segunda-feira, 11 de março de 2019

Antes de tirar a própria vida, Policial lotado em Patos faz desabafo e denuncia perseguição e precariedade na segurança pública

O Policial Civil João Roberto, que estava lotado recentemente na cidade de Patos, tirou a própria vida na manhã desta segunda-feira, dia 11, por volta das 06h00. O fato aconteceu no apartamento da família no Estado de Alagoas.

João Roberto estava em licença médica devido problemas de saúde e, de acordo com ele, por ocasião do próprio trabalho. O Policial Civil gravou um vídeo fazendo vários relatos desde o ingresso na Polícia Civil da Paraíba, da sua atuação, da perseguição sofrida e da precariedade para exercer a profissão, além dos baixos salários.

O Policial Civil havia atuado no Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE) no Estado de Alagoas antes de ingressar na Polícia Civil da Paraíba em 2015. No vídeo, João Roberto está visivelmente abalado e ao final se despede dizendo: “Eu estou indo embora porque minha vida não tem mais sentido. Acabou para mim! ”.

João Roberto lamenta a perseguição sofrida sem justificativa dentro da Polícia Civil da Paraíba. O Policial cita nomes, fala da situação da Polícia Civil e das humilhações tanto na sua corporação como na Polícia Militar.






Fonte Jozivan Antero – Patosonline


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...