terça-feira, 1 de setembro de 2015

Câmara de Catingueira realiza mais uma sessão ordinária

Os vereadores de Catingueira participaram no último dia 29 de agosto da segunda sessão ordinária do segundo período legislativo de 2015. Com a presença de todos os membros do legislativo local, a sessão foi iniciada com a leitura da ata da sessão anterior a qual foi aprovada por unanimidade.

CLICK AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA


Fonte da camara




Leia mais

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Após suspenso pelo Vaticano, Arcebispo da PB emite nota e diz ser vítima de calúnias

Após divulgado o afastamento do Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, que está proibido de ordenar padres e diáconos e de receber novos seminaristas até que Vaticano finalize investigações, a assessoria do religioso encaminhou nota à imprensa.

A informação do afastamento foi divulgada nesse final de semana, dando conta que o processo que Dom Aldo responde no Vaticano corre em sigilo. A decisão foi tomada pelo Vaticano depois da visita de um representante de Roma à capital.
Dom Aldo teria perseguido padres e permitido que seminaristas expulsos de outras dioceses fossem acolhidos aqui na Paraíba. Os padres disseram ainda que o bispo se negaria, também, a discutir casos de pedofilia.

A Nunciatura Apostólica, que representa o Vaticano no Brasil, explicou que não presta informações sobre processos envolvendo bispos. A CNBB também não quis falar sobre o assunto.

Na nota, o Arcebispo diz que a informação não passa de calúnia a sua pessoa. “mantenho comunicação transparente junto à Nunciatura Apostólica, única instância legitimamente constituída e autorizada para encaminhar oportunamente questões eclesiásticas de foro interno”


Fonte Assessoria




Leia mais

Advogado é suspeito de levar celulares e carregadores para apenados do Presídio de Patos

Agentes Penitenciários do Presídio Procurador Romero Nóbrega, em Patos, flagraram na tarde desta segunda-feira, dia 31, por volta das 12h30, à tentativa de entrada de 09 celulares e três carregadores de celular para dentro da unidade prisional, ato considerado criminoso e previsto penalidades por lei.

O material foi encontrado dentro da cela que serve para que apenados e advogados se encontrem para tratar de ações judiciais. O detento identificado como Alex dos Santos confessou que o material considerado ilícito dentro do presídio pertencia a ele, no entanto, o material foi encontrado assim que o advogado saiu do Presídio Romero Nóbrega.

A reportagem fez contato com o vice-diretor do Presídio Procurador Romero Nóbrega, José Erivaldo, que relatou que o apenado foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil (DPC) para prestar os devidos esclarecimentos. O vice-diretor foi indagado quem seria o advogado, porém, disse que o nome não pode ser divulgado por questões de sigilo.

Advogados não passam por vistoria ao adentrarem ao Presídio Procurador Romero Nóbrega, fato já questionado por alguns setores da segurança pública, mas que encontra respaldo através de acordo e decisões.

A reportagem tentou contato telefônico com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Patos (OAB-Patos), Alexandre Nunes, para se posicionar sobre o caso, mas não conseguiu êxito.






Fonte Jozivan Antero – Patosonline.com




Leia mais

Comerciante é assaltada durante feira livre em Diamante

A comerciante Expedita Gomes de Araújo, de 59 anos, foi assaltada durante a feira livre na cidade de Diamante (PB), nesta segunda-feira, 31. O fato aconteceu por volta do meio-dia.

De acordo com as informações, dois homens chegaram em uma moto Bros de cor preta, fingiram ser clientes e pediram um lanche. Ao se distrair com o preparo da refeição, a comerciante não se deu conta de que os rapazes eram assaltantes.

Aproveitando da situação, os assaltantes agiram rápido e roubaram a bolsa da mesma, onde estava a quantia de R$ 1.500,00, fugindo em alta velocidade.

O local onde ocorreu a ação criminosa fica cerca de 200 metros do Destacamento Policial da cidade.





Fonte Do DiamanteOnline




Leia mais

Coveiro é preso por quebrar túmulo e fazer sexo com cadáver de idosa no PI

Uma cena nada comum foi presenciada neste domingo (30) no cemitério da Igualdade no centro de Parnaíba no estado do Piauí.

O corpo de uma senhora de aproximadamente 70 anos que segundo informações do coveiro, havia sido sepultada na manhã deste último sábado (29), foi encontrada fora de seu túmulo com suspeitas de abuso sexual.

A polícia foi acionada por volta 07h20min, por uma mulher que visitava um ente querido e acabou encontrando tamanha crueldade.

“Rebemos a denúncia de que alguém teria violado a cova de uma idosa enterrada no sábado. Ao chegar no local, os policiais encontraram o corpo com sinais de que teria sido abusado sexualmente e acionaram a perícia. Após indícios achados no local, a polícia chegou até o coveiro do cemitério, que foi preso e levado para a Central de Flagrantes de Parnaíba”, relatou o major Adriano Lucena.


Fonte: Do phbemnota




Leia mais

Criança paraibana de 1 ano e oito meses morre de raiva humana no RN

A Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) confirmou a morte de uma criança paraibana com diagnóstico de raiva humana. Após nove dias internado na UTI pediátrica do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, o menino de 1 ano e oito meses morreu na tarde deste domingo (30). O garoto teria sido ferido por um gato há cerca de um mês na cidade de Jacaraú, tendo sido trazido por familiares para ser tratado em hospitais potiguares.

De acordo com a Sesap, a doença só foi confirmada por exames na última sexta-feira (28), mas desde que deu entrada na unidade, no dia 21 de agosto, a criança já recebia o tratamento recomendando pelo Ministério da Saúde para a raiva humana. Ainda segundo a Sesap, os médicos seguiram o protocolo que foi utilizado em dois casos de humanos que sobreviveram à raiva, um em Floresta (PE) em 2008, e outro em Milwaukee, no Estados Unidos, em 2004. O diagnóstico foi realizado pelo Instituto Pasteur (SP) através do teste da Imunoflurescência Direta (IFD) em biópsia do folículo piloso.

Após ter apresentado mal estar, o menino chegou ao RN no dia 20 de agosto, quando a família o levou ao Hospital Monsenhor Pedro Moura, em Nova Cruz, na região Agreste potiguar. "Na ocasião, ele apresentava um quadro de desidratação, vômito, febre, dispnéia e hipertensão arterial", afirmou a Sesap.

De Nova Cruz, o paciente foi transferido no mesmo dia para o Hospital Infantil Varela Santiago, em Natal. "A criança apresentava agressividade, irritabilidade e fotofobia. No dia 21 de agosto, diante da necessidade de realização de uma tomografia computadorizada de crânio, foi transferido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, na Zona Sul da capital", acrescentou a Secrearia de Saúde.

No HWG, o garoto foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo realizada a tomografia, coleta de líquor cefalorraquidiano e biópsia de folículo piloso. Estas amostras foram encaminhadas para o Instituto Pasteur, em São Paulo, e para outros laboratórios de referência para encefalites. A partir da suspeita de raiva, foi iniciado o Protocolo de Tratamento da Raiva Humana no próprio Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

Ao mesmo tempo, a Sesap ainda notificou a Secretaria de Saúde da Paraíba, que logo iniciou investigação no local de residência da criança. A Sesap informou também que quatro outras pessoas do município de Jacaraú - ambas feridas pelo mesmo gato - iniciaram a profilaxia antirrábica, com administração de soro e vacinas. Além destas, o pai do menino também iniciou profilaxia antirrábica.

Raiva humana

Em 2015, já foram diagnosticados laboratorialmente 26 casos de raiva animal em 14 municípios do Rio Grande do Norte. Os dados são do Programa Estadual de Controle da Raiva da Sesap. Os municípios são: Acari, Caicó, Ceará-Mirim, Encanto, Monte Alegre, Natal, Pau dos Ferros, Pedro Velho, Riacho de Santana, São Fernando, São Gonçalo do Amarante, Serrinha dos Pintos, Tenente Ananias e Várzea.

Os animais acometidos foram bovinos (12 casos) e morcegos não hematófagos (9 casos). Além desses animais, também chama a atenção o caso de raiva canina ocorrido em Caicó. Os outros animais acometidos foram: suínos, cavalo e raposa.

A raiva é uma zoonose transmitida ao homem pela inoculação do vírus presente na saliva e secreções do animal infectado, principalmente pela mordedura e lambedura. Caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda que apresenta letalidade de aproximadamente 100% dos casos. No Brasil, caninos e felinos constituem as principais fontes de infecção nas áreas urbanas.

A Sesap alerta a população para a importância de buscar atendimento médico para profilaxia da raiva na ocorrência de qualquer agressão por mamíferos (cão, gato, morcego, sagui, raposa, dentre outros). Além disto, reforça a necessidade de vacinar os animais domésticos anualmente contra a raiva, bem como evitar se aproximar de animais desconhecidos.

A partir da suspeita de raiva em um animal, a recomendação é procurar a Secretaria de Saúde do município para encaminhamento da amostra para diagnóstico laboratorial. Diante de um resultado positivo nos animais, medidas de controle devem ser iniciadas na área da ocorrência, como a revacinação em massa dos animais domésticos.



Fonte



Leia mais

Polícia fecha rinha de galos, apreende 38 animais e detém 14 pessoas na PB

Uma rinha de galos na cidade de Rio Tinto, a 53 km de João Pessoa, foi desarticulada pela Polícia Militar durante o fim de semana. Catorze pessoas foram conduzidas até a Delegacia da Polícia Civil, em Mamanguape, onde foram autuadas por maus tratos a animais. No local, foram resgatados 38 galos que participavam dos combates promovidos pelos apostadores.

Na ação, que aconteceu em conjunto entre policiais da 2ª Companhia Independente e Batalhão de Polícia Ambiental, foram aplicados R$ 19 mil em multas aos suspeitos.

Uma das pessoas encontradas na rinha foi Osvaldo Carneiro de Souza, de 52 anos. Após consulta ao nome dele, os policiais descobriram que o acusado estava com um mandado de prisão em aberto por crime de homicídio, ocorrido na cidade de João Pessoa.

De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, os policiais chegaram até o local, que fica na Aldeia Jaraguá, através de informações levantadas pelo Núcleo de Inteligência da companhia. “É mais uma rinha de galos desarticulada na região, com apoio fundamental do Batalhão Ambiental, o que resulta em uma ação de combate aos maus tratos que os animais estavam sofrendo”, disse.





Fonte Portal Correio



Leia mais

Setembro começa com temperatura variando de 18ºC a 36ºC na PB; veja a previsão

O primeiro dia de setembro vai ser de nebulosidade variável nas regiões do Litoral, Agreste e Brejo, de acordo com a previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). Nesta terça-feira (1º), há ainda previsão de nebulosidade variável para a região do Cariri-Curimataú. Já para o Alto Sertão, a Aesa prevê céu claro a parcialmente nublado, enquanto que para o Sertão a previsão é apenas de céu claro.

A temperatura máxima na faixa litorânea deverá atingir os 31º C e a mínima, os 20º C. No Brejo, a temperatura máxima deverá alcançar os 27º C e a mínima, os 18º C. Já o Agreste, deverá ter máxima de 31º C e mínima de 19º C.

Na região do Cariri-Curimataú, a máxima deverá ficar em torno dos 32º C e a mínima, perto dos 18º C. O Alto Sertão deverá ter máxima de 35º C e mínima de 20º C. No Sertão, a máxima poderá atingir os 36º C e a mínima, os 20º C.

Fonte Portal Correio



Leia mais

Soldado mata cabo após briga dentro de viatura

O cabo da Polícia Militar Adriano Batista da Silva, 41 anos, morreu após após baleado na cabeça, na manhã deste domingo (30), por um soldado da mesma corporação durante uma briga na Zona Norte do Recife. O crime ocorreu dentro de uma viatura da Patrulha do Bairro, do 11º Batalhão de Polícia Militar. Após a discussão, o soldado que estava no banco de trás atirou contra o cabo, que dirigia o veículo. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital da Restauração, na área central da capital, mas não resistiu. O motivo da briga não foi divulgado pela PM.

A Polícia Militar informou que o crime ocorreu quando a viatura passava pelo bairro de Apipucos e que o agressor “foi imediatamente preso e recolhido para o 11° BPM, onde está sendo autuado em flagrante delito.” Uma terceira PM, que também estava na viatura e presenciou o crime, “está em estado de choque e deve ser ouvida durante a instrução criminal”, segundo o comunicado.

Ainda conforme a PM, “a motivação [da briga] ficará a cargo da instrução criminal. O Comando da corporação tem interesse que o ocorrido seja esclarecido e adotará o rigor da lei, caso não haja dúvida da autoria do PM e motivação fora dos casos de excludentes de criminalidade, previstas em lei penal vigente, de forma justa e exemplar.”

Ao final da instrução criminal, o autor do disparo, que não teve o nome divulgado e tem sete anos na PM, poderá ser submetido a um processo de licenciamento e ser expulso dos quadros da corporação.

Bom comportamento
Já o cabo Adriano Batista era natural de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e estava na corporação há pouco mais de 10 anos. De acordo com a PM, ele era “considerado por todos um bom policial, tinha comportamento excepcional, era casado e tinha um filho”.

Em nota, o Comando da PM repudiou “a forma assustadora e violenta em que ocorreu o episódio e já determinou, através do Comando do 11° Batalhão, onde os policiais são lotados, e do Centro de Assistência Social, total apoio aos familiares do PM.”

O Comando da corporação ressaltou “que o crime não choca apenas a sociedade, como também os cerca de 20.300 policiais militares, valorosos homens e mulheres, que na causa da segurança pública dedicam suas vidas para proteger o cidadão em todo território estadual, envergando seus uniformes e patrulhando cada região de Pernambuco com suas mais de 1.000 guarnições lançadas diariamente.”



Fonte G1



Leia mais

Idoso é preso após atirar no próprio filho no Sertão da PB

Na noite do domingo (30), um idoso de 67 anos foi preso depois de atirar no filho na cidade de Bonito de Santa Fé, no Sertão paraibano. De acordo com a Polícia Militar, o homem chegou na casa do pai e, antes de abrir a porta da residência, o idoso disparou atingindo o filho

A polícia informou que o idoso estava bebendo em casa com um amigo quando ouviu alguém batendo na porta. Sem perguntar quem era, disparou atingindo a perna do filho.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu a vítima e a levou para o Hospital Regional de Cajazeiras. Segundo a unidade de saúde, o homem passa bem. O idoso foi preso e levado para a delegacia da cidade, onde continuava detido até o início da manhã desta segunda-feira (31).

A polícia ainda apreendeu na residência do idoso dois revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 32, duas espingardas tipo soca-soca, munições de diversos calibres, inclusive algumas deflagradas, dois coldres de revólver e uma bolsa usada em caças.




Fonte clickpb



Leia mais

Explosão na cadeia de Itaporanga deixa em alerta agentes penitenciários e PM

Um artefato explosivo foi jogado no interior da cadeia pública da cidade de Itaporanga. O fato ocorreu neste domingo(30), e assustou agentes penitenciários, policiais e até os detentos. Segundo informações, o explosivo foi arremessado para dentro da cadeia por volta das 19:00 horas.

No momento da explosão, os agentes penitenciários e PMs que estavam no local, suspeitaram de uma fuga em massa, já que o explosivo causou um grande forte barulho. Instantes depois da explosão, o local foi cercado pela polícia. Segundo populares, o artefato foi lançado por dois homens que pilotavam uma moto.

Os motoqueiros usavam capacetes e saíram em alta velocidade do local. Até o momento nenhuma pessoa foi presa.



Fonte Vale News PB




Leia mais

domingo, 30 de agosto de 2015

Prefeitura é condenada a indenizar famílias de estudantes mortos em pau de arara, no Sertão da Paraíba...

O juiz Diego Guimarães, da 4ª Vara da comarca de Sousa (PB), julgou, na última quinta-feira (27/08), o caso do acidente ocorrido no dia 23 de maio de 2006 na Rodovia PB-391, entre os municípios de Sousa e Uiraúna, que envolveu um ônibus e um veículo pau-de-arara, que transportava estudantes, e deixou 13 mortos e 15 feridos.

De acordo com a decisão judicial, as famílias vítimas das vítimas devem receber até R$ 500 mil.

O valor total da ação para as famílias dos 13 mortos poderá ultrapassar os seis milhões e devem ser pagos pela prefeitura municipal de Vieirópolis.

O acidente

De acordo com informações da Polícia Militar, ao desviar de uma carroça de burro, um ônibus pertencente a Prefeitura Municipal de Vieirópolis colidiu na lateral de um veículo pau-de-arara que estava com os estudantes. Todas as vítimas fatais estavam no pau-de-arara.

Nesta sexta-feira (28), o advogado Cláudio Diniz, que defende os interesses das famílias dos estudantes mortos no acidente, falou sobre o caso. “Nove anos após a tragédia, as famílias das vítimas já foram comunicadas da decisão da justiça e irão receber a indenização”, disse.


“A dor das famílias persiste até hoje, foi uma grande tragédia e essas pessoas ainda vivem esse pesadelo. O processo corre em segredo de justiça, e depois de nove anos, felizmente a prudência e o bom senso do magistrado prevaleceu para condenar a Prefeitura em pagar aos familiares dessas vítimas”, acrescentou.



Fonte Do Diário do Sertão



Leia mais

CGU alerta que falta de transparência impede municípios de receberem verbas

A falta de transparência na gestão pública pode acarretar sérias punições para municípios, dentre eles a suspensão do repasse de verbas do Governo Federal. O alerta foi feito pelo auditor da Controladoria-Geral da União (CGU -PB), Gabriel Aragão. Segundo ele, mais de cem municípios paraibanos já foram punidos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) devido à falta de transparência e respeito aos recursos públicos. Mas destacou que ainda cabem recursos.

Gabriel Aragão explicou que, apesar das punições do TCE, o Estado tem melhorado e já ocupa a 7ª colocação no ranking das capitais brasileiras com melhor desempenho área da transparência, segundo pesquisa do IBGE. “A situação está melhorando, mas precisamos melhorar mais”, observou o auditor, lembrando que o acesso à informação é direito de todo cidadão, durante participação na 1ª Mostra Paraíba Transparente, realizado pelo Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), nesta semana em João Pessoa.

Segundo Gabriel Aragão, desde 2013, quando foi criado o Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco/PB), a prática da transparência pública nos municípios tem sido valorizada pelos gestores paraibanos. Um reflexo dessa realidade é que, no mesmo estudo desenvolvido pelo IBGE, em que o Estado entre os melhores, há quatro municípios da Paraíba com destaque no TOP 20, que traça o Mapa da Transparência no país. São eles: em 3º lugar – Nazarezinho (9,58); 12º lugar – São José do Sabugi (8,47), 13º lugar – João Pessoa e em 14º lugar -Taperoá (8,33).

Para o auditor da CGU, o aumento da prática da transparência na gestão pública na Paraíba se deve, em especial, a postura que o TCE e o Ministério Público Estadual (MPPB) têm assumido em cobrar e fiscalização as ações administrativas em nível estadual e municipal, bem como a disponibilização de informações para a sociedade. “Hoje, praticamente todos os municípios paraibanos tem o Portal de Transparência”, ressalta Gabriel Aragão, explicando que alguns estão fora do ar por problemas técnicos, mas a ferramenta existe.

Multas

Gabriel Aragão destacou o TCE abriu um processo de transparência para cada município paraibano, com a possibilidade de ampla defesa para os gestores municipais. Mesmo assim, desde 2014, quando teve o início o julgamento dos processos, 112 Prefeituras já foram punidas, com multas que já totalizam quase R$ 400 mil, só com problemas relacionados a falta da prática de transparência. Além disso, o MPPB emitiu mais de 57 Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), nove ações civis públicas e algumas recomendações cobrando que sejam disponibilizadas informações para os cidadãos.

Outras Punições

Além das altas multas, outras punições pesadas podem ser aplicadas aos gestores públicos que não se preocupam com a transparência. Segundo o auditor da CGU, os gestores podem responder por improbidade, por crime de responsabilidade, pode fazer o município deixar de receber recursos federais, de convênios, de contratos de repasse – que a gente chama de transferências voluntárias, assim como o Estado também pode deixar de transferir recursos.

Recursos Federais

O fluxo de punição, no que tange os convênios federais, está sendo confirmado ainda pelo Governo Federal. Na Paraíba os julgamentos dos processos ainda estão em andamento e as Prefeituras têm amplo direito de defesa. Com isso, dos 112 casos no Estado estão com em andamento. “Mas há possibilidade desse tipo de punição. Quem não liga, quem não possibilita o acompanhamento de sua gestão tem sério risco de ter problemas com a liberação de recursos federais e até problemas mais sérios”, alertou o auditor.


Aragão explicou que as punições se justificam porque se trata do desrespeito a um direito que possibilita a cidadania, um direito que pode ajudar o cidadão no acompanhamento de qualquer área, inclusive da Educação, Saúde e Assistência Social.


“A transparência é fundamental para que o cidadão tenha o direito de acompanhar a gestão pública, uma vez que a Constituição Federal diz que todo poder emana do povo”, afirmou o auditor da CGU, lembrando que a transparência é uma grande ferramenta de combate à corrupção.




Fonte Clickpb



Leia mais

Arcebispo da Paraíba é suspenso pelo Vaticano; Religiosos criticavam presença do Bispo em protestos

Arcebispo da Paraíba está proibido de ordenar padres e diáconos e de receber novos seminaristas até que o Vaticano finalize investigações em curso.

Pode celebrar missa e casamento, mas não pode ordenar padres e diáconos. É com essa limitação que o arcebispo dom Aldo Pagotto continua à frente da Arquidiocese da Paraíba, onde chegou no ano de 2004. Quem revela essa restrição é um grupo de padres, que pediu o anonimato para esmiuçar o que acontece nos bastidores da Igreja Católica na Paraíba. Dom Aldo estaria proibido de ordenar presbíteros e diáconos, desde o início deste ano, por determinação do Vaticano.

A crise no clero da Paraíba não se instalou da noite para o dia. Segundo um padre que não quis se identificar, a insatisfação com o arcebispo foi crescendo ao longo dos anos. O ápice se deu em 2013, quando ocorreu uma visita canônica, ocasião na qual um representante do Vaticano veio a João Pessoa com a missão de ouvir os religiosos sobre a realidade vivida na Arquidiocese da Paraíba. Ao todo, 26 padres prestaram depoimentos contrários à conduta de Pagotto.

A visita canônica ou visita apostólica é uma iniciativa da Santa Sé, que prevê o envio de um representante – visitador apostólico – para avaliar um instituto eclesiástico, como uma diocese. No caso da Paraíba, o visitador apostólico foi o então arcebispo de Garanhuns (PE), dom Fernando Guimarães, hoje arcebispo da Diocese Militar em Brasília.

Um relatório foi feito e se transformou em um processo que tramita na alta cúpula da Igreja. No início deste ano, segundo o grupo de padres, dom Aldo foi a Roma prestar esclarecimentos sobre as investigações envolvendo seu nome. A expectativa é de que o Vaticano emita um parecer sobre a situação até novembro próximo, que pode ser, inclusive, a saída de dom Aldo.

A reportagem procurou a Nunciatura Apostólica, em Brasília, onde foi dito que o órgão não presta informações sobre nenhum processo, independentemente de sua natureza. A Nunciatura, que representa o Vaticano no Brasil, recomendou procurar a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que, por sua vez, não enviou resposta ao que foi solicitado.

As reclamações são muitas, mas o pedido dos religiosos é claro: eles querem a saída do arcebispo. A principal queixa contra Pagotto é a falta de diálogo e a tomada de decisões de forma unilateral. “Ele não ouve ninguém, não consulta quem deve ser consultado. É um bispo que se considera dono da Igreja”, reclama um dos padres. Nem mesmo o Conselho Presbiteral participaria das decisões do arcebispo, segundo o grupo.

Suspenso de ordenar, dom Aldo tenta se defender do que classifica de denúncias infundadas. A Arquidiocese da Paraíba rebate a informação e diz que isso não existe. Contudo, revela que não há previsão de nova ordenação. A decisão de ordenar presbíteros e diáconos é exclusiva do bispo, segundo os regulamentos da Igreja Católica. Em outras palavras: é o bispo quem decide quando deve ordenar novos padres e diáconos, quando achar que eles estão prontos para isso, sem ter que se alongar nas explicações. A arquidiocese pede provas em relação às denúncias.

Procurado pela reportagem para dar sua versão, o arcebispo limitou-se a dizer a seguinte frase:"Isso de novo? É tudo calúnia". Depois disso, todas as respostas foram dadas pela assessoria de imprensa da Arquidiocese da Paraíba.

Religiosos criticam presença do bispo em protestos

Dividido, o clero da Paraíba vê dom Aldo como “o bispo que não deu certo”. O ministério dele não é aprovado, assim como suas atitudes. Recentemente, a presença do arcebispo nas manifestações de rua pedindo impeachment da presidente Dilma Rousseff foi vista como uma afronta ao que prega a Igreja. Ironicamente, o bispo que vai às ruas pedir a saída da presidente, enfrenta o pedido de impeachment dentro de sua própria Igreja.

Os padres lamentam o envolvimento de Pagotto em escândalos. “A presença de dom Aldo em manifestações de rua arranha a imagem da Igreja, e isso não é visto. Ele não representa a Igreja nesses e em muitos outros momentos”, declara um dos párocos. Os religiosos esperam de Roma uma solução: a saída de dom Aldo.

Um bispo de decisão forte, que enfrenta as denúncias sem se abalar. É assim que a Arquidiocese da Paraíba descreve dom Aldo Pagotto, que completa 66 anos no próximo dia 16. Há 11 anos na Paraíba, depois de ser bispo em Sobral, no Ceará, ele rebate as denúncias. Afirma que são infundadas e sem lógica. Nega que esteja proibido de ordenar presbíteros e diáconos e diz que o calendário de ordenação segue normalmente. A última aconteceu em dezembro do ano passado, mas a próxima ainda não tem data prevista.

Segundo a Arquidiocese, o arcebispo consulta os conselhos presbiteral e pastoral, mas sua decisão é soberana, conforme preveem as normas da Igreja. As reuniões acontecem normalmente. A última delas, com o conselho pastoral, foi realizada no dia 22 de agosto. É durante essas reuniões que surgem discussões como, por exemplo, a transferência de padres de uma paróquia para outra. O objetivo dessa mudança, explica a Arquidiocese, é para evitar comodismo entre os padres.

Pagotto não esconde que vai às ruas durante as manifestações. Mas diz que o intuito é o de pedir ética e transparência na política. Embora já tenha sido visto ao lado de lideranças políticas durante o tempo em que está na Paraíba, ele afirma que não se envolve com política partidária. Pagotto não vê problema, por exemplo, em “se vestir” com a bandeira do Brasil e se juntar a outros manifestantes que pedem a saída da presidente.



Fonte/Jornal da Paraíba

Fonte



Leia mais

Motorista perde controle do veículo e fica pendurado no Canal do Frango em Patos

Por pouco um acidente de maiores proporções não foi registrado na manhã deste sábado, (29), em Patos.
O motorista de um veículo modelo Fiat Uno perdeu o controle do carro e ficou pendurado na mureta do Canal do Frango, no bairro Belo Horizonte. A grade de proteção evitou que o automóvel despencasse e caísse dentro do Canal. Segundo o motorista, o acidente aconteceu após ele tentar desviar outro veículo.

A 4ª Companhia de Policiamento de Trânsito foi acionada e o carro foi removido.

Por sorte, o condutor do veículo não teve ferimentos.



Fonte maispatos.com



Leia mais

Paraibana cria sistema de consumo sustentável da água em casa

Casa foi projetada para evitar desperdícios e consumo consciente da água.
Sistema reaproveita água de esgoto e da chuva.

Preocupada com o consumo desenfreado de água potável disponível no planeta, a engenheira civil Claudiana Maria sentiu a necessidade de contribuir para a solução desse problema. A solução, segundo ela, foi projetar e instalar na sua residência, em João Pessoa, um sistema sustentável de reaproveitamento de água. A engenheira é doutora em sustentabilidade e garante: "Fiz isto por consciência ambiental, por amor à natureza"

A casa de Claudiana é abastecida por água de poço artesiano e utiliza dispositivos próprios de consumo consciente da água, além de um 'telhado vivo', com terra e plantas para receber a água da chuva. Ela faz também reaproveitamento da água do esgoto.

Segundo a proprietária da casa, que além de engenheira civil também é professora de instalações hidro sanitárias do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), o sistema sustentável da sua casa começou a ser instalada no ano de 2011, período em que estudava sobre o tema.

“Durante o doutorado, decidi contribuir para a sustentabilidade do planeta, pois se a água é vida e esta está comprometida pela sua quantidade reduzida decorrente do consumo desenfreado e pela ausência de conhecimento, não podia ficar inerte a tudo isso”, comentou ela.

A dona da casa sustentável conta que, por abastecer sua casa com água de poço artesiano para uso doméstico, não paga conta de água para a concessionária de João Pessoa. Entretanto, disse estar ainda mais cuidadosa com o consumo pois considera grande a responsabilidade com o uso dessa água proveniente de uma bacia hidrográfica, por ser de todos.

Casa sustentável

A casa foi projetada preventivamente para redução do consumo de água, manutenção das instalações e custos da obra, segundo a própria dona. "Por exemplo, a área molhada: banheiro possui os seus dispositivos higiênicos e aparelhos sanitários (vaso sanitário, chuveiro e lavatórios) dispostos de tal forma que o seu funcionamento é independente. Esse sistema possibilita que três pessoas possam utilizá-los ao mesmo tempo”, relatou.

De acordo com Claudiana, com esse sistema a área molhada pode ter também múltiplas funções: lavabo, banheiro social, suíte e de serviço a partir do seu acesso específico. “Dessa forma, não há necessidade de tantos aparelhos sanitários que não sendo utilizados podem gerar vazamentos e manutenções constantes”, conta.

Ela disse que em sua casa também é possível encontrar dispositivos de redução de água, como por exemplo, para o uso da caixa de descarga com duplo acionamento, torneira com abertura de 1/4 de volta e redutor de vazão (arejador). Há também o reaproveitamento da água do esgoto que é tratado e alimenta as bananeiras do jardim. O objetivo do projeto arquitetônico é evitar a poluição pelos resíduos gerados pela casa.

Telhado vivo

A sustentabilidade está por todos os lados casa, inclusive no teto. A dona da residência explicou que teve a ideia de manter um 'telhado vivo', que é um sistema com terra e plantas que recebem a água da chuva. O excesso é coletado para molhar o jardim e as árvores que estão no terreno, um jacarandá mimoso, abacateiro, goiabeira e um pé de jenipapo.


(Área molhada projetada para evitar desperdícios)

(Telhado vivo faz parte do sistema sustentável da casa da engenheira (Foto: Claudiana Maria/Arquivo pessoal)


Fonte Do G1 PB




Leia mais

Obra pública que ainda seria entregue em Ibiara desmorona por inteiro neste sábado

Uma obra pública (um portal) acabou desmoronando no incio da tarde deste sábado, 29, na cidade de Ibiara (PB).

A obra que fica localizada a pouco mais de 500 metros do centro da cidade, foi finalizada há poucos meses e ainda seria entregue a população ibiarense.

O projeto arquitetônico da obra mostrava um design muito arrojado, porém não se sabe ao certo se a causa do desmoronamento foi provocada pela qualidade dos materiais utilizados ou fatores da natureza.






Fonte Do DiamanteOnline



Leia mais

sábado, 29 de agosto de 2015

Seis policiais militares foram mortos nos oito primeiros meses na Paraíba

Em apenas um caso o policial estava em serviço, aponta levantamento.
Delegado de homicídios de João Pessoa descarta atentados contra policiais.

Seis policiais militares foram assassinados entre janeiro e a metade do mês de agosto de 2015 na Paraíba. Conforme levantamento feito pela Polícia Militar da Paraíba, dos seis homicídios, apenas um deles foi morto em serviço, na cidade de Santa Rita. Nos demais casos, três foram assassinados em horário de folga e outros dois eram policiais militares reformados.

Os crimes foram registrados em João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Lucena, cidades que integram a Região Metropolitana de João Pessoa, e em Ibiara e Patos, ambas localizadas no Sertão paraibano. O último crime ocorreu no dia 18 nas proximidades da ladeira do Cuiá, no bairro Valentina de Figueiredo, Zona Sul da capital paraibana, quando um cabo foi morto a tiros.

Este ano, o mês de agosto foi o mais violento para os policiais militares na Paraíba, com registro de metade dos casos. Além da morte do PM no Cuiá, dois militares reformados foram assassinados em Bayeux, no dia 12, e em Lucena, no dia 3. O delegado titular de Homicídios de João Pessoa, que investiga o caso do cabo morto, destacou que apesar das recentes mortes de policiais, não há um padrão que configure a ação de um grupo dedicado a matar policiais.

“Em todos os casos investigados pela delegacia de homicídios não foi possível encontrar um padrão que possa caracterizar uma espécia de atentado contra os policiais. Há uma particularidade em cada uma das mortes. Em um caso o crime é motivado por uma desavença particular do policial, em outro é atrelado a algum trabalho extra do policial. Diante desses indícios, não temos como afirmar que existe um esquema de atentado contra os policiais”, comentou.
Relembre os casos por data

João Pessoa - 18 de agosto

Um cabo da Polícia Militar, que trabalhava no Regimento de Polícia Montada, foi morto a tiros na noite do dia 18 de agosto em João Pessoa. O policial, que não estava em serviço, foi surpreendido e atingido por disparos de arma de fogo nas proximidades da ladeira do Cuiá, no bairro Valentina de Figueiredo, Zona Sul da capital paraibana. A polícia localizou a possível arma utilizada no crime. O delegado Reinaldo Nóbrega afirmou que uma testemunha ocular deu detalhes do homicídio. Um homem se apresentou na delegacia para prestar depoimentos sobre o homicídio. Até a segunda-feira (24), nenhum suspeito havia sido preso.

Bayeux - 12 de agosto

Um sargento reformado da Polícia Militar da Paraíba, de 52 anos, foi baleado quando chegava em casa no bairro de Mário Andreazza, em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, na manhã do dia 12 de agosto, de acordo com a Polícia Civil. Ele foi socorrido e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. O sargento trabalhava como taxista. Após ser baleado, ele teve a arma roubada pelos suspeitos. O caso continuava sendo investigado pela Polícia Civil até a segunda-feira (4) sem suspeitos presos.

Lucena - 3 de agosto

Um coronel reformado da Polícia Militar, de 56 anos, foi baleado na frente de casa no município de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. De acordo com informações da polícia, homens em uma motocicleta teriam passado pela rua e disparado, pelo menos três tiros contra o militar, que foi atingido no abdome e no tórax. Ele foi levado para o hospital consciente e orientado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ninguém havia sido preso até a segunda-feira (24), segundo a polícia.

Santa Rita - 9 de junho

Um policial militar, de 46 anos, morreu e um outro, de 28 anos, ficou ferido durante um tiroteio com suspeitos de tentar praticar um homicídio em Santa Rita, na Grande João Pessoa, na noite do dia 9 de junho. Segundo informações da Polícia Militar, os dois policiais faziam buscas por um suspeito de tentar um homicídio quando se envolveram em uma troca de tiros. Os dois policiais foram encaminhados para Unidades de Pronto Atendimento de Tibiri, em Santa Rita. O sargento da PM, de 46 anos, morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade. Dois homens foram presos suspeitos da morte do policial militar.

Patos - 6 de junho

Um policial militar foi morto na madrugada do dia 6de junho, em Patos, Sertão da Paraíba, durante um assalto a um posto de gasolina. O policial chegou ao local para abastecer sua moto quando percebeu a ação dos criminosos e reagiu. Na troca de tiros com os assaltantes, o cabo da Polícia Militar ficou ferido gravemente. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas chegando até o local o policial militar já estava morto. Cinco pessoas foram presas suspeitas de participação na morte do PM. Na ocasião, a Polícia Militar chegou a desfilar em carro aberto com os suspeitos pelas ruas de Patos.

Ibiara - 17 de fevereiro

Um sargento da Polícia Militar foi assassinado na manhã do dia 17 de fevereiro na cidade de Ibiara, que fica no Sertão da Paraíba. A vítima ocupava o cargo de comandante do destacamento da cidade de Diamante, também no Sertão. O sargento foi morto com diversos tiros no Sítio Malhadas, zona rural de Ibiara. O sargento assassinado alugava o pasto do sítio para outra família que criava gado, o espaço era utilizado para alimentar os animais. A relação comercial era tido como a motivação para o crime, segundo a polícia. Dois homens foram presos como suspeitos do crime.

Fonte Do G1 PB




Leia mais

Agricultor é atropelado no Bairro do Jatobá em Patos

Uma cena forte foi presenciada por algumas pessoas na tarde deste sábado (29/08) na Rua Manuel Mota, bairro do Jatobá, setor Sul de Patos.

O Senhor Valdeci Marinheiro dos Santos, agricultor, residente na Rua Maria da Guia do Ó, bairro Mutirão, tentava atravessar a avenida principal do bairro quando foi atropelado por um veículo, modelo Ford Fiesta, cor vermelha, placas OGG 1430 – Patos.

Com a força do impacto (segundo testemunhas), a vítima foi lançada há alguns metros de distância, já o veículo teve o para-brisa praticamente destruído.

Populares acionaram rapidamente o SAMU, que compareceu ao local, realizou os procedimentos de praxe e conduziu a vítima para o Hospital Regional de Patos.

Algumas pessoas ficaram preocupadas, pois o agricultor chegou a perder muito sangue no local do acidente.

Segundo informações apuradas por nossa equipe, até o início da noite, seu Valdeci Marinheiro dos Santos, estava internado no HRP, esperando por cirurgia.



Veja o vídeo:






Fonte



Leia mais

Dia de 05 de setembro tem Vaquejada em Catingueira. Confira as atrações!

No próximo dia 05 de setembro (sábado) será realizada em Catingueira a 3ª grande vaquejada do parque e haras “HA ALVORADA” com premiação de 12 mil reais

O valor da senha será de R$ 250,00 (as duas abertas) e R$ 100,00 (as duas regionais). Será 10 mil reais o aberto e 2 mil para o regional.

A animação do evento será ao som de João André e Forró na Faixa, e Roberto Vaneirão.

A vaquejada é uma realização do empresário Geraldo de Zequinha.

Mais informações:

9 8141-0503 – Falar com Gugu
9 8131-6761 – Falar com Dadinha
9 8128-5619 – Falar com Geraldo de Zequinha
9 8195-5655 – Falar com Geu


Veja abaixo o cartaz da festa




Fonte catingueiraonline



Leia mais

Produção de tanques de carros-pipa aumenta por causa da seca na Paraíba

A produção de tanques usados em carros-pipa mais que dobrou em uma metalúrgica da cidade de Queimadas, no Agreste paraibano, por causa de seca que atinge a região em 2015.

Com a crise hídrica, moradores de diversas cidades recebem água apenas por meio de caminhões-pipa e o número de pipeiros se elevou.

A metalúrgica do empresário Manoel Donato produz os tanques que são montados em caminhões.

Em 2014 a empresa produzia três tanques por semana, mas a demanda aumentou este ano e a produção chega a sete tanques por semana. Depois de pronto, a ”pipa” é vendida em vários locais da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas e Bahia.

O tanque pode ser feito de dois materiais, o inox ou a chapa preta. A escolha da matéria-prima depende da preferência do cliente. A de Inox chega a custar três vezes mais caro na metalúrgica de Manoel Donato.

Após a escolha do material, as placas são cortadas em uma guilhotina e em seguida são moldadas por uma máquina. O tamanho e o formato do tanque varia de acordo com a encomenda. A ”pipa” pode armazenar de sete a 18 litros de água.

O passo seguinte é a montagem. O tanque é soldado e depois deve ser pintado. Quando for produzido de chapa preta, a pintura também é necessária porque impede o enferrujamento e a contaminação da água. O acabamento já é feito com o tanque montado em cima do veículo.



Fonte G1 PB



Leia mais

Homem é preso suspeito de tentar matar companheira a facadas no Vale do Piancó

Um homem de 32 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (28) suspeito de ter esfaqueado a esposa.


O crime aconteceu por volta das 2h, em Santana dos Garrotes (Sertão do estado, a 415 km de João Pessoa).

Segundo informações divulgadas pelo comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar, major Guedes, o suspeito foi preso em flagrante.

Após a agressão contra a mulher, ele tentou fugir a pé, mas vizinhos acionaram a polícia e o homem foi preso quando estava próximo a entrada da cidade de Perra Branca.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi enviada até a casa da vítima. Ela foi levada para um hospital e não corre risco de morte, segundo a Polícia Militar.

Já o companheiro dela foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Itaporanga, onde foi autuado por tentativa de homicídio.



Fonte Do 13º BPM



Leia mais

Trio é preso após tentar roubar 2 quilos de ouro em Pombal

Francisco Éverton Alves da Silva, Luciano Pereira e Genivaldo Carlos de Sousa foram presos, na manhã deste sábado (29), em Patos, acusados de assaltos na região do Sertão. A pisão foi efetuada pelo Grupo Tático Especial de Patos e a Delegacia de Roubos e Furtos de João Pessoa.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu por volta das 05h00, quando os supostos assaltantes teriam tentado roubar 2kg de ouro na residência de um comerciante da cidade de Pombal.

Na fuga, eles foram abordados pelos policiais civis na BR-230, nas proximidades da Cruz da Menina, em Patos.

Também foram apreendidos um revólver Taurus calibre 38, uma pistola Taurus calibre 380 e 38 munições intactas.

Foi lavrado o auto de prisão em flagrante dos mesmos e em seguida foram encaminhados ao Presídio de Segurança Máxima de Patos.



Fonte MaisPB



Leia mais

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Paraibano da cidade de Catingueira participa de desafio em rede nacional. Veja o vídeo!

A Rede Record de Televisão, através do programa “Balanço Geral”, exibiu na tarde desta sexta-feira (28) em rede nacional uma reportagem especial, mostrando um desafio diferente.

O programa convidou um pizzaiolo, um sushiman e um churrasqueiro para poderem apreciar um rodízio diferente do que eles estão acostumados. Eles precisavam adivinhar qual o tipo de rodízio que estavam apreciando.

A novidade ficou por conta do paraibano da cidade de Catingueira que participou da reportagem. José Félix, que trabalha na cidade de São Paulo como sushiman, aceitou o desafio do repórter Giuliano Marcos.

A reportagem começou a ser mostrada no restaurante Sushi DaMoka, local onde José Félix trabalha. O repórter abordou a gerente Camila Pires, também da cidade de Catingueira, e perguntou se ela liberada o sushiman para participar do desafio.

Em seguida, após a liberação, José se dirigiu até o local do desafio para apreciar “um rodízio diferente”.

A reportagem exibida na TV teve uma maior duração do que a do Portal R7, local onde se encontra hospedado o vídeo. Portanto, no vídeo abaixo foi cortado alguns trechos da reportagem pela própria Record. [ASSISTA ABAIXO O RESUMO]




Está não foi a primeira vez que o restaurante Sushi DaMoka foi escolhido por uma equipe de televisão para uma reportagem.

Outro episódio que encheu de orgulho os dois sócios do restaurante foi uma reportagem feita pelo “Jornal da Globo” dentro do restaurante. O telejornal global acabou escolhendo o ambiente do Sushi DaMoka para realização de algumas entrevistas sobre um tema especifico abordado na matéria (veja abaixo no link).


Catingueirense recebe importante prêmio de qualidade em São Paulo. [FOTOS]




Fonte catingueiraonline



Leia mais

Em um mês, 3 mil homens saem do Sertão da PB para cortar cana em SP

Levantamento feito pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mostrou que cerca de 3.000 paraibanos foram para o estado de São Paulo para trabalhar no corte de cana-de-açúcar em janeiro deste ano. Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT) na Paraíba, esses trabalhadores saem, principalmente, das cidades de São José de Piranhas, Princesa Isabel, Juru, Água Branca e Tavares, todas no Sertão paraibano.

Diante desse número, o MPT se reuniu com representantes da Federação dos Trabalhadores Rurais do estado para debater o êxodo trabalhista, discutir as condições em que essas pessoas são transportadas e traçar estratégias de combate a irregularidades.

No encontro, foram definidas estratégias de atuação com o intuito de modificar a realidade hoje observada. Inicialmente, será realizado evento voltado aos representantes dos sindicatos de trabalhadores rurais das regiões nas quais há recrutamento de obreiros para trabalhar no Sudeste do país, com a finalidade de alertá-los acerca da relevância da atuação sindical na verificação do cumprimento das exigências legais para o transporte de trabalhadores pelas empresas que contratam mão de obra, bem como repassar instruções de como proceder em situações de transporte irregular. O evento ocorrerá em Patos, no dia 7 de outubro.

Êxodo

Em geral, os trabalhadores são transportados durante os meses de janeiro, fevereiro e março de cada ano. Segundo a representante da Federação dos Trabalhadores da Agricultura da Paraíba em São José de Piranhas, Gerlândia Vieira de Morais, as viagens são iniciadas após a devida anotação das Carteiras de Trabalho e Previdência Social e apresentação das Certidões Declaratórias de Transporte de Trabalhadores ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais daquele município. Contudo, essa não é a realidade verificada em outras cidades, de onde partem diversos trabalhadores sem a garantia dos direitos trabalhistas.

“A relevância da anotação da CTPS no local da contratação repousa no resguardo, durante a própria viagem, dos direitos dos trabalhadores que estão sendo deslocados dentro do território nacional, a garantia da existência do trabalho e a possibilidade de monitoramento desses obreiros pelos Sindicatos de Trabalhadores Rurais de sua localidade” destaca a procuradora Marcela Asfóra.



Fonte: Portal Correio



Leia mais

Agricultor é preso por atirar em cachorro

O agricultor Sebastião Bento, de 51 anos, foi preso, na última quarta-feira (26), acusado de porte ilegal de armas e maus tratos contra animais, no sítio Ipueira, município de Santana dos Garrotes, onde reside.

Ele foi autuado pela delegada Sílvia Alencar, horas depois de ser preso por policiais militares. No entanto, pagou fiança de R$ 500 reais e vai responder em liberdade.

Segundo informações policiais, armado com uma espingarda, o agricultor atirou contra um cachorro, que foi ferido, mas conseguiu sobreviver. O fato revoltou moradores da comunidade rural, que acionaram a polícia. O homem foi preso e encaminhado à delegacia de Piancó, junto com a espingarda.



Fonte MaisPB



Leia mais

Motel é furtado na cidade de Piancó

A polícia militar da cidade de Piancó conseguiu prender por volta das 2:30 horas da madrugada desta sexta-feira(28) José Manoel Evangelista da Silva, 18 anos de idade, Thiago Lacerda Costa, 19 anos de idade e João Paulo Leite de Souza 19 anos de idade.

O trio é acusado de furtar um frigobar de um motel “Paraiso Motel”, na cidade de Piancó. A PM foi acionada pelo funcionário que percebeu uma movimentação estranha no interior do local.

O funcionário informou ainda que, um dos acusados locou um dos apartamentos, no entanto, desconfiou das atitudes do hospede. Em seguida resolveu inspecionar a área externa e se deparou com frigobar em cima do muro do motel. Ele acionou o alarme e chamou os policiais.

Após a prisão, os causados foram encaminhados para a delegacia de polícia civil de Piancó.



Fonte Vale News PB




Leia mais

Empresária é morta a tesourada após cobrar dívida de R$ 16 mil a cliente na Paraíba

A dona de um posto de combustível foi assassinada com uma tesourada no peito na tarde desta sexta-feira (28) no município de Lagoa Seca, no Agreste paraibano, a 162 km de João Pessoa. A vítima teria sido ferida após cobrar uma dívida de cerca de R$ 16 mil a um homem que trabalha como pipeiro na região. A mulher chegou a ser socorrida, mas morreu antes de dar entrada em uma UPA em Campina Grande. Um enteado da vítima também foi ferido durante o crime com uma tesourada nas costas.

Segundo a polícia, o pipeiro teria ido ao posto de combustível e sido abordado pela dona do estabelecimento, que cobrou a dívida.

Irritado, o suspeito teria pego uma tesoura e golpeado a mulher na altura do peito, ferido o enteado dela nas costas e conseguido fugir.

A mulher foi socorrida para uma UPA em Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de dar entrada na unidade.

O enteado da vítima foi socorrido para o Hospital de emergência e Trauma em Campina Grande, onde recebeu atendimento e deve, segundo a assessoria de imprensa da unidade, receber alta hospitalar por volta das 16h45.

Ainda segunda a polícia, diligências foram realizadas para tentar encontrar o suspeito do crime, mas ele conseguiu fugir por um matagal.


Fonte: Por Halan Azevedo
imagem meramente ilustrativa




Leia mais

Ministério da Saúde lança versão digital do Cartão SUS; baixe gratuitamente

O Cartão SUS, a identidade do cidadão no Sistema Único de Saúde (SUS), ganha uma versão digital em aplicativo, chamado Cartão SUS Digital, onde serão disponibilizadas ferramentas importantes como o controle da aferição de pressão e medição de glicemia, o que é essencial para quem tem diabetes e hipertensão. O aplicativo já está disponível para smartphones com sistema Android e a previsão é de que em novembro ele já esteja disponível na Apple Store. Clique aqui para o download gratuito.

Ao preencher as informações, a ferramenta mostrará, com auxílio de gráficos, os últimos registros de pressão máxima e mínima, bem como a evolução das taxas de glicemia.

Não será necessário validar para o uso, apenas baixar o aplicativo, seguir as instruções de cadastro e utilizar. A versão digital será mais uma possibilidade de acesso do cidadão ao Cartão SUS, e o cartão físico continuará valendo.

O cidadão também poderá indicar se possui alguma alergia, informar se faz uso contínuo de medicamentos, adicionar contatos de emergência e compartilhar as informações com médicos por quem estejam sendo acompanhados, o que permite traçar o diagnóstico e ofertar o tratamento mais adequado ao histórico do paciente. O aplicativo passará por atualizações nos próximos meses o que ampliará a oferta de serviços disponíveis.

As unidades da rede pública de saúde devem prestar atendimento à população independentemente da apresentação do cartão. Se o paciente não tiver o cartão (digital ou em mídia plástica) ou mesmo o número, o registro pode ser feito no momento do atendimento. Isso vale tanto para as unidades públicas como privadas.

Para descobrir o número do Cartão físico (de papel ou plástico), o cidadão pode entrar no aplicativo, informando seu número de CPF e data de nascimento. Para quem ainda não possuir, o Cartão SUS é emitido pelas unidades de saúde pública que prestam atendimento ao cidadão nos estados e municípios. Desta forma, basta se dirigir a Unidade Básica de Saúde mais próxima da casa do cidadão para efetuar o cadastro. É necessário informar o nome do usuário do SUS, o nome da mãe, o sexo, raça e etnia, o município de naturalidade, a data de nascimento e o endereço.

Fonte portalbrasil



Leia mais

Homem efetua disparos em via pública e acaba preso no Vale do Piancó

Antonio Carlos Coelho da Silva, 30 anos, residente no Bairro São Geraldo, foi preso, por volta da meia noite desta quinta-feira (27), na cidade de Conceição (PB), depois de efetuar disparos em via pública.

De acordo com informações da 2ª Companhia de Polícia Militar, uma guarnição da polícia militar fazia rondas, quando recebeu a informação via Copom que o acusado teria efetuado dois disparos, um nas proximidades do Fórum e o outro em frente à escola Bindo Leite.

Em seguida foram iniciadas as diligências e o acusado foi localizado em frente à Companhia de Polícia.

A polícia fez a abordagem e encontrou com o acusado um revolver calibre 38 com duas cápsulas deflagradas. Segundo a polícia, ele apresentava fortes sintomas de embriaguez e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Conceição, onde foram tomadas as providências cabíveis.






Fonte Vale do Piancó Notícias



Leia mais