgou regulares as contas da Secretaria de Estado da Cultura (2016), e da Assembléia Legislativa nos exercícios de 2015 e 2016. Os membros da Corte decidiram pela ilegalidade de uma Dispensa de Licitação (176/11), realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, no tocante a seleção de organização social para fins de gerenciamento e execução de Unidade de Saúde no município de Guarabira. Após julgado, o processo foi arquivado e cópia da decisão anexada às contas anuais da Secretaria, com indicação de multa ao ex-gestor Waldson Dias de Souza.

Foram 11 contas municipais, já do exercício de 2017, julgadas pelo TCE, que aos poucos vai aprimorando o processo de acompanhamento da gestão em tempo real e atualizando as análises das contas anuais, conforme tem apregoado o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes. Na defesa em relação ao município de Ouro Velho, o advogado Jonhson Abrantes enfatizou a importância do acompanhamento da gestão. Ele destacou os “Alertas” que são direcionados aos gestores, para que falhas ou inconformidades sejam sanadas ao longo do exercício. Mesma observação fez o patrono da prefeitura de Monteiro, Marcos Aurélio Villar, ao enfatizar a melhoria na apresentação de defesas.







Fonte clickpb



Leia mais

Jovem alvejado a tiros no Vale do Piancó não resiste e morre no Hospital de Patos

O Jovem Matheus Luís Madalena, de 21 anos, que foi vítima de 4 disparos de arma de fogo da última segunda-feira (13), no bairro Alto das Neves, não resistiu e veio a óbito por volta das 9hs da manhã desta quarta-feira (15).

A confirmação da morte foi feita por familiares do jovem, que estava internado no Hospital Regional de Patos. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na unidade hospitalar.

O velório da vítima ocorrerá na residência de familiares na cidade de Itaporanga. O sepultamento será realizado no cemitério local.

O crime

De acordo com informações, colhidas pelo portal vale do Piancó Notícias, o jovem Mateus Madalena, de aproximadamente 21 anos de idade, foi surpreendido por dois homens não identificados em uma motocicleta. Quando o condutor da moto fez a aproximação do jovem, o garupa efetuou vários disparos contra ele. Em seguida a dupla fugiu do local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionado e prestou os primeiros socorros à vítima no local. Em seguida, ela foi levada em estado grave para o hospital Distrital de Itaporanga.

A Polícia Militar foi acionada, fez diligências, mas ninguém foi preso.









Fonte: Vale do Piancó Notícias



Leia mais

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Polícia prende homem acusado de estuprar a própria filha em Condado

Na tarde desta quarta-feira (15/08), Agentes da Polícia Civil de Malta cumpriram Mandado de Prisão preventiva em desfavor de um homem de 41 anos.

Ele é acusado de estuprar de sua filha M.S.C de 14 anos, fato incidente desde os 11 anos de idade.

A prisão se deu no Bairro Novo, em Condado, e o acusado foi encaminhado à cadeia pública da cidade de Malta, onde ficará à disposição da Justiça.

Trabalho foi coordenado pelo Delegado Edson Pedrosa.











Fonte - Polícia Civil



Leia mais

TCE acata denúncia contra prefeito e julga regulares as contas de 11 prefeituras e 10 câmaras municipais

O Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária, na manhã desta quarta-feira (15), aprovou as contas anuais dos municípios de Cachoeira dos Índios, Olivedos, Caiçara, Mato Grosso e Ouro Velho, relativas a 2017. Também as de Gurjão (2016), São José dos Cordeiros e São José dos Ramos (2015), e Monteiro (2014). Das câmaras municipais foram julgados regulares os processos de Cuité de Mamanguape, Itapororoca, Caturité, Pilar, Monte Horebe e Cajazeiras de 2017. Dona Inês, Marcação, Itapororoca, Juripiranga e Pedras de Fogo de 2016, assim como o de Itabaiana (2015).

Foram onze contas municipais, já do exercício de 2017, julgadas pelo TCE, que aos poucos vai aprimorando o processo de acompanhamento da gestão em tempo real e atualizando as análises das contas anuais, conforme tem apregoado o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes. Na defesa em relação ao município de Ouro Velho, o advogado Jonhson Abrantes enfatizou a importância do acompanhamento da gestão. Ele destacou os “Alertas” que são direcionados aos gestores, para que falhas ou inconformidades sejam sanadas ao longo do exercício. Mesma observação fez o patrono da prefeitura de Monteiro, Marcos Aurélio Villar, ao enfatizar a melhoria na apresentação de defesas.

O Pleno ainda apreciou e julgou regulares as contas da Secretaria de Estado da Cultura (2016), e da Assembléia Legislativa nos exercícios de 2015 e 2016. Os membros da Corte decidiram pela ilegalidade de uma Dispensa de Licitação (176/11), realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, no tocante a seleção de organização social para fins de gerenciamento e execução de Unidade de Saúde no município de Guarabira. Após julgado, o processo foi arquivado e cópia da decisão anexada às contas anuais da Secretaria, com indicação de multa ao ex-gestor Waldson Dias de Souza.

O Tribunal julgou procedente Denúncia formulada contra a Prefeitura de Curral Velho, acerca de irregularidades no Pregão Presencial nº 007/2016 e decidiu responsabilizar o prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho, como ordenador de despesa, pelas irregularidades detectadas no processo que ensejou a contratação da empresa Abílio Ferreira Lima. O TCE havia determinado a suspensão do certame por meio de medida cautelar, no entanto, o gestor realizou pagamentos à contratada no montante de R$ 72 mil, relativos a atividades diversas. A Corte determinou a abertura de um processo específico para apurar a relação da empresa com o município. Consta nos autos que a empresa limitada recebeu em torno de 595 mil em 2016.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, o Tribunal de Contas do Estado realizou a sessão plenária de nº 2184, que contou com as presenças dos conselheiros Arnóbio Alves Viana (Vice-Presidente), Fernando Rodrigues Catão e Antônio Nominando Diniz. Também dos conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antonio Gomes Vieira Filho, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público esteve representado pelo subprocurador Manoel Antônio dos Santos.






Fonte
Assessoria




Leia mais

Desembargador que determinou afastamento do prefeito de Patos dá mais detalhes

O juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa, convocado para substituir o desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, deferiu o pedido feito pelo Ministério Público estadual de suspensão das funções públicas do prefeito do Município de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho (Dinaldinho); do secretário Jardelson Pereira Medeiros e de Alysson dos Santos Gomes, devendo os mesmos deixar os cargos que ocupam e o prédio da Prefeitura, imediatamente após as notificações e pelo prazo da instrução processual. Conforme a denúncia, eles são acusados de compor uma organização criminosa especializada na fraude de licitações e desvio de dinheiro público. A decisão ocorreu na tarde desta terça-feira (14).

O pedido foi feito por meio da Procuradoria-Geral de Justiça, representada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), com base no Procedimento Investigatório nº 010/2017, que originou a Notícia Crime nº 0001059-05.2018.815.0000.

Tendo em vista a natureza dos delitos supostamente praticados pelos denunciados afastados dos cargos, o juiz determinou, também, as seguintes medidas cautelares: comparecimento a todos os atos processuais para os quais forem convocados; proibição de acesso ou frequência à sede da Prefeitura de Patos, secretarias e à Comissão Permanente de Licitação; e proibição de se ausentarem do Estado sem autorização do juiz-relator. O descumprimento das medidas impostas podem ensejar a decretação da prisão preventiva.

Quanto aos denunciados Jardelson Medeiros e Alysson Gomes, foi determinado que o afastamento deve ser de toda e qualquer função pública relacionada ao manuseio de licitações e fiscalização de obras e serviços.

Conforme a investigação do MP, o encarte processual traz uma série de pagamentos feitos aos denunciados (13, no total) e menciona participação ativa no falseamento de licitações, já planejada no período eleitoral. Também aponta utilização do dinheiro público para a promoção da defesa do grupo familiar de Dinaldo quanto a atos ilícitos praticados por sua família em outra geração.

Segundo a cota ministerial e os documentos apreendidos na Medida Cautelar nº 0000983-78.2018.815.0000, entre os 17 postos existentes em Patos, o Posto Mastergás teria sido a única litigante no Pregão Presencial nº 30/2018 para fornecimento de combustível ao Município. O Edital foi lançado em 18 de julho de 2018 e, embora o julgamento do edital só tenha ocorrido em 31/07, no dia 23/07, o prefeito teria sido informado pelo secretário de Administração que o abastecimento dos veículos já estava resolvido, devendo todos irem ao Posto Mastergás.

Ainda conforme o relator, Mandados de Busca e Apreensão e o de Prisão, extraídos da Medida Cautelar, foram cumpridos no dia 2 de agosto, ou seja, 10 dias antes, os envolvidos ainda estariam agindo em continuidade delitiva. Por este motivo, foi determinado o afastamento dos cargos.

“A adequação, por sua vez, encontra-se evidenciada no bem da coletividade, que precisa ver estancadas as práticas reiteradas delituosas. Ademais, soma-se à hipótese o fundado receio de que, mantendo-se no exercício de suas funções, os requeridos em questão possam destruir provas às quais tenham acesso em razão do exercício da função”, argumentou.

Outros noticiados – Foram noticiados, ainda, Múcio Sátiro Filho, Gustavo Guedes Wanderley, Felipe Moreira Cartaxo de Sá, Maurício Ricardo de Moraes Guerra, Alberto Cardoso Correia Rego Filho, Júlio César Simões Martins, Anna Karla Maia Gondim, Ladjane de Vasconcelos Gonçalves Santos, Jorge Cavalcanti de Mendonça e Silva, e Fábio Henrique Silveira Nogueira.









Fonte Por Gabriela Parente – tjpb.jus.br



Leia mais

Tribunal de Contas aprecia nesta quarta-feira contas de 25 prefeituras

As contas anuais de mais 25 prefeituras e câmaras municipais estão relacionadas na pauta de julgamento do Tribunal de Contas do Estado, para a sessão ordinária desta quarta-feira (15), no plenário Ministro João Agripino.

Sob a presidência do conselheiro André Carlo Torres Pontes, o Pleno apreciará os processos dos municípios de Mato Grosso, Cuité de Mamanguape, Ouro Velho, Olivedo, Cachoeira dos Índios e Caiçara, já do exercício de 2017. Gurjão e São José dos Cordeiros de 2016, São José dos Ramos, Cuité e Mulungu (2015), e Monteiro (2014).

Constam também as prestações de contas das Câmaras de Vereadores de Itapororoca, São Bento, Caturité, Pilar, Monte Horebe, Marcação e Cajazeiras, já referentes a 2017, resultado do sistema de acompanhamento da gestão, que trouxe mais celeridade na apreciação e julgamento das contas no TCE-PB. Ainda as de Dona Inês, Itapororoca, Pedras de Fogo e Juripiranga de 2016, e Itabaiana de 2015, como também os processos de contas da Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (2017), Secretaria de Estado da Cultura (2016), e Assembleia Legislativa (2015 e 2016).

Proveniente da Prefeitura de Curral de Cima, o Pleno apreciará Denúncia acerca de irregularidades no Pregão Presencial nº 007/2016. Relativa à câmara de vereadores do mesmo município, uma Verificação de Cumprimento de Decisão, consubstanciada no Acórdão APL-TC-00019/18, assim como Recurso de Revisão interposto pela parte inventariante do ex-prefeito municipal de Cruz do Espírito Santo, Rafael Fernandes de Carvalho Junior, contra decisão da Corte prolatada no Acórdão AC1 TC nº 1723/10.

Um recurso de reconsideração interposto pelo reitor da Universidade Estadual da Paraíba, face decisão proferida pela Corte de Contas no Acórdão APL – TC – nº 420/2017, e as contas da Câmara Municipal do Conde, relativas a 2017 – processos com pedidos de vista, retornam a julgamento nesta quarta-feira. Será apreciado também um Recurso de Reconsideração da Prefeitura de São José dos Ramos, referente às contas do município do exercício de 2016, e Embargos de Declaração relativos ao Acórdão APL-TC-TC 00634/17, interpostos pelo ex-prefeito de São José do Rio do Peixe, José Lavoisier Gomes Dantas.






Fonte MaisPB




Leia mais

Acidente envolvendo ex-prefeito mata duas mulheres no sertão da PB

Na noite desta terça-feira (14), um grave acidente envolvendo dois carros, entre eles um conduzia o ex-prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto e seu irmão, deixou duas mulheres mortas e três pessoas feridas em Sousa.

De acordo com informações o veículo que estava as mulheres tentou fazer uma manobra batendo no veículo de Domingos. Com a força da colisão, o veículo menor foi arrastado por vários metros chegando a ficar embaixo da caminhonete.

Equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros foram acionados. Os Bombeiros tiveram que realizar a serragem do veículo menos para retirar os feridos.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Sousa.

Uma passageira identificada como Ana Maria Estrela, morreu a caminho do Hospital. Horas depois a aposentada Geralda Maniçoba, 70 anos também faleceu. Os outros três ocupantes estão internados no hospital em observação.

Os cinco ocupantes do Fiat iriam assistir a posse do Padre César Pamplona na cidade de Aparecida, para onde ele foi transferido após ser pároco de Poço de José de Moura.





Fonte clickpb com Radar sertanejo



Leia mais

Bonifácio Rocha assume e prevê mudanças na Prefeitura de Patos

O vice-prefeito de Patos, Bonifácio Rocha (PPS) assumiu, nesta quarta-feira (15), o comando da prefeitura após o titular do cargo, Dinaldinho Wanderley (PSDB), ser afastado por decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). O tucano é alvo de uma investigação da Operação Cidade Luz, que apura a suposta existência de um esquema de pagamento de propina e fraudes na administração pública do município sertanejo.


A posse aconteceu por volta das 8h durante sessão extraordinária no plenário Edvaldo Motta, da Câmara Municipal de Patos.

Em contato com o Portal Correio, o prefeito Bonifácio disse ter recebido a notícia do afastamento de Dinaldinho com surpresa, mas que se sente preparado para a missão.

Questionado se pretende fazer alguma mudança na gestão, Bonifácio revelou que vai se reunir com os auxiliares, mas que isso é praticamente inevitável. A perspectiva é que ele anuncie as primeiras medidas administrativas a partir da próxima semana. “Vamos nos reunir e fazer um balanço da gestão para tomarmos algumas medidas na próxima semana”, revelou.





Fonte Por Alexandre Freire



Leia mais

Corpo de vaqueiro é encontrado em avançado estado de decomposição, em Patos

Um vaqueiro de nome Sebastião Tavares de Lima, conhecido como “Tião”, que morava sozinho nas proximidades do Serrote Espinho Branco, em Patos, foi encontrado morto dentro de sua residência na tarde desta terça, 14/08.

Ela era solteiro, não tinha filhos, e ninguém sabe o que pode ter provocado a sua morte.

O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição e levado para autopsia em Campina Grande.





Fonte Folha Patoense



Leia mais

Jovens são presos suspeitos de tentativa de homicídio no Monte Castelo em Patos

Dois jovens foram presos na manhã desta segunda-feira (13), suspeitos de participação em uma tentativa de homicídio, em Patos.

A prisão foi feita por policiais da Delegacia de Homicídios e o Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Patos e a dupla foi presa por força de mandado judicial.

O crime ocorreu no bairro Monte Castelo, no dia 09 de agosto e na ocasião, os suspeitos tentaram matar o jovem Lindemberg de Morais Batista.

Os acusados passaram pelo IML de Patos para realizarem exame de ofensa física e em seguida foram encaminhados para o presídio Romero Nóbrega onde ficarão à disposição da justiça.









Fonte Luanja Dantas/ maispatos



Leia mais

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Pesquisa Consult aponta Maranhão com 22,50%; João, 21,35%; Lucélio, 16,20%; Tárcio, 1,75%; Rama, 0,10%

Se as eleições fossem hoje, o candidato ao Governo do Estado José Maranhão (MDB) teria 22,50% das intenções de voto; João Azevêdo (PSB) teria 21,35%; Lucélio Cartaxo (PV), 16,20%; Tárcio Teixeira (PSOL), 1,75%; e Rama Dantas (PSTU), 0,10%. Os dados foram divulgados pelo instituto Consult Pesquisa, no final da tarde desta terça-feira (14).

O instituto questionou, na pergunta estimulada, "Se os futuros candidatos a Governador da Paraíba, forem esses citados, e que estão nesse cartão, em qual deles o(a) sr.(a) (você) votaria?"

A pesquisa foi registrada sob os números PB-03853/2018 e BR-02689/2018.

De acordo com os dados da pesquisa, foi utilizada uma amostra probabilística casual simples de 2000 entrevistas, distribuída nas 07 regiões do estado.

Os resultados da pesquisa estão sujeitos a um erro máximo permissível de 2.0%, com confiabilidade de 95%.





Fonte clickpb



Leia mais

Câmara de Patos foi notificada e dará posse a Bonifácio Rocha na manhã desta quarta (15)

A Câmara Municipal de Patos deve dá a posse ao vice-prefeito de Patos Bonifácio Rocha, na vaga de Prefeito da cidade. A solenidade está sendo preparada para acontecer às 09h00m (nove da manhã), na Sede do Poder Legislativo.

O evento deve ser comandado pelo Presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Sales Júnior (PRB).

Tanto o presidente Sales Júnior, como o vice-prefeito Bonifácio Rocha, já foram notificados pelo Justiça para dá prosseguimento ao rito.

Bonifácio Rocha (PPS), deve assumir o cargo de prefeito de Patos, após a decretação do afastamento do prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB), fato confirmado na tarde desta terça-feira, 14 de agosto.

ATUALIZADO

O juiz convocado do Tribunal de Justiça da Paraíba, Carlos Eduardo Leite Lisboa, encaminhou ofício no final da tarde desta terça-feira (14) ao presidente da Câmara Municipal de Patos, vereador Sales Júnior, comunicando a decisão da Justiça Estadual pelo afastamento de Dinaldinho do cargo de prefeito constitucional de Patos, em função do procedimento investigatório Criminal patrocinado pelo Ministério Público Estadual em desfavor do prefeito Patoense, no sentido de suspendê-lo da função pública.

No mesmo comunicado, o juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa determina à presidência da Câmara Municipal de Patos que promova a posse do vice-prefeito, Bonifácio Rocha (PPS), enquanto perdurarem os efeitos da medida cautelar (Dois últimos parágrafos de Edmilson Pereira - Paraíbanoticias).








Fonte Patosonline



Leia mais

"Operação Cidade Luz": MPPB denuncia 13 investigados e Justiça afasta prefeito de Patos

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) denunciou 13 investigados na 'Operação Cidade Luz', deflagrada no último dia 2, entre eles o prefeito do Município de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho. Os integrantes do grupo estão sendo processados por crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de capitais. Um dos pedidos do MPPB foi o afastamento do prefeito, que foi determinado, nesta terça-feira (14), pelo juiz convocado Carlos Eduardo Leite Lisboa que está substituindo o desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Carlos Martins Beltrão Filho.

A denúncia protocolada no Tribunal de Justiça da Paraíba tem mais de 200 páginas e detalha a atuação do esquema criminoso, que se dividia em quatro núcleos: político, econômico, setor de licitações e lavagem de capitais. Assinam o documento o procurador-geral de Justiça em substituição, Alcides Orlando de Moura Jansen; e os promotores de Justiça, Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, da Promotoria do Patrimônio Público de Patos, e Romualdo Tadeu de Araújo Dias e Rafael Lima Linhares, do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado.


Enriquecimento da organização criminosa

A investigação mostrou que, em 10 meses, a organização criminosa obteve um enriquecimento ilícito de mais de R$ 739 mil, desviados de contratos firmados com a Prefeitura de Patos, no montante de R$ 1,3 milhão. O Ministério Público apurou que, no período anterior às eleições de 2016, o então candidato 'Dinaldinho' organizou um esquema criminoso para o recebimento de vantagens ilícitas pagas pelas empresas Enertec e Real Energy, com as quais a Prefeitura de Patos manteve contrato de iluminação pública, a partir do ano seguinte.

De acordo com a denúncia formalizada, o 'núcleo político' era formado pelo prefeito Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, Múcio Sátyro Filho, Gustavo Guedes Wanderley, Felipe Moreira Cartaxo de Sá e Jardelson Pereira Medeiros.

O 'núcleo econômico' era integrado por Maurício Ricardo de Moraes, responsável pela Enertec; Alberto Cardoso Correia Rêgo Filho, responsável Pela Real Energy; Júlio César Simões Martins, da Scave Serviços de Engenharia e Locação; Anna Karla Maia Gondim, da Viaencosta Engenharia Ambiental; Ladjane de Vasconcelos Gonçalves Santos, da empresa Vasconcelos e Santos; Jorge Cavalcanti de Mendonça e Silva, da Servlight Gestão e Instalações Elétricas.

Alysson dos Santos Gomes atuava no terceiro núcleo: setor de licitações da Prefeitura de Patos. Já Fabio Henrique Silveira Nogueira, administrador da Motogas Indústria de Compressão e Comércio de Gás Natural – Mastergás era responsável pelo quarto núcleo: 'de lavagem de capitais'.

Pedidos do MPPB

Na denúncia, o Ministério Público da Paraíba requer a condenação de cada um dos denunciados, especificando os crimes individuais cometidos por eles. Além disso, o MPPB requereu a suspensão da função pública do prefeito Dinaldo Wanderley e dos servidores públicos municipais, Felipe Moreira Cartaxo de Sá e Alysson dos Santos Gomes. Ainda foi reiterado o pedido de prisão preventiva de Múcio Satyro Filho.







Fonte MPPB



Leia mais

Patos ganha novo e moderno Hall de oportunidades e experiência em Negócios Imobiliários

O mercado imobiliário brasileiro vem nas ultimas décadas movimentado milhões e fazendo crescer aqueles que pensam fora do contexto e oferecem negócios reais e lucrativos, para aqueles que vendem oportunidades, serviços e produtos, e para os que consumem.

O Hall de oportunidades ADOLFO ALENCAR – GESTOR EM NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS traz a Patos-PB e região a chance de se reinventar no setor imobiliário. O espaço irá oferecer de forma tecnológica, coletiva, informativa e lucrativa os mais importantes serviços e produtos do setor no cenário local, nacional e até mesmo mundial.

O espaço estará situado a partir de agora em um dos mais movimentados endereços econômicos e comerciais de nossa cidade, no Guedes Shopping, 1º Piso. As transações serão feitas de forma rápida e acessível, facilitando assim as negociações.

A frente desse negócio está uma mente empreendedora. Gestor em Negócios Imobiliários (2010) pelo Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e devidamente credenciado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI); Perito Avaliador de Imóveis Judicial ou Extrajudicial inscrito no Cadastro Nacional de Avaliadores de Imóveis (CNAI); Bacharel em Direito (2016) pelas Faculdades Integradas de Patos (FIP); Diretor Comercial na empresa Verde Bambu; com mais de 15 anos de experiência em Gestão de Vendas de Alta Performance, Gestão de Logística e Administração de Empresas, desta feita estará disponibilizando a todos as mais diversas transações imobiliárias, como avaliação imobiliária, compra, venda, locação e permuta de bens imóveis urbanos ou rurais, assessoria e consultoria condominiais, seguros imobiliários cobrindo todos os tipos de imóveis, além de consórcio e projetos Imobiliários, e tantos outros serviços desse setor.








Fonte Ascom



Leia mais

Delegado da PF em Patos capota veículo na BR-230

O delegado da Polícia Federal em Patos, José Antônio da Silva, de 55 anos, sofreu um acidente de carro na manhã desta terça-feira (14) entre os municípios de Soledade e Juazeirinho, na BR-230.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), José Antônio perdeu o controle da direção e capotou o veículo na via. Uma equipe do Samu prestou os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

A assessoria do Trauma informou que o delegado está consciente, orientado e seu estado de saúde é estável.









Fonte MaisPB



Leia mais

Prefeito e vereador de Caicó são presos em operação do Ministério Público do RN

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte prendeu nesta terça-feira (14) o prefeito de Caicó, um vereador da cidade, e ainda um lobista - todos suspeitos de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação.

Segundo o MP, a ação é um desdobramento das operações Cidade Luz e Blackout, que investigam fraudes no setor de iluminação pública em Natal e também na própria cidade de Caicó.

A operação Tubérculo ainda cumpriu seis mandados de busca e apreensão na cidade seridoense e em Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito Robson de Araújo (PSDB), mais conhecido como 'Batata', e o vereador Raimundo Inácio Filho (MDB), o 'Lobão', também foram afastados dos seus respectivos cargos. Os gabinetes deles foram alguns dos alvos dos mandados de busca e apreensão.

O lobista Edvaldo Pessoa de Farias teve prisão temporária decretada. Os três foram levados para Natal, onde devem ser ouvidos na sede do Ministério Público.

Em contato com o G1, a defesa do prefeito Batata disse que ainda não vai se pronunciar sobre o ocorrido. Já o advogado do vereador Lobão, que está em Natal aguardando ele chegar, disse que primeiro vai ficar a par da situação para somente depois emitir uma nota. A defesa do lobista Edvaldo Farias ainda é procurada.

Ao todo, 12 promotores de Justiça, 22 servidores do MPRN e 28 policiais militares participaram da operação Tubérculo.








Fonte do G1/RN




Leia mais

Jovem é alvejado por disparos de arma de fogo em Itaporanga

Uma tentativa de homicídio foi registrada na cidade de Itaporanga. O crime ocorreu, por volta das 23h, desta segunda-feira (13), no bairro Alto das Neves.

De acordo com informações, ainda preliminares, o jovem Mateus Madalena, de aproximadamente 21 anos de idade, foi surpreendido por dois homens não identificados em uma motocicleta. Quando o condutor da moto fez a aproximação do jovem, o garupa efetuou vários disparos contra ele. Em seguida a dupla fugiu do local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionado e prestou os primeiros socorros à vítima no local. Em seguida, ela foi levada em estado grave para o hospital Distrital de Itaporanga.







Fonte Vale do Piancó Notícias




Leia mais

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Assista ao debate dos candidatos ao governo do estado da PB












Fonte TV ARAPUAN



Leia mais

PC prende comerciante com produto de furto, em Patos

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam, por volta das 9h30, desta segunda-feira, 13, um homem de 36 anos, no bairro São Sebastião, em Patos, no Sertão da Paraíba.

De acordo com a Polícia Civil (PC), Almi Araújo, que é proprietário de um estabelecimento comercial de material de construção na comunidade onde foi preso, é suspeito de ter adquirido mercadoria proveniente de furto.

Com o indiciado, os policiais encontraram um vaso sanitário e uma caixa acoplada, configurando crime receptação.





Fonte por Airton Alves - patosverdade



Leia mais

Adolescente desfere pelo menos 5 golpes de faca em amigo, durante bebedeira em Coremas

Um adolescente de 17 anos de idade foi apreendido, acusado de tentar matar o jovem José Mirosmar da Silva, de 18 anos, morador da Rua Travessa Raimundo da Silva, no Bairro Cabo Branco, em Coremas (PB). O crime ocorreu no final da tarde deste sábado (11).

De acordo com informações de populares, a vítima bebia na residência do acusado, quando os dois se desentenderam e o acusado desferiu cerca de cinco golpes de faca-peixeira no jovem. A dos golpes acertou a região do pescoço da vítima.

Ferido, o jovem foi levado para o hospital de Coremas onde foi atendido, recebeu os primeiros socorros, para sem seguida ser transferido para o hospital Regional de Patos, onde permanece internado.

Já agressor foi apreendido pela Polícia Militar, momentos depois de cometer o crime. Em seguida, ele foi levado para o delegado plantonista em Itaporanga, onde foram tomadas as medidas cabíveis.







Fonte Vale do Piancó Notícias



Leia mais

MPF e emissora da PB firmam TAC após comentários ofensivos de apresentador

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a TV Arapuan e o Ministério Público Federal (MPF) para reparação aos comentários ofensivos às mulheres feitos pelo apresentador Sikêra Júnior em um programa foi publicado no Diário Oficial Eletrônico. De acordo com a publicação, a TV local se comprometeu a apresentar três vezes por dia, até o dia 31 de dezembro, uma propaganda de apoio aos direitos das mulheres e Direitos Humanos.

Conforme o MPF, o TAC foi motivado após o apresentador noticiar, no dia 5 de junho de 2018, a prisão desta mulher por supostamente ter cometido o delito de tráfico de drogas e proferir inúmeras agressões verbais contra a presa, exibindo o seu rosto na tela, dizendo. O apresentador afirmou na ocasião que "mulheres que não pintam as unhas e não passam lâmina nas partes íntimas são sebosas".

Sikêra Júnior também agrediu verbalmente nos programas seguintes a rapper Kalyne Lima, que criticou o apresentador pela postura em seu perfil em uma rede social. No documento, a emissora se compromete a veicular na sua grade de programação material em formato publicitário com duração de 30 segundos difundindo ideais relevantes para a cidadania, em defesa da tolerância e do respeito às diversidades.

Durante o período eleitoral, a TV Arapuan terá que veicular a propaganda três vezes por dia, fora do período eleitoral, o número de inserções passa para cinco. Um dessas inserções em defesa da cidadania e Direitos Humanos deve ser obrigatoriamente no programa apresentado por Sikêra Júnior.

A TV paraibano ainda se comprometeu a veicular dois programas educativos para exibição na grade de programação da emissora, mensalmente, de até 15 minutos, desenvolvidos por organizações de direitos humanos, aprovados pelo Fórum Interinstitucional pelo Direitos à Comunicação (Findac),até o dia 31 de dezembro.

Da mesma forma, pautar duas vezes por mês tema relevante para a cidadania e os direitos humanos. Por fim, a emissora local deve veicular uma mensagem de retratação às mulheres que se sentiram ofendidas.

Em caso de descumprimento de qualquer das obrigações ora assumidas, além da compulsória execução das obrigações de fazer e não fazer, consignadas neste instrumento, incidirá multa no valor equivalente a R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) por dia de descumprimento, sem prejuízo de eventuais responsabilidades civil e penal.





Fonte Por G1 PB




Leia mais

Dentista Rodrigo Ferreira quebra o silêncio sobre o caso envolvendo Géssica e se defende das acusações feitas pela estudante

A história envolvendo a estudante de odontologia Géssica Oliveira, da cidade de Patos, que teve conversas íntimas expostas nas redes sociais, acaba de ganhar mais um capítulo. Na última semana, ela concedeu entrevista a uma emissora de televisão local, quando revelou ter sido vítima de abusos e agressões pelo ex-namorado, o dentista Rodrigo Ferreira, em uma viagem ao México. O Polêmica Paraíba traz com exclusividade, neste domingo, 12, a versão contada por Rodrigo.

O dentista, que até então só havia se manifestado através de nota enviada à imprensa por seus advogados, resolveu falar diante da repercussão das acusações que lhe foram imputadas. Ele procurou a reportagem para esclarecer fatos que, segundo ele, foram distorcidos na história contada por Géssica na televisão. Na gravação, ele diz que essa é uma questão a ser resolvida na Justiça, repudia completamente o que foi veiculado na entrevista televisiva e diz que ‘nunca teve problema com niguém’.

Durante a semana, o Polêmica Paraíba trouxe os detalhes do caso, mostrando a versão de Géssica e a defesa de Rodrigo, feita por meio de nota. Hoje, a reportagem conta a outra versão da história, que ganhou ares cinematográficos pelo encadeiamento dos fatos relatados e a repercussão alcançada.

O início da relação

À reportagem, Rodrigo revelou conheceu Géssica através das redes sociais, no mês de maio, quando começou a aprofundar a intimidade e iniciar um relacionamento com ela. “Fui conversando com ela, decidi chamar ela no consultório pra gente conversar, porque ela é de Patos, e gostei dela. Foi uma história que começou realmente linda”, contou. De acordo com Rodrigo, dali em diante eles não se separaram mais.

O dentista relatou que fez duas viagens com Géssica, uma para a Praia de Pipa e outra para Campos do Jordão, e que fez visitas ao apartamento dela, em Patos. Ele disse também que comprou móveis para a casa de Géssica, pois ficou sensibilizado com a história dela. “Fui ficando com o coração sensibilizado, uma menina trabalhadora, uma menina vencedora. O carinho foi me conquistando e eu fui me entregando”, disse.

A relação começou a se desgastar, nas palavras de Rodrigo, quando ele viu mensagens estranhas no celular dela e também quando a estudante se recusou a publicar fotos de ambos nas redes sociais durante a viagem ao México. Na gravação, ele faz críticas ao modo como o caso foi tratado na televisão, sem que houvesse nenhuma contestação.

A viagem ao México

A viagem para o México ficou decidida depois que a relação, como se diz no linguajar popular, “engatou”. Foi uma decisão tomada pelos dois. Ele relatou que ambos estavam empolgados e, em comum acordo, compraram as passagens e todo o pacote de viagens, e embarcaram juntos rumo a Cancun.

Rodrigo conta que, logo no primeiro momento, ficou incomodado com a recusa da estudante em se negar a publicar fotos com ele. “Aquilo me amargurava”, revelou, e acrescentou que ficou mais triste quando teve acesso ao celular de Géssica, quando respondeu, a pedido dela, a mensagem de uma parente.

“Vi uma mensagem estranha logo embaixo e tive a curiosidade de ler. Não tinha nada, era uma mensagem do amigo dela, mas ela simplesmente me tomou o celular como nunca tinha feito antes. Tivemos uma pequena discussão, falei para ela logo sobre o negócio das fotos, e a gente foi dormir”, descreveu.

O ponto extremo da viagem aconteceu no dia seguinte, durante o café da manhã. De acordou com Rodrigo, nesse dia Géssica foi tomar café sozinha e, na ocasião, mais uma vez ele verificou o celular dela para ler mensagens que haviam chegado. “Ela repetiu o que fez e tomou o celular. Eu tinha a senha do celular e precisava saber com quem era a pessoa que eu estava”, contou.

Em sua versão, Rodrigo conta que Géssica tentou tomar o celular e ‘voou’ nas costas dele para pegar o celular. Já na rua, de acordo com ele, Géssica repetiu o gesto e teria mordido as costas dele, fazendo com que ambos caíssem ao chão. O dentista revelou que tem um exame de corpo de delito para comprovar o ato. “Era simplesmente ela tentando tomar o celular da minha mão, e eu não deixava pois queria ir até o fim e eu queria ver o que tinha de errado”, explicou.

De volta ao hotel

Após a confusão, os dois voltaram para o hotel, e depois de conversarem Géssica resolveu chamar a polícia para mostrar as marcas no corpo que, de acordo com ele, foram originadas quando ela tentava pegar o celular da mão dele, fora do hotel. Rodrigo então disse à polícia que ambos haviam discutido e que ele não aceitava o tratamento que recebeu da namorada. Ele disse que o caso começou a ganhar repercussão quando ele publicou uma mensagem no Instagram sobre decepção com as pessoas.

“Eu estava acabado, eu estava no chão, e me abri para algumas pessoas (amigas de Géssica)”, contou. Nessas conversas com outras pessoas, um ex-namorado de Géssica teria procurado Rodrigo para contar o que havia acontecido em uma antiga relação com ela. “Foi aí quando eu vi todas essas omissões, tudo o que estava acontecendo por trás, essas dissimulações, e eu não acreditei em tanta coragem”, contou.

Vazamento de mensagens e imagens

Na versão de Rodrigo, em todas as mensagens vazadas ele é o interlocutor. Ele enfatiza que não foi ele o vazador das mensagens ítimas e acusa as pessoas com quem conversou nas redes sociais de vazarem as informações.

A volta para o Brasil

Na entrevista que concedeu a uma emissora de televisão, Gessica relata que teria sido perseguida por Rodrigo até mesmo no aeroporto. Rodrigo diz, no entanto, que não sabia que Géssica vinha no mesmo voo e que a companhia aérea não forncesse essas informações a terceiros. “Meu único interesse era voltar ao Brasil. Eu repudio qualquer tipo de atitude como se tivessem com medo de eu ir atrás dela. Eu estou no meu canto e ela no dela. Quero que ela seja feliz’, pontuou.

Veja o vídeo:





Fonte Polêmica Paraíba





Leia mais

Acusado de estuprar filhas é condenado a 29 anos de prisão na Paraíba

Um homem foi condenado pela Comarca de Alagoinha, no Agreste paraibano, a uma pena de 29 anos e dois meses de reclusão por ter estuprado duas filhas. Segundo as investigações, os abusos aconteceram continuadamente, até o momento em que uma delas atingiu maioridade e fez a denúncia, em 2014. Os crimes aconteciam na Zona Rural de Mulungu. A decisão pela condenação aconteceu na última quarta-feira (8), mas só foi divulgada pelo Tribunal de Justiça nesta segunda (13). Conforme a sentença da juíza Bárbara Bortoluzzi Emmerich, o homem deveria ser preso imediatamente, na intenção de “assegurar a aplicação da lei penal e garantir a ordem pública”.

A investigação foi deflagrada após os fatos terem chegado ao conhecimento de autoridade policial, através de um membro do Conselho Tutelar de Guarabira, quando a filha mais velha, ao saber que a irmã mais nova também vinha passando por abusos sexuais praticados pelo genitor, resolveu denunciar os fatos.

Conforme o interrogatório, o réu negou as acusações. No entanto, na decisão, a juíza explicou que, no caso de crimes de natureza sexual, a jurisprudência se encontra quase uniformizada no sentido de que a palavra da vítima é suficiente para a condenação do acusado.

A magistrada acrescentou que outro fator relevante a ser considerado é o trajeto pelo qual passa a criança até chegar ao magistrado para ser inquirida, sendo submetida a diversas entrevistas por diferentes profissionais, com técnicas específicas para apuração. No caso em questão, a juíza afirmou que os depoimentos se apresentaram lógicos e consistentes, visto que as vítimas (uma adulta e outra adolescente) particularizaram os atos libidinosos ao longo de anos, por diversas vezes, perante a mãe e o Conselho Tutelar, narrando a mesma versão, sem variações.

Também foram anexados ao processo exame de corpo delito que confirmou a existência de conjunção carnal com as vítimas, e depoimentos de testemunhas que também teriam ouvido as mesmas versões dos fatos. Uma delas (prima das vítimas) afirmou, em Juízo e em sede policial, também ter sido assediada pelo acusado.

A magistrada pontuou, também, que não foi produzido qualquer indício que apontasse para uma falsa acusação por parte das vítimas ou tentativa de incriminação indevida do acusado, como alegado pelo réu, em sua defesa. “Assim, provadas a autoria e a materialidade, a emissão do decreto de condenação é medida que se impõe”, enfatizou.





Fonte portalcorreio



Leia mais

domingo, 12 de agosto de 2018

Justiça Eleitoral proíbe jingle eleitoral em carros particulares e dita regras para propaganda de rua

O juiz Marcos Salles alertou que áudio com propaganda eleitoral só é permitido em carros de som, trios, minitrios legalizados com os órgãos e trios elétricos apenas nos comícios.

O juiz eleitoral Marcos Coelho de Salles, da 76ª Zona Eleitoral, falou sobre as regras discutidas em reunião nesta sexta-feira (10), em João Pessoa, para a propaganda de rua na cidade na campanha das eleições 2018. Um dos exemplos é a proibição da veiculação de jingle de candidato por cidadão comum. Hoje estiveram reunidos com o juiz Marcos Salles a Associação dos Profissionais de Propaganda Volante da Paraíba (ASSPROV-PB) e os órgãos ambientais e de fiscalização como a Sudema, Secretaria do Meio Ambiente municipal (Seman), Detran-PB e Semob-JP.

Perguntando pelo repórter da rádio Correio sobre o uso, por exemplo, de moto com caixa de som para divulgação de candidato por cidadão comum, o juiz alertou que áudio com propaganda eleitoral só é permitido em carros de som, trios, minitrios legalizados com os órgãos e trios elétricos apenas nos comícios.

Os horários das propagandas de ruas são das 8h às 22h e até meia-noite apenas nos comícios, com carro de som parado. Os carros de som só poderão ser usados em carreatas, passeatas e comícios.

O paredão foi definitivamente abolido do processo político eleitoral. O cidadão não pode, sequer, abrir a mala do seu carro e divulgar jingle eleitoral porque a lei não permite que o cidadão, por si só, o faça. O que ele pode fazer é, se fechar os vidros e não provocar som exterior, ouvir a propaganda do candidato ou do partido ou coligação que ele tenha preferência. Mas, abriu a mala e divulgou, vai sofrer o constrangimento da autuação das autoridades não só da Justiça Eleitoral como também dos órgãos de Segurança como um todo, disse o juiz eleitoral Marcos Salles.

O capitão Cunha, que é coordenador de fiscalização da Sudema, falou sobre a regulamentação dos veículos que serão usados na propaganda de rua. O caminho a se percorrer seria a busca no Detran-PB da inspeção veicular, dizendo que o veículo está apto a circular. E com essa autorização, o interessado se dirige à Sudema para retirar a licença ambiental. Na Sudema é que vai ser feita a aferição do som, mediante o que o próprio TSE preconiza sobre os decibéis, a distância da medição do som e os critérios de circulação ou sobre o veículo permanecer parado. Antes dessas duas fases o veículo não está autorizado a fazer propaganda eleitoral.

Não será permitida propaganda de rua com veículos de tração animal, como as carroças, lembrou o juiz Marcos Salles.

Na segunda-feira (13), às 14h, será feita a reunião com os órgãos de Segurança Pública. Na terça-feira (14), o juiz eleitoral se reúne com os partidos. Já na segunda-feira (20), serão recebidas as coligações e partidos que disputarão de forma isolada para a audiência com o magistrado.






Fonte Lucas Isídio




Leia mais

Secretaria de Saúde de Olho D`Água promove capacitação com funcionários

A prefeitura municipal de Olho D`água através da secretaria de saúde em parceria com a empresa Ação Resgate, realizou na manhã de hoje (09/08) uma capacitação com aulas presenciais em urgência e emergência pré-hospitalar. Durante toda manhã o instrutor Antonio Lima aplicou toda a parte teórica onde os profissionais da área da saúde puderam aprender sobre atendimento pré-hospitalar, avaliação inicial de vítimas, emergências traumáticas, emergência geriátrica, queimaduras e lesões por calor e frios além de outros tipos urgências e emergências.

Na parte da tarde o instrutor apresentou para as pessoas presentes a parte prática da capacitação onde os mesmos aprenderam técnicas de imobilização e transporte de vítimas, manobra de Chin-Lift, Jaw Thrust, Heimlich, Reanimação Cardio-Pulmonar RCP e Desfibrilador Externo Automático DEA. Estiveram presentes os profissionais da saúde do município com o objetivo de qualificar o conhecimento dos profissionais buscando sempre melhorias nos atendimentos. A capacitação teve uma duração total de 10 de horas contando as aulas teóricas e práticas, sendo as aulas teóricas realizadas no antigo CRAS e a parte prática no Ginásio Poliesportivo, ao final todos os alunos receberam certificado.

A secretaria de saúde está de parabéns, pois, cada vez mais busca melhorias para os profissionais de saúde do município, uma importante iniciativa para o melhoramento do atendimento e segurança na hora de conduzir vidas, foi muito importante essa capacitação para todos os profissionais presentes, pois muitos não tinham ou não conheciam os procedimentos apresentados pelos instrutores da empresa Ação Resgate.

A gestão do município tem buscado qualificar os funcionários da saúde e de outras áreas para que a qualidade de vida dos moradores seja cada vez melhor e com essas ações que estão acontecendo aproxima cada vez mais os profissionais para que possam trabalhar juntos em um só objetivo, por esse motivo parabenizamos todos os esforços que possibilitam as melhorias na qualidade de vida de todos que vivem nessa linda cidade.
















Fonte Olho D`água NotíciasPB



Leia mais

FIP divulga emocionante vídeo sobre o Dia dos Pais com aluno da Instituição.

A FIP – Faculdade Integrada de Patos, divulgou nesse domingo, 12 de agosto, um emocionante vídeo contando a história de superação de um aluno da instituição, e sua relação com o pai.

O estudante do Curso de Direito, Matheus, narra de uma forma feliz e emocionada, o quanto o pai o ajuda na caminhada educacional, sendo uma, de suas principais aspirações.

A pai de Matheus, Alexandre, se emociona, e chora ao ver o depoimento verdadeiro do filho. Para ele (Alexandre), esse é o maior presente para um pai; poder está sempre ao lado do filho.

Veja o vídeo:








Leia mais