NO SERTÃO: Juiz suspende concurso após denúncia contra banca contratada por R$ 350 mil

O juiz Pedro Davi Alves de Vasconcelos, da 1ª Vara Mista da Comarca de Princesa Isabel, determinou a suspensão do concurso público da prefeitura do Município, em atendimento a ação civil pública do Ministério Público da Paraíba (MPPB). Consta na ação que a banca organizadora do certame, a FACET Concursos (Associação de Ensino Superior Santa Terezinha), já foi alvo de duas ações na Comarca de Rio Tinto e que isso compromete a "reputação ético-profissional, o que desaguaria na nulidade de dispensa."

O ClickPB apurou que a FACET Concursos foi contratada por R$ 350 mil, sem licitação. Segundo o Ministério Público da Paraíba, "o próprio certame deflagrado na cidade de Princesa Isabel pela promovida já é marcado, desde o seu nascedouro, por vícios e falhas."

"Além disso, uma simples pesquisa na internetreleva diversas matérias questionando e noticiando a existência de investigações acercadoprocedimento de contratação utilizado por pequenas prefeituras para a contratação da Instituição. Com efeito, gravita em torno da contratada suspeitas de fraudes, aprovação de apadrinhados dos contratantes, sem esquecer de mencionar a questionável prestação do serviço, marcadas, segundo se extrai, por falhas e irregularidades na condução da organização de concursos", diz trecho da decisão.


Veja a decisão na íntegra





Fonte Por ClickPB


Tecnologia do Blogger.