Facebook

Itaporanguense inaugura nesta quarta-feira, maior candeeiro do mundo

Mais um personagem criativo do sertão paraibano entra em ação. Um Sertanejo, da cidade de Itaporanga, na Paraíba, desenvolveu um candeeiro gigante, capaz de iluminar 10 noites seguidas.

Antônio Modesto da Silva que possui uma propriedade no sítio Jenipapo, na zona rural do município, foi o responsável por construir o objeto que está virando atração no Vale do Piancó.

Ele é de origem simples mas gosta de coisas grandiosas. Foi lá na década de 90 que o taxista resolveu projetar o primeiro candeeiro para o sítio da família. Naquele tempo, nem toda a propriedade na zona rural tinha energia elétrica, e quando tinha, sofria com a instabilidade da rede e os apagões.

"Não tinha muita energia né! Então eu decidi fazer um candeeiro. Eu chegava aqui acendia só na brincadeira e depois se tornou um sucesso", disse o criador do objeto.

Os candeeiros pequenos, comuns na época, não eram suficientes para o “Modesto” Antônio. O primeiro objeto mais avantajado, feito para o sítio, tinha um metro e meio de altura e capacidade para 105 litros de querosene e 12 kg de corda. Moradores das Comunidades próximas costumavam ir até o sítio Jenipapo no que ficou conhecido como "O dia do Candeeiro".

"Muitas pessoas vinham para cá para ver o candeeiro e saber como era difícil nos tempos de seus pais e seus avós", relatou Antônio.

Mais de 15 anos depois, António resolveu quebrar o próprio recorde e construir um candeeiro ainda maior. Na placa da estrada, que dá acesso ao sítio, dá para ler um aviso da grandiosidade da obra do seu Modesto: "Devagar, a 200 metros o maior candeeiro do mundo.

O novo candeeiro tem 2 metros e 10 cm de altura, capacidade para 1000 litros de gás e 20 kg de algodão. Segundo Antônio, o novo brinquedo vai clarear uma área de 800 metros quadrados durante 10 noites seguidas.

A ideia de Antônio fez ele ser taxado de louco na cidade de Itaporanga, mas pra quem duvidou está aí a prova da capacidade e criatividade do taxista.

Joelson Modesto, primo de Antônio, aprovou a ideia e disse que a criação do familiar se tornou ponto turístico da região.

"Virou ponto de referência o tempo todo o pessoal passa aqui tira fotos todos os dias", disse.

Antônio não acendeu o novo candeeiro ainda. A data de inauguração foi marcada para esta quarta-feira, 09 de janeiro, com direito a festa. Antônio sonha alto e quer ver a sua criação no “Guinness Book”, O Livro dos Recordes. Enquanto isso não acontece, quem passa pela Zona Rural de Itaporanga aproveita para tirar uma foto e imortalizar o momento.






Fonte: Diamante Online



Tecnologia do Blogger.