sexta-feira, 26 de abril de 2019

Bolsonaro proíbe comercial do Banco do Brasil e diretor de marketing é demitido. Veja o vídeo!

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) proibiu que um comercial do Banco do Brasil marcado pela diversidade continuasse a ser veiculado na TV e em outras mídias. Marcada pela diversidade, a propaganda contava com atores e atrizes negros, além de gays e transexuais. O responsável pelo material, agora ex-diretor de Comunicação e Marketing da instituição, também foi exonerado.

As informações foram divulgadas, em primeira mão, pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo e confirmadas pelas assessoria do Banco do Brasil. O vídeo em questão começou a ser veiculado no início de abril, mas foi suspenso no último dia 14 depois que o presidente o assistiu.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Bolsonaro teria ligado para o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, solicitando que o comercial não fosse mais ao ar e pedindo a demissão do diretor de Marketing do BB, Delano Valentim, que entrou de férias logo depois que o vídeo foi censurado. Oficialmente, Novaes disse que a exoneração do funcionário foi uma “decisão em consenso”.

O comercial tinha como objetivo atrair jovens por meio de uma linguagem mais moderna e com serviços via internet para competir com startups de serviços financeiros, as chamadas fintechs, que já são consideradas uma ameaça aos bancos tradicionais por terem os jovens como seus maiores adeptos.

Veja a propaganda:







Fonte bhaz.com.br


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...