Facebook

Diretor da cadeia pública de Santana dos Garrotes esclarece sobre apreensão de cachaça

O Diretor da Cadeia Pública da cidade de Santana dos Garrotes (PB), Ivaldo Lucio, esclareceu que os apenados que estão na Unidade Prisional local, não chegaram a consumir a bebida alcoólica que teria sido apreendida durante uma tentativa frustrada de arremesso, registrada na noite da terça-feira, 14 de maio.

“A bebida e o limão foram arremessados em um pacote, porém, antes mesmo de chegar ao poder dos apenados, conseguimos recolher o material, e por isso resolvemos fazer uma busca nas celas, resultando no encontro de uma pequena quantidade de maconha”, disse.

A Cadeia Pública de Santana dos Garrotes é tida como tranquila e atualmente possui 10 presos no regime fechado e 3 no regime semiaberto. A capacidade é para 10 e 5 respectivamente.

As medidas cabíveis já foram adotadas, porém ninguém foi identificado como sendo o arremessador, nem o dono da encomenda que iria fazer uma farra de cachaça com limão dentro da prisão.

Leia também:

Presos tomavam cana com limão, dentro de cadeia pública, em Santana dos Garrotes






Fonte Diamante Online


Tecnologia do Blogger.