Comerciante patoense é morto a tiros em Guarabira

O comerciante Pedro Morais Medeiros Neto, de 37 anos, foi assassinado em Guarabira, em circunstâncias ainda não esclarecidas.

De acordo com as primeiras informações, ele viajou à cidade do Agreste Paraibano na manhã de ontem (sábado, 08), para vender um gado, e desapareceu na parte da tarde, não dava mais notícias e a família ficou apreensiva.

Foi encontrado morto com vários tiros na manhã deste domingo, 09, e segundo as informações, foi constatado que ele havia sido assassinado na noite do sábado, inclusive, pelas marcas no rosto, foi esmurrado antes de ser morto.

O carro dele foi levado e um cordão de ouro também. O dinheiro da venda do gado não estava com ele, havia sido depositado em sua conta bancária, o que levanta a suspeita que ele foi torturado para que dissesse onde estava o dinheiro oriundo da venda que fez pela manhã.

Pedro Neto, como era mais conhecido, trabalhava com a mãe, Marta, em um mercadinho do Jardim Queiroz, em frente à praça do bairro.

Era casado, deixa dois filhos, morava no Loteamento Luar de Angelita.

Logo mais novas informações.

(texto sujeito à alterações para a inclusão de novas informações)

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com





Fonte


Tecnologia do Blogger.