Suspeito de matar ex-esposa é preso e confessa que matou por ciúmes, na PB, diz polícia

Vítima de 44 anos foi morta no domingo (9). Casal estava separado há 15 dias e homem não aceitava fim do relacionamento. Ele foi preso na manhã desta quinta-feira, em Brejo do Cruz.

O suspeito de matar a ex-companheira a facadas na cidade Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, foi preso na manhã desta quinta-feira (13), ainda na cidade. De acordo com o delegado seccional da Polícia Civil de Catolé do Rocha, Sylvio Rabello, o homem confessou o crime e alegou ter matado a vítima por ciúmes e porque não aceitava o fim do relacionamento com a mulher.

Conforme o delegado, o suspeito, Evilásio Fernandes Praxedes, de 55 anos, foi preso por volta das 11h, após mandado de prisão expedido pela Justiça e denúncias anônimas. O homem estava foragido desde o dia do crime, no último domingo (9).

A vítima, Janeide Ribeiro da Silva Fernandes, de 44 anos, era casada com o homem há 30 anos. Mas, segundo o delegado, o casal, que tem três filhos, estava separado há 15 dias e o suspeito não aceitava o fim do relacionamento.

O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Brejo do Cruz. Ainda na manhã desta quinta-feira, o delegado informou que o suspeito será encaminhado para o presídio de Catolé do Rocha.

Vítima foi morta a facadas no domingo (9)
Janeide Ribeiro, de 44 anos, foi morta a facadas na manhã do domingo (9), na casa onde morava, no sítio Riacho Escuro, zona rural de Brejo do Cruz. O crime aconteceu dentro da casa onde a vítima morava, no sítio Riacho Escuro, zona rural do município. Segundo o delegado, após uma discussão, o suspeito, de 55 anos, atingiu a vítima com vários golpes de faca.

Após matar a companheira, o homem fugiu. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado ao local, mas constatou que a mulher já estava morta. O corpo da vítima foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos.





Fonte G1 PARAIBA


Tecnologia do Blogger.